Em dia de festa pelos 120 anos, Flamengo vence Orlando City por 1 a 0

Jogo festivo pelo aniversário de 120 anos do clube da Gávea teve pênalti defendido por Paulo Victor e gol de falta de Luiz Antonio, com desvio da zaga

No aniversário de 120 anos do Flamengo, teve medalha, apresentação de novo cartão do clube, mas faltou futebol. O amistoso com o Orlando City no Maracanã foi disputado em ritmo sonolento, teve pênalti defendido por Paulo Victor, e terminou com um placar magro, de 1 a 0, em gol de Luiz Antonio cobrando falta e contando com desvio de um defensor para balançar a rede. Os rubro-negros atuaram com uma equipe diferente em cada etapa e o técnico Oswaldo de Oliveira promoveu a volta de Ederson, recuperado de lesão no joelho. Curiosamente, no segundo tempo, já com uma equipe reserva, o Flamengo pressionou mais e teve maior número de chances.

No Maracanã, 10.393 torcedores pagaram ingresso e o público total foi de 12.371, com renda de R$ 336.135,00. O Flamengo volta ao gramado pelo Campeonato Brasileiro na próxima quinta-feira para enfrentar o Santos, na Vila Belmiro. Com 47 pontos, o time perdeu sete dos últimos nove jogos, mantém chances muito remotas de terminar a competição no G-4 e praticamente cumpre tabela, já que também não corre risco de rebaixamento.

O jogo começou em ritmo bem lento. Kayke tentou de cabeça aos sete, Rivas bateu em cima de Paulo Victor aos 18, e no restante muitos toques para o lado. Rivas ainda teria a melhor chance da partida, aos 27 minutos, ao receber belo passe de calcanhar e bater por cima do gol. Para piorar, logo depois, Alan Patrick derrubou Adrian Winter na área. Pênalti que Bryan Róchez bateu mal, e Paulo Victor pegou. A melhor chance rubro-negra foi aos 41. Kayke limpou a marcação na na entrada da área e bateu colocado, mas para fora.

Para o segundo tempo, o Flamengo literalmente trocou o time inteiro. O Orlando fez duas mudanças. E a partida começou mais movimentada, com o Flamengo buscando o ataque. O gol saiu somente aos 24, em falta na entrada da área. Luiz Antonio colocou o Flamengo em vantagem, cobrando com força e contando com o desvio de um defensor do time americano. Paulinho ainda teve grande chance nos minutos finais, mas bateu para fora.

Fonte: GE

  • Vergonha de jogo… Retrato do atual momento do futebol no fla!

  • Jogo horroroso! Time sem padrão algum, onde os reservas apesar de ruins, conseguem mostrar mais vontade que a equipe titular. Tomamos um banho tático do fraquíssimo Orlando City. Vergonha para nossas tradições ter uma equipe medonha como essa. É revoltante saber que times com Ponte Preta, tem mais padrão que o nosso. Não há nada pra comemorar agora, a não ser nossa rica história. Bandeira, dinheiro não é mais problema, portanto, sua responsabilidade é montar uma equipe digna a altura das nossas tradições. Estamos cansados de tanta mediocridade.

  • Que comemoração foi essa…jogo micho e sem graça. Tinha que planejar uma festa realmente, e com um adversário descente…Pô, 120 anos e os caras me comemoram assim…os caras não estavam nem ai, feriadão de DOMINGO, estadio vazio, que bela comemoração…realmente são outros tempos mesmo. Parece que o Fla não importa…triste isso!

Comentários não são permitidos.