Mancuello faz treino individual no Flamengo e ensaia gol olímpico

Condução de bola, embaixadas e até um ensaio de gol olímpico. Os primeiros toques na bola de Mancuello no treino do Flamengo deixaram boa impressão no torcedor. O meia – que pode atuar tanto como segundo volante como jogador um pouco mais avançado no setor – estrangeiro fez trabalho físico à parte, correndo em ritmo forte ao redor do campo, mas não deixou de matar as saudades da bola com a perna esquerda. No fim das atividades neste terceiro dia de treinos em Mangaratiba, o jogador bateu na bola de curva e colocou a bola na rede quase sem ângulo. Pelo Independiente, o jogador fez um gol desta maneira – e pela seleção argentina, marcou no amistoso contra El Salvador de falta próximo da linha de fundo.

O jogador argentino viaja de volta para Buenos Aires nesta tarde. Ele vai à capital argentina resolver questões de mudança, de visto de trabalho e outras burocracias para vir em definitivo. Na próxima quarta-feira, Mancuello retorna para Mangaratiba para seguir o trabalho de pré-temporada.

No treino desta manhã, Muricy dividiu três equipes, com 10 jogadores de cada lado. O objetivo era sair tocando a bola, com poucos toques, até atravessar a linha de meio de campo. Se o time adversário conseguisse roubar a bola, poderia tentar o gol. Na linha, Alex Muralha e Paulo Victor atuaram em times opostos. O novo reforço contratado mostrou serviço na zaga, tirando a bola em cima da linha de cabeça.

Nixon volta aos poucos 

Setorizando o trabalho pela necessidade de cada jogador, os preparadores físicos do Flamengo seguiram com atenção especial ao meia Ederson. Camisa 10 do time na última temporada, o jogador fez circuito físico com bola e recebeu elogios de Alex Souto por melhorar o tempo a cada etapa das atividades desta manhã em Mangaratiba.

O atacante Nixon, que rompeu tendão patelar do joelho esquerdo e está sem jogar desde julho do ano passado, também fez trabalho à parte no gramado. Ele correu em ritmo bem devagar e caminhou com o preparador físico do Flamengo.

Fonte: GE

Veja também