Flamengo luta para justificar investimento

É hora da verdade – ou da colheita – para o Flamengo. Eliminado na Primeira Liga e no Campeonato Carioca, o Rubro-Negro concentra suas forças no Campeonato Brasileiro, competição que é a prioridade do clube neste ano. A gestão do presidente Eduardo Bandeira de Mello vai disputar o seu quarto Brasileirão e precisa apresentar melhores resultados do que nos três anos anteriores.

A administração atual é muito elogiada pelo equilíbrio financeiro, mas ainda busca uma sequência de títulos de grande expressão. Durante a campanha para a reeleição, no fim do ano passado, Bandeira deixou claro que, este ano, seria o início da fase de “colher os frutos do sacrifício”, numa referência à responsabilidade econômica.

No ano passado, o Flamengo fez uma campanha modesta no Brasileirão. O time foi apenas o 12° colocado, com 49 pontos. Em 2014, o Rubro-Negro foi um pouco melhor, mas nada além disso, com um 10° lugar e 52 pontos. No primeiro ano da gestão de Bandeira, em 2013, a equipe foi mal e ficou com a 16ª colocação, logo acima do grupo rebaixado para a Segunda Divisão.

Neste ano, o Flamengo investiu alto e já contratou dez reforços. O clube comprometeu cerca de R$ 25 milhões com estes jogadores e ainda deve buscar dois zagueiros para o restante da temporada.

O próprio técnico Muricy Ramalho já admitiu que é preciso apresentar resultados. Os jogadores também pensam da mesma maneira e vem adotando um discurso de superar o que passou neste ano.

O último título Brasileiro do Flamengo foi conquistado em 2009, quando Adriano e Petkovic brilharam com belas atuações. Neste ano, o clube aposta suas fichas em estrangeiros como Mancuello, Guerrero e Cuéllar. Além deles, há experientes atletas, como Juan e Emerson.

A estreia rubro-negra no Brasileiro será neste sábado, no Estádio Raulino de Oliveira, contra o Sport. A ideia do Flamengo é começar a competição acumulando um bom número de pontos. O time tem um aproveitamento ruim nesta temporada e vai encarar um grande desafio nos pontos corridos.

Fonte: Lancenet

Veja também

  • Nada menos do que a vaga para a Libertadores é aceitável.

  • Eu acredito no Muricy mais no Muricybol não no Muricymburgo que tudo é maravilhoso e lindo e posso de bola…. Precisamos de dois zagueiros, um volante e dois meias que podem ser o Camacho e Adryan…
    Cacas da Diretoria esse ano
    Renovação com Sheik
    Renovação com Marçaraujo
    Contratação de Chiquinho
    Contratação de Fernandinho

    São coisas que definitivamente Ñintendo.

    • Wallace também! Tem contrato até o final de 2018.

      Dois.

      Mil.

      E.

      Dezoito!!!!!

  • A primeira necessidade do flamengo não são zagueiros ou outros jogadores é contratar alguém que colocoque um padrão tático ao time. O time é uma bagunça em campo, se vier zagueiros vai ser bom porque Wallace é fraco, agora se vier é não mudar a forma de jogar vai ser dar murro em ponta de faca.

    • Mudar técnico nao vai ajudar, ate porque nao tem ninguém do nivel do muricy no mercado, e mesmo se tivesse levaria tempo pra conhecer os jogadores.

      • Respeito seu ponto de vista,as na minha opinião Muricy já foi flor de jardim, hoje é tiririca do brejo. Tá mais pra Joel Santana do que pra tite, se não pode mudar deixa com o Zé Ricardo da base, que ao menos ia aproveitar os garotos. O dp de futebol contratou o Muricy pelo que ele foi há muitos anos atrás, quando na verdade tinha que ser alguém atualizado.

        • O ultimo trabalho do muricy nao sei se voce lembra mas foi o vice campeonato brasileiro pelo sao paulo em 2014, além disso nao da pra colocar um treinador inexperiente pra treinar o flamengo, ser técnico é mais do q definir esquema e treinar o time, é lhe dar com egos, com vaidades de elenco, e ele nao vai ser tao respeitado assim, ainda mais no flamengo.E hora de usar a cabeça e não agir com a emocao.

          • Não é agir com emoção, é agir com decisão é acerto. Luxa, Cristóvão, Osvaldo, Nei franco, me esqueci de alguém? Todos beb naesma fonte, jeito antigo de ver o futebol, o que queremos é mudasse isso, mudasse o conceito de jogar futebol. Ganhar é importante, mas ganhar jogando bem é o objetivo. Respeito sua opinião mas discordo, nesse momento usar a cabeça é mudar, romper com o passado tanto na parte administrativa como no futebol. Deixar pra.trás esses corruptos de quase jogaram o flamengo num abismo sem fim, e também com essa maneira antiga de cuidar da base, de contratar jogadores e treinadores, de jogar futebol. Pro flamengo realmente se tornar gigante tem que dar esse paço a frente pra cortar as correntes que ainda nos ligam ao passado. Eu sofri antecipadamente quando anunciaram o interesse no Muricy, porque seu jeito de ver futebol não tem nada a ver com o nosso momento. Nunca gostei do seu trabalho e pode passar.cinco anos ele não vai sair disso, por teimosia, por arrogância e por estar perdido. O que precisamos é de alguém que não seja teimoso pra.perceber o que não dá certo e recomeçar no outro dia, alguém que percebe que a base também faz parte do clube e do time e precisa ser privilegiada, que admita erros. Não estamos pedindo resultados, estamos pedindo futebol. Grato.

          • Olha tucano se o flamengo tivesse jogando por musica e tivesse perdendo todos estariam falando mal do flamengo, romper com o passado é contratar um desses técnicos da moda ai como o fernando diniz, guto ferreira, o técnico do america MG neh, mas a quanto tempo esses caras estao no clube ? Esse fernando diniz esta a muito tempo no audax, axam q esse modelo de jogo dele nasceu da noite pro dia ? Axa q a torcida do flamengo tem paciência pra isso ? O flamengo quer resultado, por isso q o jaime de almeida ficou em 2014 como técnico mesmo sem capacitação e experiência, depois que viram a merda que fizeram demitiram, esse negócio de jogar futebol é balela, negocio é resultado.Trocar treinador nao vai resolver o problema, so vai atrapalhar.

          • Pode escrever vai ser mais um ano perdido, e a torcida cada vezaia longe, cada dia menos ST, até o dia que perceberem que o futebol evoluiu, mudou
            Alemanha 7×1 não foi o bastante, Barcelona 8x 0 Santos, Barcelona 4 x 0 Santos final do mundial, burro velho Muricy na beira do campo roendo as unhas, nem pra falar fiquem compactados e joguem duro, catimbando pra não ter um vareio. Com esse tal de Muricy infelizmente não vai dar, melhor ficar sem treinador então, porque ele ganha muito e não produz nada. Pelo que vejo o flamengo ainda vai ser o ultimo a perceber que precisa mudar, aí vai mais três anos atolados nesse futebol medíocre que o Muricy chama de trabalho bem feito e perder mais anos pra mudar. Porque vai ter que mudar ou então vai ser um clube pequeno.

          • Tomara q vc esteja errado quanto a partede virar clube pequeno.

          • Um clube de futebol é grande pelas suas conquistas, pelos seus feitos e quando deixa de ganhar deixa de ser grande. Todos os grandes da Europa passam por transformações cíclicas por que tudo evoluiu inclusive o futebol, e eles além de propor acompanhar essas mudanças. Sabe Lucas me dói ver Djnha má seleção, Muricy no flamengo, eles tratam de falar sobre 4 3 3, 4 4 2, 3 5 2 e esqueça de treinar os jogadores a marcar o campo todo, treinar movimentação, treinar variações, saída de bola. Muricy treina é rachão, coletivo e isso já está provado que desgasta mais o time, talvez este desgaste exagerado no flamengo. Queria um flamengo diferente, ganhando mas jogando bem, dando espetáculo.

        • Concordo…

Comentários não são permitidos.