Após confusão, Fla limita rivais e tira torcida adversária de perto do campo

O Flamengo mudará a disposição das torcidas visitantes nos jogos que realizar no Mané Garrincha. O clube vai aplicar o limite de 10% para os adversários (com exceção aos paulistas que receberão 5%). E não será mais permitido aos rivais comprarem ingresso perto do campo. As alterações ocorrem depois das críticas que os dirigentes rubro-negros sofreram por terem permitido torcedores palmeirenses em todos os setores do estádio, na derrota do último fim de semana.

As zonas mistas continuarão existindo, mas somente no anel superior do estádio e nas laterais. O espaço atrás dos gols será destinado às torcidas organizadas do Flamengo, mas apenas na parte de cima da arquibancada. A ideia inicial do clube era que ficassem no anel inferior, perto do campo, mas a Polícia Militar não permitiu, segundo o clube. As facções adversárias ficarão ao lado das cabines de rádio.

O rubro-negro tentou, também, aumentar o percentual destinado às torcidas de São Paulo de 5% para 10%, mas desde que os paulistas oferecessem o mesmo quando o clube fosse jogar na casa do adversário. As negociações não avançaram, também por entraves com a PM paulista.

O objetivo do Flamengo é aumentar a participação (e pressão) da torcida rubro-negra durante os jogos e restringir a aglomeração de adversários, sem impedir a zona mista. As mudanças já serão aplicadas no próximo jogo previsto para ocorrer em Brasília, contra o São Paulo, no próximo fim de semana, caso o estádio seja liberado para uso.

Os paulistas são os únicos que não cumprem o Estatuto do Torcedor que determina pelo menos 10% de ingressos para a torcida visitante. Mostramos o problema nesta matéria, feita ano passado. Em alguns estádios, como no Allianz Parque, nem 5% são cumpridos. Há jogos em que apenas 3% são colocados à venda.

Fonte: Espn

Veja também

  • Impressionante como o FLAMENGO, time de maior torcida do mundo, o quer mais vende inclusive para o exterior; se submete a tudo o que lhe é imposto, sem um protesto; os árabes vieram levaram o brocador, não pagaram e a FIFA ainda obrigou o FLAMENGO a liberar o jogador para eles, o cara já voltou e o FLAMENGO não pode contratá-lo porque os ali-babás podem alegar que não houve prejuízo ao clube; eu fico pensando: Que espécie de imbecil assina um contrato desses? Ou será espertalhão? Como O clube de maior torcida quer ganhar dinheiro com a torcida dos outros, quando sua torcida é quem dá maior renda; porquê facilitar para o adversário? Por que os ingressos não são todos destinados à nossa torcida e o resto fica para os adversários, porque ficamos expremidos no estádio do eurico e concedemos regalia aos outros? Não me levem a mal; mas alguém tá levando, se fosse em outro país eu acreditaria em ingênuidade, educação, futurismo; mas em se tratando de Brasil o nome é bem conhecido, propina, corrupção, mal-caratismo, roubo, alguém montou um esquema e tá ganhando tubos fazendo nossa torcida passar por isso e mais tem torcedor profissional levando, senão as organizadas já tinham gritado!!!!! Bandeira ou você, deixa essa cara de babaca em casa e toma as rédeas ou isso vai dar em tragédia como já deu domingo!!!!!!!

  • Muito bem! É assim que deve ser: “Olho por olho, dente por dente”! E na Segunda passada, eu mesmo citei sobre essa porcentagem da carga de ingressos que é destinada aos adversários que precisaria ser repensada pois em muitas vezes o tratamento que recebemos não é recíproco.
    Além disso, a diretoria tem que ficar de olho nos ingressos. Têm uns timinhos por aí, que objetivando lucrar em cima da nossa torcida, colocar o valor do ingressos lá nas alturas quando o Fla joga como visitante. Tem que fazer o mesmo com a torcida deles nos jogos de volta; não pode dar moleza pra essa cambada não!

  • Por enquanto não dá para torcida mista e nem os 10% para o adversário sendo ele paulista. Está na hora de devolver na mesma moeda toda sacanagem que eles fazem conosco.
    SRN

  • Ainda fica aberto a problemas, visto que oferece 10% mais a torcida mista, o que pode implicar em invasão adversária no setor. Torcida mista só é bonito para a imprensa. Em lugar nenhum do mundo é assim.

Comentários não são permitidos.