Coluna do Torcedor: “Deodoro utópica? Permita-me discordar”

Caríssimos amigos Rubro-negros, saudações!!!

Sou Rubro-Negro a 44 anos, nascido e criado na Cidade Maravilhosa e morador de Curitiba há 7 anos. Essa é a primeira vez que venho expressar a vocês minha opinião e tentar trazer a empolgada Nação Rubro-Negra de volta à realidade já que, para a nossa imensa e não menos entusiasmada Nação, uma pequenina notícia rapidamente se transforma no sonho de quem ainda tem pouquíssimo em relação a sua grandeza e que almeja um futuro de acordo com os padrões galácticos do clube Mais Querido do Brasil e potencial Maior Clube de Futebol do Mundo.

De acordo com uma frase solta, “inocentemente”, pelo prefeito da cidade do Rio de Janeiro, Sr. Eduardo Paes, o terreno no Bairro de Deodoro, detentor de um complexo esportivo que sedia algumas modalidades Olímpicas da Rio 2016 seria interessante para que o C.R. Flamengo pudesse erguer seu estádio próprio de futebol. Não satisfeito com a declaração, ele ainda soltou: “_ … mas isso é coisa pro futuro!”.

Podemos divagar e suscitar várias formas de utilização do local, inserindo ainda diversas formas de utilizá-lo nas mais diversas modalidades esportivas, com a provável criação de um complexo multi-esportivo mas, após analisarmos essas duas orações inseridas em uma mesma frase proferida por este cidadão, seria minimamente leviano termos qualquer pontinha de esperança quanto a esta afirmação ser verdadeira. Elucido os por quês.
Vamos aos fatos:

1. Eduardo Paes é POLÍTICO! Isso, por si só, já desmerece a veracidade da notícia.

Pergunta: Qual a credibilidade dos políticos em nosso país? Quantas coisas prometem? Quantas cumprem? Aí o torcedor mais entusiasta afirma: “Mas se ele está falando, vai ter que cumprir!”. Aí, sou eu quem lhes pergunto: “Vai?!”…

2. Este senhor não é o mesmo que, quando prometeu terrenos aos “Grandes” clubes do Rio para que pudessem erguer seus CT’s e soube que o Flamengo já possuía o seu terreno e ainda que seu centro de treinamento estava em estagio inicial de construção prometeu repassar R$5 milhões para “ajudar” o C.R. Flamengo na construção do mesmo? Aí, outra pergunta? Vocês viram a cor do dinheiro? Eu e o Bandeira também não…

3. A área onde está localizado o complexo esportivo em Deodoro é de uso e de propriedade Militar. O Sr. Prefeito ao menos informou aos militares a sua ideia? Será que eles abririam mão da calmaria local e cederiam o espaço para que a tranquilidade do bairro fosse quebrada, pelo menos uma vez por semana, por uma grande aglomeração que se faz num certame protagonizado pelo Mengão? Existe possibilidade de autorização para esta cessão? É viável juridicamente? E economicamente? E socialmente? Mas tenho certeza absoluta de que, para Paes, a situação é politicamente perfeita!

Então, após elencarmos todos os itens acima e embora levando em consideração que o local seja de fácil acesso a todos os bairros das zonas norte, oeste e baixada fluminense, tendo BRT e trem parando “na porta” do complexo esportivo e facilidade de vias alimentadoras para se chegar de automóvel ao local, tornando o terreno um marco quase utópico para a construção da tão sonhada casa própria, peço insistentemente que a Nação não se deixe enganar por bravatas políticas.

Pergunto ainda: “Porque o prefeito prometeu isso agora, a menos de dois meses das próximas eleições? Porque não prometeu este espaço após as eleições?” Fica a indagação para refletirmos.

Sim, sei que a tentação de acharmos ótima essa notícia é insuportavelmente tentadora, mas continuo sendo cético quanto a promessas vindas da classe política nacional. Só acredito que isso se tornará real quando as obras estiverem iniciadas, pois políticos anteriores já prometeram participação da licitação do Maracanã ao Fla para, logo depois, na calada da noite, assinarem leis vetando essa participação; permitiram e cassaram a licença para ampliação do estádio da Gávea e ainda vetam e retardam a construção de uma arena para o Basquete (Orgulho da Nação) em um terreno localizado na própria Gávea, sede do clube, e com verba da iniciativa privada. Imagina a gama de bravatas que podem fazer quanto à cessão de um terreno de propriedade Militar… sem contar que não precisarão nem se esforçarem para arranjar desculpas e justificativas de que não foi possível a cessão do terreno e etc. e tal!

Isso posto, reitero meu anti-entusiasmo e peço para que cada um dos torcedores do Fla reflita sobre o assunto abordado neste texto. Não quero desandar a maionese, nem jogar por terra uma aspiração da imensa Nação, só peço que façam as ponderações que acharem necessárias e imaginem qual o peso nas urnas que uma “simples e inocente” frase pode ter. Falo isso pois a Nação tem o poder de eleger ou rechaçar qualquer postulante a cargo da prefeitura do Rio de Janeiro, quiça no Brasil.

Dito isso, rogo a vocês: Abra o olho Galera do Mengão!!!
Sei que estamos sedentos de casa própria há tempos, mas peço um pouco mais de paciência com essa fantástica diretoria e lhes pergunto: “Quando é que pensaríamos estar, lá nos idos de 2013, quando os Blues assumiram, e de acordo com os balanços trimestrais do clube, e da projeção evolutiva futura, no patamar de endividamento de 1:1 em 2017?
Quem acreditaria nesta extraordinária evolução financeira em tão pouco tempo? E o time? Quem imaginaria tamanho investimento na época da maior crise econômica vivida pelo país desde os anos 90? Lembro-lhes que nossos adversários estão contando tostões e nós com dinheiro no banco, pagando dívidas e realizando acordos por dívidas em valores consideravelmente menores. E nosso percentual de gasto com futebol não chega a 50%, algo ínfimo comparado a alguns de nossos concorrentes que chegam a gastar mais de 100% da arrecadação com o futebol, empurrando dívidas para gestões futuras; e isso sem vender jogadores, apenas com a captação de patrocinadores e a receita de sócio-torcedor, cuja qual, para mim, é a fonte mais preciosa para que sejamos protagonistas irrefutáveis dos certames nacionais e modelo de gestão de futebol a ser copiada inclusive internacionalmente, mas isso é papo para outra coluna, rsrsrs…

Então lhes rogo: PACIÊNCIA!!! Ela é a mãe de todas as virtudes quando se trata de curar as feridas. Tudo o que fazemos sem celeridade traz, em algum tempo, mazelas. Vamos dar as mãos e confiar na diretoria. Vamos abraçar o Mengão entrando para sócio-torcedor e ajudando o Mengão a dar um basta nisso tudo e parar de ficarmos sonhando com migalhas trocadas por votos nas urnas municipais. Juntos, temos potencial para trazer os melhores jogadores do mundo num futuro cada vez menos distante.

Lembro a vocês que num passado bem recente, tivemos que aturar Wallace, Carlos Eduardo, Val Baiano, Val Pedreiro, Bruninho, entre outras barangas… Agora chegam Mancuello, Cuéllar, William Arão, Donatti, Juan, Réver, Diego!!! Gente, só se passaram 3 anos e meio que essa diretoria assumiu!!! Isso mesmo!!! 39 Meses!!! a Dívida que era de R$800 milhões vai chegar a R$430 milhões em 2017, apenas 4 anos após.
Então confiemos no trabalho sério e apoiemos nosso Mengão a continuar crescendo numa escala exponencialmente meteórica. Não precisamos de ninguém!!! O C.R Flamengo basta a si mesmo. Nós apenas somos enquanto os outros se esforçam para ser! Nós SEMPRE seremos! Isso é Fato!

Flamengo não é time, não é clube, não é religião, não é paixão, nem amor, nem tesão. FLAMENGO… palavra que unifica tudo o que há de melhor em todos os sentidos. Simplesmente… FLAMENGO!!!!!

Saudações Rubro-Negras!!!
Fabio Monken


Quer ver também sua coluna publicada? Envie seu texto para torcedor@colunadoflamengo.com e seja colunista por um dia!

Assista também o Resenha Coluna do Flamengo sobre o estádio em Deodoro:

Veja também

  • Um dos melhores texto que já li nessa coluna!!! Parabéns!

  • Parabéns pelo texto

  • Por mim o Bandeira dava um ultimato ao prefeito sobre o Maraca sob pena de não ser reeleito e ponto final. Quer ser reeleito libera o maraca antes, Caso contrário. colocamos um flamenguista em seu lugar.

    • Paes não está no segundo mandato?

      • verdade

  • ST desde 03/14. Quem critica ajuda!

    • Corrigindo 03/13

  • COLEGAS! NA MINHA CONCEPÇÃO ELE QUIS DIZER QUE ALGUNS POLÍTICOS QUE TORCEM PARA O FLAMENGO ESTÃO COGITANDO ISTO. POR MIM EU NÃO GOSTARIA DESTE PROJETO. JÁ FALEI VÁRIAS VEZES. EXISTEM DIRIGENTES DO RIO DE JANEIRO QUE JÁ PODERIAM TER PROVIDENCIADO O ESTÁDIO DO FLAMENGO. COMO POR EXEMPLO PEGAR A IDÉIA DO PROJETO POMBEBA ILHA DOS URUBUS. EU SEMPRE ESTOU INDO A PRÇ.MAUA. HOJE FUI DE NOVO. ESTA LOTADO DE TURISTAS E CARIOCAS. BOMBANDO LEGAL. É UM NOVO CARTÃO POSTAL DO RIO. ALIAS, COMO SEMPRE FOI. EXISTEM A OUTRA PARTE DA Z.PORTUÁRIA QUE VAI TER QUE SER REVITALIZADA E É ONDE FICA A ILHA DA POMBEBA. OS DIRIGENTES DO FLAMENGO PODERIAM APROVEITAR ESTE MOMENTO E IDEALIZAR ESTE PROJETO. NA MINHA CONCEPÇÃO O ESTÁDIO DO FLAMENGO TEM QUE TER VISIBILIDADE E SER O MAIS BEM LOCALIZADO POSSÍVEL E TAMBÉM SER UM PONTO TURÍSTICO. ALI NA MINHA VISÃO É PERFEITO. TODOS OS MEIOS DE TRANSPORTES POSSÍVEIS. ALÉM DE ESTAR NO CENTRO DA CIDADE. EU NÃO CONSIGO ENTENDER PORQUE AS PESSOAS NÃO VISUALIZAM ISTO.

  • finalmente alguém lucido.

  • Meu brother!!!! Que texto!!!! Perfeito. Destoou da galera que frequenta aqui. Parabéns!!!!

  • Parabéns pelo texto!

  • Fábio Monken, teje contratado! Vinny Dunga, passa lá no RH.

  • Eu realmente não sei o que o prefeito vascaído quis dizer…
    Mas, não acho que ele quis dizer que o Fla quer realmente construir um estádio ali.
    Aquilo é uma área militar, ou seja, não adianta nada sonhar porque não vai rolar um estádio ali.

    O que eu acredito que possa existir é o interesse do Flamengo de usar a arena, que seria desmontada logo após as olimpíadas, até o Maracanã ficar disponível ou até o fim do ano.

    O Fla poderia pleitear que a arena permanecesse montada por um tempo um pouco maior…
    E adaptar o campo de rugby para futebol seria fácil…
    E uma arena para 15 mil em Deodoro seria até melhor do que jogar em Cariacica (menos despesas e sem viagem)…

    Uma outra alternativa que consigo imaginar seria usar as estruturas dessa arena, que será desmontada mesmo, para montar uma arena provisória na Gávea…
    Mas, acho essa hipótese muito pouco provável.

    • O Flamengo não quis dividir a reforma do Giulite Coutinho com o Fluminense, que seria até mais simples, acho pouco provável que cogite adaptar essa arena de rugby pra usar por um tempo ainda menor. Pra mim foi pura demagogia do Paes mesmo.

      • A arena está pronta.
        A adaptação do campo seria pôr traves e mudar as marcações…
        Poucos detalhes e por isso a despesa seria muito pequena.

        E o Fla não participou da reforma do estádio do América, não foi por causa da despesa, mas sim porque a diretoria tencionava faturar alto com o Mané Garrincha.

        Só que a torcida de Brasília é muito fria, o time não é empurrado como deveria e Cariacica acabou sendo uma alternativa melhor em termos de faturamento e apoio ao time.

        Por que o Diego só vai estrear contra o Grêmio e justamente em Brasília?
        A expectativa é casa cheia e faturamento muito alto.

        • Arquibancada para 15 mil pessoas é pequena d+… estamos falando de Flamengo…
          Outra coisa… é uma arquibancada modular… aqui vai uma opinião minha… n acho seguro…
          Ainda sobre a arquibancada… custou 2.4 milhões (o aluguel) para o período dos jogos… e será retirada depois dos jogos.

          • Também acho que 15 mil lugares seriam pouco para o Fla e a diretoria também acha…
            Mas, como em Brasília a torcida é muito fria e há muitas reclamações por causa da viagem, a opção mais viável tem sido Cariacica…

            Eu só acho que se houve realmente algum interesse do Fla na arena de Rugby, não pode ser para construir um estádio, já que aquilo é uma área militar e não vai rolar um estádio do Fla ali…
            Assim, se o prefeito vascaído não mentiu, só posso crer que a ideia seria usar a arena antes dela ser desmontada e aproveitar para jogar no RJ, não ter que viajar e ainda dar à torcida carioca a oportunidade de apoiar Ao Mais Querido…

            De qualquer forma acho que jogar nessa arena seria melhor do que no Estádio do América, como chegou a ser anunciado há algumas semanas atrás…

          • O custo do aluguel da arquibancada modular é alto, compensa mais jogar em Cariacica ou no estádio do América, que possuem a mesma capacidade (Cariacica é até um pouco maior). E sendo uma área militar, duvido muito que cedam pra uso de um clube. Sobre a possibilidade do Paes estar mentindo pensando nas eleições, pode ter certeza disso. Passamos todo o mandato dele tentando conseguir a autorização pra arena de basquete e até agora nada. Vasco, Fluminense e Botafogo ganharam terrenos pra construção de CT, o Flamengo receberia R$ 5 milhões em contrapartida, prometidos publicamente por esse senhor, e nada também até agora. A diretoria até desistiu de cobrar esse dinheiro, depois de passar quase dois anos indo atrás. Como coloquei num comentário mais acima, procura o vídeo “Eduardo Paes escracha flamenguistas e despreza tricolores” e você vai ver o nível dele. Não posso postar o link porque o site bloqueia.

          • Acredito mesmo que o vascaído prefeito estava realmente mentindo, como aliás, é comum aos políticos…

          • Brasília é uma merda… Torcida fúnebre… Cariacica é uma boa opção rende pouco mais de 1 milhão, vale a pena…

            15 mil lugares pra valer a pena o ingresso tem que custar pelo menos 70 reais pro ST…

  • Só pelo fato do estádio estar numa área militar já encerra a questão pra mim. Como falei em outra matéria, o Flamengo ainda não conseguiu nem a licença pra construir a arena do basquete, é claro que essa declaração do Paes, há dois meses das eleições, é puro confete. Se alguém ainda tem dúvida disso, sugiro procurar no Youtube um vídeo chamado “Eduardo Paes escracha flamenguistas e despreza tricolores”. Nele o ilustre prefeito fala que só trata bem flamenguista em época de eleição pra ganhar voto. Exatamente com essas palavras. E conclui dizendo que quando acaba a eleição, quer que “todos se danem”. É um FDP!

  • Minha opinião é muito parecida só de ser área militar praticamente inviabiliza.Foi combinado que tudo seria desmontado lá pós jogos(é só ler,informar-se).Palavra de político não vale nada,será que a galera não aprendeu com a Lava-Jato?Infelizmente não.Fico lendo,e vejo que muita gente lê a “manchete”, e acha que leu o jornal. Claro que EBM não vai nem se dar o trabalho de comentar.

  • Até eu não acredito nisso , nessa boa vontade do Paes . Só não entendo o porquê o bandeira ou algum diretor de alto escalão do flamengo prontamente não desmentiu essa mentira escancarada na tv e assistida por milhares de flamenguista , vão deixar esse cara usar e fazer política com o nome do flamengo . Porque não desmentiram????

  • Pra mim é jogada política,50% da nossa torcida no rio elegeria esse senhor,por mim que peguem o Maracanã que é bem mais vantajoso.

  • Bela reflexão. Não invalida o estudo de viabilidade da eventual “proposta” do político vascaindo, mas coloca as coisas um pouco mais nos seus devidos lugares na cabeça da torcida, logicamente ávida por boas notícias.

  • Yeah, yeah… já foi dito e redito.

    Acho que a maioria já entendeu a situação e não está se iludindo com isso.

Comentários não são permitidos.