Cuéllar busca retomada após saída de Muricy

Gustavo Cuéllar foi um dos principais investimentos do Flamengo na temporada. O volante colombiano custou R$ 8 milhões por 70% dos direitos econômicos (R$ 2 milhões à vista e R$ 6 milhões em 2017) aos cofres rubro-negros. Ele chegou com status de titular para compor o meio de campo e agradou nas primeiras apresentações.

O jogador era titular absoluto no time de Muricy Ramalho, mas perdeu espaço sob o comando de Zé Ricardo. A última vez que iniciou uma partida e atuou por 90 minutos foi em 18 de maio. Na ocasião, o Flamengo perdeu por 2 a 1 para o Fortaleza e foi eliminado da Copa do Brasil.

Desde então, Cuéllar jogou apenas dez jogos e esteve em campo por 198 minutos. O colombiano busca retomar a promissora trajetória e terá uma importante chance contra o Grêmio, domingo (21), às 11h (de Brasília), no Mané Garrincha.

Com a suspensão de Willian Arão, Cuéllar será titular no meio de campo ao lado de Márcio Araújo e do estreante Diego. O volante é bem visto pela torcida, que em maioria defende a titularidade.

Depois de três meses na reserva, a oportunidade chegou em boa hora. O jogador não escondeu a insatisfação com o posto, assim como manifestou brio em retomar a posição e ajudar os companheiros no Campeonato Brasileiro.

“Nenhum jogador gosta de ser reserva, mas é normal no futebol. Normal que o jogador fique puto. O time estava jogando bem e assumiu a liderança. Sou jovem e tenho que treinar para estar pronto em qualquer oportunidade. Estou sempre à disposição do técnico, seja no início, entrando no segundo tempo ou no final do jogo. Sempre entro com disposição de ajudar. Se tiver a oportunidade de voltar, vou tratar de fazer o melhor para ganhar um espaço no time”, encerrou.

Fonte: Uol

Veja também

  • jogando muito menos que o caramujo o cara ja deu uma assistencia pra gol.

  • Jogue com uma gana do kralho que a gente ganha esse jogo e vc vira titular.

  • Ainda mais reserva de quem.

Comentários não são permitidos.