Zico precavido sobre o ‘cheirinho de hepta’: “Ninguém ganha de véspera”

De passagem pelo Espírito Santo para a partida do FC GOA, da Índia, contra o Rio Branco-ES, que acontece na tarde deste domingo, às 16h, no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica, o técnico Zico comentou sobre o tal “cheirinho de hepta” que tem embalado os sonhos dos torcedores do Flamengo por todo o Brasil.

Em entrevista ao telejornal “ESTV 1ª Edição”, da TV Gazeta (afiliada Globo no ES), o ídolo Rubro-Negro adotou um discurso conservador e precavido, preferindo colocar o Fla no grupo dos favoritos ao título, porém não cravando o time carioca como o dono da taça no momento.

– (Cheirinho de hepta). Não pensamos muito nisso, só depois que acaba é que a gente vai sentir o cheiro do título, que é o que vale. Com ele (cheiro) antecipado não existe, ninguém ganha de véspera. O Flamengo está bem e acredito que temos quatro times aí, que são Flamengo, Palmeiras, Santos e Atlético-MG nessa arrancada final. Dificilmente pode aparecer um quinto aí, mas o Flamengo tá nesse bolo aí, o importante é ficar no bolo.

A partida contra o Rio Branco-ES, no Espírito Santo, faz parte da preparação que o FC Goa faz no Brasil para a disputa da Superliga Indiana, que começa em outubro. Já aconteceram duas partidas, com uma derrota de 3 a 1 para o Bangu, e um empate sem gols contra o Boavista. Na próxima semana acontece um jogo-treino com os reservas do Flamengo. Mas para o duelo contra o time capixaba, que vale o Troféu Internacional Estado do Espírito Santo, o Galinho espera que o desempenho 100% do Fla no Kleber Andrade possa trazer bons fluídos para a sua equipe.

– Estamos arrumando o time e esses jogos servem pra isso. Pegar um time bom como o do Rio Branco com certeza vai nos ajudar bastante. O time fisicamente está progredindo, agora taticamente e tecnicamente (não, porque estamos) com muita gente sem jogar há muito tempo. (Estado do gramado) Temos acompanhado, pois como aqui é a casa do Flamengo agora, então a gente vê que é a casa boa dos Rubro-Negros, né.

O Flamengo encara o Figueirense neste domingo de manhã, às 11h, no Pacaembu, em São Paulo. A partida é válida pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com 47 pontos, o Fla está na vice-liderança da competição, quatro pontos atrás do Palmeiras, que neste sábado venceu o Corinthians por 2 a 0, na Arena Corinthians.

Fonte: Globo Esporte

Veja também

  • Boa Galinho!!! Isso sim é botar a racionalidade para funcionar. Temos ir com calma e focar exatamente em ficar “no bolo”. O Cheiro e o paladar do título só vêm depois de conquistá-lo. São essas euforias exageradas que fazem tombos pequenos se tornarem gigantes. Vamos com tudo em busca do Hepta, passo a passo, sem cheiro, mas com foco. Depois extravasamos. SRN.

  • Muito bom mestre, você sim é jogador.
    A culpa não é dos jogadores, dentro do Flamengo não há cheirinho nenhum, a culpa é da torcida pois torcedor do Flamengo é tudo otário adepto de oba-oba sem sentido.
    Esse fogo no rabo de “cheirinho” é uma das coisas mais idiotas e mais prejudiciais ao Flamengo. Reparem que só o típico torcedor flamenguista que assiste Esquenta fica nesse oba-oba de “cheirinho”, os torcedores mais conscientes não dão confiança pra essa palhaçada.

    • AMIGO quanta acidez tome uma estomazil. Agora a torcida faz a parte dela e os jogadores a deles. A torcida do Fla é mais criativa e folclórica do Futebol. Jogador profissional se entrar em oba oba não é profissional. A torcida pode entrar porque nossa função é apoiar e não bancar o censor. Deixa pro Técnico Presidente pro corpo Técnico.

      • Você fez uma boa observação, mas o problema é que se no final das contas o Fla não conseguir o título, é provável que a Torcida (boa parte dela pelo menos) volte a se frustar mesmo com uma boa colocação do time. Espero que o jogador de fato não sinta a pressão, mas eu esperar racionalidade de uma torcida de massa é querer muito mesmo. Então, em resumo fica: se não ganharmos espero que a torcida que sentia tanto cheiro possa comemorar pelo menos uma boa colocação e continuar firme com o time. Bom, acho que é por aí! SRN.

Comentários não são permitidos.