Mauro Cezar: ‘Fla precisa reparar velhos problemas e dar real segurança a Zé Ricardo’

É inegável que na sexta-feira a entrevista coletiva do presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, tendo ao lado seu diretor-executivo, Alexandre Mattos, foi constrangedora. Reclamações veementes contra um gol ilegal anulado em meio à suspeita de interferência externa numa partida que não era do seu time. E silêncio após a vitória sobre o Figueirense dois dias depois num festival de erros da arbitragem e queixas de bastidores. A reação do presidente do Flamengo foi mais do que obrigatória, se ficasse calado seria visto como um “banana”. Mas isso não basta ao clube carioca, que tem problemas a resolver em sua equipe, dentro de campo.

Zé Ricardo já provou ser um bom técnico, promissor e com potencial para crescer na função. Nenhum treinador disponível no mercado, mesmo os chamados medalhões, parecem ser, hoje, mais capazes do que ele. Mas há alguns meses era apenas o comandante dos juniores, seu salto na profissão foi rápido e gigantesco. Está sentando numa cadeira que já fritou vários na atual gestão do clube, inclusive “professores” dos mais renomados. E está inseguro. Como esteve por quase dois meses, esperando uma efetivação. É essa situação que o limita, o impede de arriscar como deve, a ponto de priorizar os cuidados defensivos e não dar ao time a agressividade de que precisa, ainda mais a quatro pontos do Palmeiras.

O primeiro colocado do certame tem 11 gols a mais do que o Flamengo (54 a 43), que sofreu 29 gols contra 28 do líder. As opções pelos “pontinhas” que marcam, que fecham o corredor, evidenciam preocupações defensivas. E isso deixa de fora Mancuello, o melhor finalizador de média distância do elenco e ótimo em bolas paradas. Isso porque o argentino não seria tão eficaz quando a equipe se defende. Contudo, ele oferece muito mais lá na frente, e a equipe precisa arriscar, não existe outra alternativa. Zé demonstra sua insegurança ao não colocá-lo em campo e “prender” William Arão como volante, sem a mesma liberdade para chegar na área adversária como antes.

E a insegurança do jovem treinador é compreensível. Primeiro foram as longas semanas esperando uma efetivação, mesmo demonstrando ser, hoje, muito mais preparado para armar um time de futebol do que seu antecessor, o vitorioso Muricy Ramalho. Depois as pesadas cornetadas de conselheiros e até cartolas, como após o empate (3 a 3) com o Botafogo, quando vozes pediram sua demissão. Um técnico que trabalha nessas circunstâncias, e ainda sem a “casca” que apenas o tempo pode dar, sente-se vulnerável, claro. Ele sabe que um ou outro tropeço pode significar a volta dos pedidos por sua cabeça, clamando por alguém mais conhecido, como Abel Braga, por exemplo.

E depois de tantos técnicos demitidos na gestão de Eduardo Bandeira de Mello, é natural que fique, no íntimo, com receio, inseguro em determinados momentos. Diante do cenário que se desenhou após a rodada, ficou mais claro que falta ao Flamengo agredir mais, arriscar mais. Isso significaria insistir, por exemplo, em algo que tentou e logo deixou de lado, com Alan Patrick no lugar de um dos pontas. Barrar Guerrero se preciso for, como fez antes da partida diante do Vitória em Salvador. Dar reais chances a Mancuello, mais decisivo do que Everton, Gabriel, Fernandinho e Cirino juntos, e que nunca mais entrou no time depois que fez o gol da vitória sobre o Cruzeiro.

Por que o treinador só em situações extremas abre mão de Márcio Araújo? Por mais que ele proteja a retaguarda, o que representaria ter no time mais atletas que criem mais, agridam mais, finalizem mais, faça mais gols? Sem isso, com esse desempenho ofensivo e dependendo da defesa para segurar vantagem de um golzinho, o Flamengo não terá qualquer chance de título. Com a semana inteira para trabalhar, ele tem o momento adequado para preparar o time e começar a mudar isso domingo. É arriscado, sim, pode dar tudo errado, mas não existe outra chance. No entanto, isso passa por uma outra postura dos dirigentes, que precisam dar mais respaldo ao treinador. Bancá-lo!

Já que os clubes gostam tanto de ações de marketing, deveriam convocar uma apresentação do técnico para 2017. Reunir a imprensa, alguns sócios-torcedores, claro, e comunicar em alto e bom som que Zé Ricardo passa a ter um contrato de técnico, não de interino, tapa-buraco, “funcionário”. De preferência com o presidente, que falou grosso ao responder seu “colega” palmeirense, utilizando o mesmo tom para deixar claro que o treinador ficará, aconteça o que acontecer. E com total autonomia para mandar seu time para a frente, fazer o que for preciso. Está na hora dos ótimos administradores da “empresa” Flamengo apresentarem conhecimento sobre futebol.

Fonte: Mauro Cezar Pereira

Veja também

  • A torcida tem sim que lotar o maraca e logo no segundo tempo pedir o Mancuelo, sem vaias é claro.

  • Esse padrão de defesa que não aguenta pressão é o que ZR sabe fazer, isso e não problema da diretoria que já o garantiu para 2017 e não escala o time, querem que o EBM faça o que o quê? Coloque uma banana na cabeça e saia gritando o nome do ZR como Carmem Miranda como se fosse resolver alguma coisa, sem essa.

  • Eh isso aew Maurão, concordo contigo. Tu e a negada ja comentou tudo o que penso.
    Mas um adendo: pra mim só há 4 técnicos aptos pro Flamengo:

    1) ZÉ RICARDO;
    2) ROGER (tão bom e cabeça dura qto o Zé);
    3) REINALDO RUEDA (já pegaria a filosofia do Zé de um jogo posicional e controle da bola, acrescentaria agressividade, intensidade e compactação);
    4) EDUARDO BATISTA( Rei do Equilibrio, tirador de leite de pedra, mas pessimo com medalhões)

    #PraCimaDelesMengo

    SRN

    • Carpegiani pela Tradição

      • kkk ai vaiii… Tá repreendido! Mas faz um trabalho bunitinho no Coxa. SRN

    • Gosto muito do Reinaldo Rueda, muito bom técnico e eu vejo ele como a cara do Flamengo. Mas você acha mesmo que a torcida teria paciência com ele?Se não tem o Zé, que está fazendo um excelente trabalho, imagina com o técnico como o Rueda, que planeja tudo ao longo prazo. Eu dou duas temporadas para ele dar a sua cara ao Flamengo, levando em conta o nosso imediatismo e o calendário. No Atlético Nacional, o calendário é diferente, lá eles respeitam a data FIFA, ele tem tempo maior para trabalhar, ao contrário daqui que os técnicos só tem a pré-temporada e alguns dias durante a semana de jogos.

      Mas mesmo assim, se for para tirar o Zé, que traga o Rueda.

      • Penso a msm coisa. Iriam pedir a cabeça dele logo na primeira partida que ele perdesse de virada.
        Mas tb prefiro ele e o Zé do q os medalhões distribuidores de coletes, vulgos “Caras de Vanguarda”

        SRN

        • Sem falar que a compreensão do pessoal é complicada. Aqui reina o imediatismo e a irracionalidade, não critico aqueles que criticam o Zé, e sim aqueles que gostaria de acabar com um trabalho que poderia dar certo, uma vez que aqui, o tempo para trabalhar é escasso. Muricy vivia reclamando, ele dizia que só treinou para valer na pré-temporada. Levir disse na época que só foi fazer um treino decente quando foi eliminado pelo Botafogo no Campeonato Carioca. Cristóvão foi no Bola da vez e só disse que treinou uma semana no Corinthians, e foi quando ele estragou o time rss.

          Um exemplo clássico é o Levir Culpi no Galo, o time no primeiro ano jogava com menos “loucura”, o time atacava, mas não era a mesma coisa que o time vice-campeão do ano passado. Isso acontecia porque Levir teve que arrumar o time primeiro, porque aqui treinador não tem tempo para implementar nada no meio da temporada. No ano seguinte, ele teve todo o tempo para planejar a temporada e injetou uma filosofia muito ousada, ele colocou a sua cara no time, o Atlético-MG de 2015 é totalmente diferente do de 2014, só olhar o número de gols sofridos de cada ano.

          Quer outro exemplo?Abel Braga em 2011, assumiu o Fluminense e só ajeitou o time que não vinha dando certo com o Muricy, o time jogava até bem, por incrível que pareça não jogava um futebol feio. Já no ano seguinte, veio o pragmatismo do Abel, ele teve tempo e implementou a sua filosofia, ele treinou o time e o Fluminense mudou drasticamente em relação ao ano anterior. O time só se defendia, e quando atacava tocava no Fred e era gol, depois ficava o resto da partida só se defendendo e contra-atacando. É só pegar vídeo dos jogos, esse time inclusive lembra muito o time campeão do mundo e da libertadores do Inter.

          Agora, pegue os vídeos do Flamengo campeão da Copinha, até a escalação era diferente!No primeiro mês nos profissionais, o Zé só arrumou a defesa (porque era uma bosta com Muricy), porque só deve ter tido tempo para isso. Ao longo do tempo o time foi melhorando.

          Essa análise refuta muita coisa. A torcida desconsidera todas as variáveis que fazem um trabalho ser mal sucedido e recusa entender, porque sabe que se entender, não vai ter quem culpar depois dos jogos. É isso que eles querem.

          • Eh disso que precisamos: padrão de jogo temporal.
            Precisamos de um estilo de jogo definido e isso requer tempo.
            Acredito que com o Zé ou com o Rueda conseguiríamos isso.

            Acrescentando que com o Rueda, ganharíamos experiencia e queimariamos etapas no domínios das Américas. Mas to fechado com o Zé, apesar dele me dar uns mini ataques cardiacos e cabelos brancos.

            PS: A citação do CB foi show kkk
            SRN

          • Rueda seria um excelente treinador se a torcida do Flamengo fosse mais paciente. Não tem paciência com um treinador novato que nos pôs na briga, imagina um campeão da américa?

          • Por isso a chamada do MCP na diretoria: eh hora de bancar! Cabe a eles mostrar que não são passionais como nós. Mas, se tirarem o Zé, é obrigação torná-lo (o Zé) auxiliar do Rueda (esse tem que vir e ser bancado, independente da fritura da negada).
            SRN

  • Outro fator negativo do Zé é não ter colocado a base no seu roteiro. Tanto que o clube investiu na base, como muricy ele não usa a base pra buscar soluções. Vizeu é o único que raramente tem jogado
    Qual a finalidade da base então? Igual ao Muricy não coloca nkngu da base pra jogar, pra que investir na base? Pra dar satisfação a torcida? Nosso melhor jogador jogou 45 minutos contra o figueirense, o Ronaldo. Daqui a pouco nenhum pai vai deixar seu filho ir pra base do clube, pois lá jovens da base não jogam.

    • Apesar de querer que ele use a base tb, será que os mulek tem capacidade de jogar num Maraca lotado contra o curica, precisando da vitoria pra seguir vivo pelo titulo?

      Tem muleque q num genta nem uma critica em rede social, avalie 60 mil xingando a mae dele. kkk

      Mas espero que isso mude. SRN

      • Tô falando desde que o Zé entrou, se tivesse feito isso provavelmente o Ronaldo seria titular pois tem mais bola que arão lentidão é esse.merda do caramujo. Agora não dá mais pra fazer isso. Olha o sanyos que vive revelando, tem ousadia, coragem, coisas que o Zé não tem.

        • Eh, com certeza o Ronaldo vai comer a bóia do Caramujo proximo ano. SRN

          • Já vão renovar com o MA. Esquece Ronaldo… infelizmente.

  • O Brasil inteiro pede ao Zé que escale o Mancuello. Se o problema fosse insegurança, ele iria ceder e fazer a vontade da torcida e da diretoria.

    Acho que o problema real é teimosia. O mengão não teria chegado tão longe no campeonato sem o Zé Ricardo, mas infelizmente o cara é teimoso pacarai. É chato, mas a diretoria tem que aproveitar a janela para intervir indiretamente na escalação do time. Tem que se livrar de todos os jogadores que abaixam o nível do time.

  • Eu concordo com o mauro porém acho que o zé ricardo tem que ter tesão pelo emprego e arriscar,mesmo que isso lhe custe o cargo,o que sinceramente eu não acredito,agora,se continuar com esse pensamento pequeno de fechar corredor,será demitido pq temos chances reais de que nem g3 sobre pra gente..e se isso acontecer,tenho certeza de que vai voltar a ser treinador do sub 20…

  • Não usar o Mancuello dá agonia.

  • Esse negocio de entrar com Mancuello, Guerrero e Damiao de titulares nao vai dar certo

  • Caramba… Sou fã do Mauro mas discordo totalmente dele. Se não tem “culhão” não pode treinar o Flamengo. Simples assim. Se tá inseguro, não aguenta a pressão e não tem personalidade pra colocar o Flamengo pra jogar como a história do clube exige, pede pra voltar pro junior. O cara devia ter na cabeça que é a chance da vida dele e provar que é diferente da mediocridade geral dos treinadores e usar todo o potencial do elenco, ele faz justamente o contrário. Eu acho que essa história de insegurança é balela, na verdade é desse jeito mediocre, tacanho que esse cara pensa o futebol e coloca o time jogando assim por convição mesmo e não por insegurança. Ele é covarde e pronto. Em ultima análise a culpa nem é dele mas de quem colocou ele lá. Se tivessem contratado um treinador de verdade lá atrás acho que a gente tava numa situação melhor.

    • Além da influência do Jaime…

  • Alem de ofensivamente fraca, essa formação é mt previsivel. Facil de marcar. Perdemos 5 pontos pra dois times quase rebaixados. N interessa a camisa, time grande com campanha de rebaixado tem q ser tradado como tal. Mas esse medo de perder p ZR sempre teve. Mesmo na copinha, os resultados foram mt magros.

  • zé ricardo ainda sofre influência de jaime de almeida para escalar o time!

  • Sou um grande admirador do trabalho do Zé, mas essa escalação não da mais, ja ta previsível e ele vem demonstrando essa insegurança em arriscar, não da pra engolir um jogador como o Mancu no banco, Arão como surpresa ja ta manjado e os pontas não ajudam o Guerrero no ataque. São jogadas previsiveis que o Oswaldo no sport soube neutralizar, se o Zé repetir isso contra o Corinthians pode se esperar um resultado ruim. Ta na hora de ousadia, é reta de final, é tudo ou nada.

  • “Zé Ricardo já provou ser um bom técnico, promissor e com potencial para
    crescer na função. Nenhum treinador disponível no mercado, mesmo os
    chamados medalhões, parecem ser, hoje, mais capazes do que ele.”
    Leiam isso corneteiros.
    Nosso treinador é o melhor, porém ele sofre claramente influencia de Jayme pra escalar certos jogadores. É só cortar o Jayme que o Zé será um dos melhores técnicos do Brasil.

    Eu não confio que Roger, Abel Braga, Muricy, Cuca ou outro qualquer fará um trabalho melhor que o do Zé.

    • Eu gosto do Roger e acho sim o Cuca melhor treinador que o Zé (que ainda vai ter tempo para ultrapassá-lo), só que acho que falta cobrança e apoio. O Rodrigo Caetano jogou bola, ele tem por obrigação conversar com o treinador e cobrar mudanças nas escalações e nas supostas soluções de jogo, que sempre recaem nos mesmos nomes. Não venham me dizer que o gerente de futebol não pode intervir com cobranças (não tem que dizer os nomes nem o esquema tático, mas tem que questionar os resultados e as soluções que por serem sempre as mesmas começam a se tornar inócuas), porque em qualquer função e empresa é assim.

  • Uma coisa é certa no que o Mauro disse, a estratégia agora tem que mudar. Não adianta mais depender só da técnica para controlar a partida, temos que ser mais efetivos e controlar o placar sem perder a cabeça e ir pra frente de qualquer jeito. As chances de título diminuem muito a cada rodada e cada jogo passa a ser mais decisivo e ter mais pressão. Já começamos a depender de mais de um tropeço do adversário e poucos nossos.

    Não é o primeiro jogo em que o time tem um rendimento a baixo do esperado. Cruzeiro, São Paulo, Santa Cruz (obrigação), Fluminense e inter, cinco jogos com um rendimento abaixo do esperado e em uma linha tênue entre ganhar e perder. Fica claro pra min que mudanças sao necessárias, não digo de jogadores, mas de postura. Os adversários já sabem como jogamos e apesar de uma superioridade técnica para a maioria dos adversários esse fator não pode ser o único a definir se ganhamos ou perdemos.

    Na minha visão, não temos nada a perder. Portanto, eu gostaria muito de ver aquele time do segundo tempo da final da copinha em campo, só que desde o início do jogo. Claro que digo figurativamenfe, mas aquela foi uma das melhores exibições que eu vi no ano, se em um intervalo de 15 minutos o Zé Ricardo conseguiu fazer um time ter uma exibição tao vistosa, ofensiva e segura, eu acredito que ele consiga mudar os ares do time em uma semana.

    • Queria ver guerrero e damiao, diego e mancu. Um time ofensivo prede o time adversario defensivamente, afinal, quem vai dar mole? O guerrero joga exponencialmente mais acompanhado de outro atacante. Diego e Mancu formam uma dupla de armação mt efetiva do que o diego sozinho e facilmente marcavel.

      • Eu já cansei de dizer aqui que o guerrero rende muito mais de segundo atacante. O problema com o Damião é a recomposição, seriam 3 jogadores mais lentos para fazer uma transição defensiva que está sendo muito bem feita. Por isso eu apostaria no Vizeu, Vizeu e guerrero juntos, acredito que seria o ideal no momento. Um pouco mais de espaço para o peruano fora da área com o oportunismo e disposição do VIDEUS.

        SRN

  • Concordo com as palavres do texto
    Mandou bem.

    Com uma Dúvida sobre esse Zé:
    1-Ele é ruim e inseguro?
    2-Faz as cagadas que o Jaime manda?
    3-Ou tem dedo de empresário nessas atitudes insistentes?

    • Acredito que a 2 e 3.

  • Primeiro o Zé tem que passar essa segurança a diretoria, se mostrando capaz de variar o esquema com jogadores diferentes, temos elenco pra isso.

    Não dá é começar o jogo com certos jogadores já sabendo que eles farão absolutamente nada e não mudar quando ver o erro, essas demoras em mexer na equipe e a insistência são os maiores defeitos dele.

    • Concordo em cada palavra! Adicionaria que falta mais coragem até ousadia ao ZR !

    • Também concordo com o que foi dito. Mas não sei se ali ainda tem o dedo do Jayme. Pq vai gostar do Gabriel assim lá na casa do c….serve para nada…’mas ele faz a função defensiva bem’, então coloca o Rodnei e o Para ali na direita, acho que fica melhor….hehehe
      Brincadeiras a parte, esse jogo manjado dos pontas que não servem para nada além de defender, se jogar contra o Oswaldo no domingo assim vai ser pedreira, pois vai fazer o que fez quando estava no Sport, vai marcar Arão e Diego e acaba com o time, ficando Vaz tentando dar lançamentos direto…
      ARN

    • Concordo. Era favorável à efetivação do Zé e que ele fosse bancado até o fim do ano, independente do que acontecesse. Mas pra 2017, ele vai precisar mostrar mais. De toda forma, o Godinho já o bancou numa entrevista dada à Fox semana passada. Não sei se o Mauro viu isso.

      • Viu e disse que a diretoria tinha banca-lo como uma ação de mkt e nao em um programa de tv de canal fechado. SRN

  • O Zé tem ao meu ver uma das coisas mais importantes que um treinador precisa: O grupo nas mãos!

    Isso é notório pelos comentários positivos que os jogadores fazem para ele.

    Sabemos muito bem que os jogadores não se doam para salvar treinador quando não gostam de algum.

    Como o Zé Ricardo conseguiu ser adorado pelo grupo? Simples, abraçou os jogadores mais queridos pelo elenco(Gabriel, Márcio Araújo e Alan Patrick).
    Ao bancá-los ele deixa de dar sequencia a jogadores como Mancuello e Cuellar que poderiam dar mais retorno técnico em campo.

    Claro que o Zé tem méritos por estarmos hoje em segundo no brasileirão, mas acredito que pelo elenco que temos comparado aos outros, ele não vem fazendo nenhum milagre.

    Vejo o Palmeiras do Cuca e chega ser inacreditável como o ele consegue reinventar a todo jogo um esquema diferente. Começa com 3 volantes depois está com 4 atacantes, depois 2 meias e 1 volante, etc.

    Hoje questiono se o Zé tem experiência e capacidade de se reinventar para montar outro esquema de jogo, pois esse com pontas e apenas um armador a cada jogo mostra que está manjado pelos adversários.

    • Capacidade tem, teve ate uma reportagem mostrando toda a bagagem tatica do cara, desde a Italia ate a carreira no Fla.
      Agora a experiencia e o apoio eh q eu nao sei. SRN

      • Tem bagagem tática, mas não faz uso dela. Congelou o time em uma formação e não consegue sair dela. SRN

        • Isso eh vero, mas acho que nos 2º’s tempos ele mudará a formação como fazia até o jogo contra as marias. SRN

          • Será? Tenho minhas dúvidas. Só nos resta apoiar! SRN

  • Ele falou a pura verdade…Quem decidiu mais para o FLAMENGO, Mancuello ou Alan Patrick? O unico lance que lembro do Alan foi o penalty perdido que nos deixou com dois pontos a menos…Pq a insistencia nesse cara.

  • As mudanças são até óbvias, mas podem fazer diferença enorme.
    Depois que o Camilo chegou o botachoro não para de vencer. Ora, se 1 único jogador tirou um time do Z4 pra quase G4, pq o Mancu não pode fazer inclusive o Diego sempre marcado jogar mais?

    Na década passada, o Fla era sinônimo de 2 bons alas: Juan e Léo Moura. E pq esse ano não é de Pará e Jorge? Quer dizer que o 3-5-2 foi sepultado e não ressuscita mais?

    A primeira alteração é tirar o Baidu. Quem vai entrar nesse caso é o Donatti. Teremos 3 zagueiros de 1,90. Se hoje já tá difícil nos ganhar na bola parada, a partir disso…
    Também não vamos mais precisar de pontas marcando lateral, pois essa é a função dos alas e do zagueiro da cobertura, tendo o “sobra” dentro da área.

    Também não precisaremos de volante defensivo, já que vamos defender com 5. Então o próprio Arão vai poder fazer essa função. Aí basta colocar o Mancu junto ao Diego, com Damião e Guerrero no ataque. 2 bons cabeceadores e com 2 alas no time. Qual a dificuldade?

    3-5-2: Muralha, Réver, Donatti e Vaz; Arão, Mancuello e Diego; Damião e Guerrero.

    SRN

    • Teu time joga com 9 em campo? O meu joga com 11. kkkk comedia

      • Vlw William, corrigido com os 2 alas que faltavam.
        SRN

        • MURALHA, PARA, REVER, DONATTI, VAZ, JORGE, ARÃO, MANCUELLO, DIEGO, DAMIÃO, GUERRERO.

    • O problema se daria pq Rever e Donatti são pesadão…Mas se esse esquema tira a “necessidade” do MA e coloca o peruano com 2º atacante, eu apoio!
      SRN

  • Até que enfim uma postagem sem palmeirenses!

    • Sem ressentimentos brother!

      • A ideia de termos um blog do flamengo é discutir a equipe, desempenho em campo, resultados, etc com flamenguistas, não pra dar terreno pros caras tumultuarem irmão, tava ficando “inavegável” isso aqui, hahaha

  • Esta querendo demais!
    Bandeira não banca ninguem, quanto mais esse estagiário!
    Flamengo precisa de um Vice Presidente que entenda de futebol, um tecnico tarimbado e o Bandeira fique na sua sala fazendo gestão financeira e administrativa!
    Mesmo se o Flamengo for campeão (o que acho muito dificil) deve-se reestruturar totalmente o departamento, com saidas de Gabriel, Cirino, Sheik, Fernandinho, Everton, alan Patrick, Chiquinho e principalmente Rodrigo Caetano que inventou esse tal de Guerrero.

    • Saída do melhor diretor de futebol do país… Esse manja. kkkkk

      • kk

      • O “Cara” que VENDEU o Wallixo… Se num for o melhor, num sei o que o melhor faz kkkk SRN

    • Calma Marcelao, espero que os perebas so estejam com a gente por q tem contrato. E naquele tempo o Mengao num atraia nem rato de esgoto, mas eles vieram.
      Mas tamu no rumo certo. SRN

  • Bom pessoal, gostei por demais das colocações do Mauro.
    Seria muito importante a manutenção do Zé para o ano que vem. De preferência com o remanejamento do Jaime para outra função que fique longe do campo de jogo e treinamentos – o Bandeira até hoje carrega uma certa culpa por conta de como se deu o episódio da demissão do Jaime.
    Não só a manutenção do Zé como também a autonomia para a “reformulação” do elenco com a utilização dos bons valores da base que foi campeão da copinha esse ano. Isso daria uma oxigenada no time. Liberar os que estão com contrato vencendo, na sua maioria acima dos 30 anos, também ajudaria.
    Que o Rodrigo Caetano possa achar mais umas duas grandes oportunidades de contratação para qualificar o elenco.
    Também acredito ser muito importante pagar um curso de espanhol para o Zè. Quem sabe assim a comunicação ficaria mais fácil mesmo com os gringos mais tímidos.
    SRN

    • Concordo contigo André, só faço um adendo.
      Na autonomia pra colocar mulek da base eh com o Zé. Agora a barca tem que ser dirigida pela Diretoria, justamente pra nao queimar o Zé.
      SRN

  • O problema é que muita gente ligada ao Flamengo não aceita um treinador sem grife. Zé Ricardo tem feito um bom trabalho, o qual pegou no meio do caminho.

    Também concordo que o Mancuello precisa jogar mais, mas não lembro de uma boa apresentação dele como titular.

    • Também não lembro uma atuação boa do Caramujo como titular, nem do Guerrero também, e eles estão sempre iniciando os jogos.

    • Sem a sequência que o Gabriel tem ele não vai jogar bem nunca. O esquema tem que se adapatar aos jogadores, e não o contrário.

    • Mano, eu sempre defendi o Zé pelo fato dos erros serem maiores que os acertos, mas isso tá começando a se inverter, ele está teimando com coisas que não dão certo. Não lembro um BOM jogo que fizemos no segundo turno, a derrota era questão de tempo e o que ele fez pra mudar isso? Nada.
      Temos um ataque inoperante desde o começo do campeonato e o que ele faz? Nada.
      Mancu entra, resolve, e só volta a jogar 5 jogos depois. Fernandinho desanda a fazer gol e vive na reserva do everton que não faz NADA, quando entra, entra na direita onde ele é horrível. Everton e Gabriel tb toda hora invertidos rendendo menos do que nada que é o normal deles. Alan P 3 jogos seguidos na direita sendo q a uns 5 jogos não joga NADA, ainda por cima pela direita.
      Cirino? Sheik entrando em todo jogo que estamos em desvantagem?

      Tá foda!

      • Tá certa essa frase: “sempre defendi o Zé pelo fato dos ERROS SEREM MAIORES QUE OS ACERTOS, mas isso está começando a se inverter…”?

        • kkkkkkkkk

  • Esse Mauro César não entende nada de futebol!!!

  • Se ele não colocar o Mancuello junto com o Diego esse jogo contra o Curinthia… minha boa impressão sobre ele cairá e muito… Não é possível e aceitável permanecer na mesmice… São 3 a 4 jogos que o Flamengo vem despencando nas atuações!! e isso tudo depois de ser eliminado na Sula americana, está acontecendo tudo ao contrário do q imaginávamos.
    Volto a repetir com o Marcio pegamos pressão do mesmo jeito… então não é hora de arriscar mais?

    • Infelizmente a minha já caiu a partir que começou o segundo turno, foram bons resultados mas atuações desastrosas e ele nada faz. Me decepcionou bastante nesse sentido.

      Se eu fosse o Zé arriscava tudo nesses jogos finais, tira porra do MA e joga com 2 atacantes e vamos pra cima. Mas sabemos q ele não vai fzr isso. Mais fácil ele escalar o Sheik

    • Acredito que a derrota tenha abalado
      positivamente as convicções do Zé. Até acho q no 1º tempo contra o
      curica vai ser mais do msm, mas no 2º eh que vamos ver se ele se assume e bota um “pega fogo cabaré”.

      SRN

  • A parada nao é ter um elenco numeroso é que ele nao sabe trabalhar com as peças , falando especificamente do jogo contra o Inter , nao tinha necessidade de por o Allan vagalume , sendo que a bola nao estava chegando ao Guerreiro mais um defeito grave do zeh em nao por alguem para fazer um dois com o Guerreiro e ate mesmo um treinamente basico uma jogada treinada entre os meias e o Guerreiro , simplesmente joga o Guerreiro e fica esperando que ele resolva e nao é de agora que vem acontecendo isso e falando do jogo , o vagalume ja faz um tempo q nao vem bem e ontem precisávamos de alguem que corresse e que tivesse um passe e mais uma vez ele deixou o Mancuello no banco, escolha do tecnico ok , mais uma vez insistindo no erro e mais uma vez errando e pq a entrada do sheik ? vai entender e outra vez Cirino , se isso nao for erro do tecnico eu nao sei de quem poderia ser , forças ocultas ? kkkkkk E a partir de agora a arbitragem jogara contra o Fla , um tal de Anselmo do Inter fez mais de 10 faltas no jogo 5 so no Guerreiro e nao tomou um cartao amarelo se quer uma tremenda palhaçada , estao com medo de apitar a favor do Fla , nao podemos mais aceitar estes tipos de arbitragem que seja um arbitro de fora do pais e nao estes pateticos . SRN !

  • Do que adianta o time ser “defensivo” com esses alas que ele insiste mas não fazer gol???
    Como diz o ditado a melhor defesa é o ataque…

    • “O ataque te faz ganhar jogos, mas é a defesa que te faz ganhar campeonatos” – Tite

      • “Futebol, é bola na rede”
        Dejan Petkovic

        • “Futebol é com o pé” – Platão.

          • “Futebol é um jogo que se joga com a cabeça e se usa os pés”
            -Johan Cruyff

          • “Futebol…” me perdi… fudeu! &;-D

          • É, eu já sabia que você não entendia nada de futebol. Só vejo vc defendendo jogadores medíocres e as besteiras do técnico.

          • Futebol é o que Chiquinho,Cirino,Gabriel,Fernandinho,M Araujo não sabem jogar.

        • “Futebol é assim: se você fizer mais gols que seu adversário, você ganha o jogo” – Mahatma Gandhi

      • “É necessário ganhar jogos, para ganhar campeonatos’ – Rodrigo Andrade

  • O Zé é bom pra armar time. Não é tão bom pra escalar.
    Um bom exemplo, é o Gabriel (ah, mas o Gabriel tava jogando bem, fez gol no vitoria e na ponte…) Cara, gol até o Baidu pode fazer. Basta a bola sobrar que dá pra fazer. Fernando-inho não tava fazendo gol toda hora? No início do ano o Cirino tbm não tava fazendo toda hora? Então.
    Mas e a tal Resiliência? O jogador ter sangue frio com o time ganhando ou perdendo?
    Escala os melhores, caramba! Se o Guerrero não consegue jogar tomando pancada como 9, tira o Éverton ou o Gabriel e põe o Damião. Tira o Mancu do banco e coloca em campo. Se ele não sente confiança no Cuéllar, tira o Baidu e põe o Donatti pra jogar de líbero, liberando o Pará e o Jorge pra atacar, como eram Léo Moura e Juan na década passada. Vai ficar preso a um esquema tático até quando? E as alternativas?
    Usa uma regra: Se algo dá certo, insiste. Mas se der errado, muda! Se não deu certo o time contra o Cruzeiro, que só ganhou pela qualidade dos jogadores de frente, repensa o time. Se o Cuca muda o palmeiras toda hora (ontem, escalou o jean lateral na meia), tá explicado pq tão 15 jogos sem perder. Não mascara a vitória ZR. Ganhe como Flamengo. SRN!

    • “Usa uma regra: Se algo dá certo, insiste. Mas se der errado, muda!” — Esse é o problema: um esquema tático/escalação que dá certo hoje, pode dar errado amanhã… &;-D

      • Mas se treinar as variações, pode mudar no meio do jogo. Esse é o papel do ZR. Pode até não dar certo, mas não pode morrer abraçado com o mesmo esquema o campeonato inteiro. Fica manjado. Tem que ter variação e isso o Zé não faz.

        • Eu até vejo variações, mas elas nao dão certos por conta das peças. Contra o Fluminense e Santa Cruz, eu vi um 4-1-4-1, com AP TENTANDO imitar o Jadson do Corithians. Não deu certo, o Zé tentou insistir contra o Fluminense, continuou não dando certo. Tem partidas em que o Arão vai para a mesma linha que o Diego e forma um 4-1-4-1 também, Como foi contra o Figueirense.

          Essas variações são mínimas, precisa testar mais e ousar ainda mais para montar um time com variações melhores. É por isso que eu sou a favor que ele mantenha esse esquema, mas coloque o Mancu no lugar do AP, só que pela esquerda, ele fazia a mesma coisa no Independiente, seria muito bom testar.

          • A expressão que usei “Se algo dá certo, insiste. Mas se der errado, muda!” Chega a ser ridícula por ser óbvia, mas não é seguida pelo Zé. Quer um bom exemplo: A Chape tava jogando fechadinha, tomou o gol e empatou com gol de rebote. Zé resolveu mudar e trouxe Mancu e Damião e aboliu naquele segundo tempo o “4-3-3” dele. Não lembro ESSE ANO de uma partida que o Guerrero tivesse jogado tão bem. Cara, o Peruano destruiu a zaga deles no 2º tempo. Mas pq? Simples – ao tirar o cara da 9, quem ficou marcado foi o Damião. Ele gastou a bola em 45 min mais que o ano todo. Pq não fez isso novamente desde então?
            O Fla tava jogando errado contra o Cruzeiro. Ele ao colocar o time com 3 meias armadores, virou o jogo contra o Cruzeiro. E pq voltou ao jogo de 2 pontas então?
            Esse é o problema… Quem deve mudar os jogadores não é o Fla. Escale os melhores e deixe que os rivais que se virem pra marcar Mancu, Diego, Arão, Damião, Guerrero, Pará, Jorge… SRN

          • Você tem razão, perfeito o comentário.

            Eu acredito que na volta do Maracanã ele vai largar o seu medo e escalar os melhores. A torcida do Rio é muito chata, vai ficar o jogo inteiro no ouvido do técnico pedindo tal jogador e por ser inexperiente, ele pode atender o pedido da torcida.

            Eu ainda acredito no título e no trabalho dele.

          • Eu não penso só no título. Vamos supor que não dê pra vencer em 2016: O time que ganhou tudo a partir de 1980, foi montado em 1978/79.
            Eu espero que o Fla renove com o Zé pelos próximos 10 anos. O que não quero, é que tenhamos novamente 3 treinadores por ano. O Zé é uma esperança de um novo Carlinhos. Mas pra isso, precisamos de uma barca CARREGADA saindo da gávea em dezembro. Quem precisa fazer a função de PV, AP, MA, Sheik, Cirino, Gabriel, Fernandinho, Juan… São jogadores da base que foram promovidos esse ano. Em 2017, Vizeu e Léo Duarte já vão tar voando… Mas pra isso, precisam acreditar mais na base e acabar com as panelinhas que tem hoje no time. Pois foram os mesmos jogadores que ano passado nos deixaram em 12º lugar

          • Mais uma vez um comentário perfeito, penso igual. Só discordo de uma coisa, 10 anos é muita coisa rss, até para o futebol europeu rss, acho que duas temporadas já tá ótimo, se não tiver sucesso em nenhuma dessas é ver outro nome.

            Provavelmente esse ano seja o último que tenhamos muitos jogadores ruins, ano que vem com mais dinheiro teremos jogadores melhores, e como o Zé vai fazer parte da montagem do elenco e da pré-temporada, a tendência é só melhorarmos em relação a esse ano, que na minha opinião já foi ótimo. Eu só acredito em trabalho a longo prazo, time campeão tem que ter a mesma filosofia por bastante tempo.

          • Os Gigantes tem que dar exemplo, precisamos de trabalhos a longo prazo! SRN

          • Caramba, fiquei feliz agora…alguém viu o que vi naquele jogo contra a Chapecoense em que o Guerrero bagunçou a zaga deles…veio marcar até na lateral esquerda do Flamengo…Pq? Porque jogou solto, como ele VIVE PEDINDO para jogar, ele joga assim no Peru, e sempre que vai ou mete gol ou da assistência…mas aqui teimam e colocam como 9, que é a função principal do Damião…Guerrero chuta bem demais de fora da área, domina a bola como poucos no time, tem visão de jogo, seria mais um para ajudar o Diego…e outra, tomar a bola dele quando ele domina é difícil, o cara é bom…
            SRN

          • O cara é craque em se tratando de tecnica… mas taticamente ta uma draga. Tem q mudar isso

          • 2º melhor jogo do Peruano com o Manto Sagrado foi contra a Chape. Sem choro, nem vela.
            Assisti o jogo do Peru x ARG, o cara jogou só e comeu a bola (prum time pereba igual o Peru eh dose).
            Se ele atua taticamente como atuou contra a Chape, vai ter nego xingando a diretoria pq deixou a multa baixar kkk

            Eu acredito que possa dar certo e acredito que a derrota tenha abalado positivamente as convicções do Zé. Até acho q no 1º tempo contra o curica vai ser mais do msm, mas no 2º eh que vamos ver se ele se assume. SRN

        • Tem razão. E acredito que ele não conseguiu fazer isso em vista da lesão do Éverton, pois o Fernandinho não conseguiu dar continuidade ao esquema tático. Faz parte, nem todo o dia dá certo… &;-D

  • Quanto mais apoio um profissional recebe, mais confiante em suas escolhas ele fica, assim temos até um time mais ousado e menos medroso, coisa que já mais acontecerá com o Zé no Flamengo com o nosso imediatismo. Eu prefiro um trabalho a longo prazo e colher os frutos depois, é por isso que o futebol europeu é infinitamente melhor que o nosso. Lá o trabalho a longo prazo é sempre preferido, é isso que marca um time campeão.

    Lembrando, é o primeiro ano dele como profissional, estamos em segundo e jogamos sem estádio o campeonato inteiro. Agora, imagine o que pode acontecer quando ganhar mais experiência?É disso que eu falo.

    As críticas que as outras torcidas fazem em relação aos outros técnicos são sempre as mesmas que as nossas. Só quem vale a pena aqui são Tite e Cuca.

    • Esse tb eh meu pensamento Guilherme. SRN

  • O Zé não seria minha primeira opção. mas continuo a fazer uma observação óbvia. O bom trabalho que ele vem executando. Não acho que ele esteja inseguro no cargo, como também não acho que a diretoria precise ficar reforçando a ideia de que ele é o técnico e tal. Mas é obvio que ele descobriu um método dentro das convicções dele e vai ficar agarrado nele até o fim. M.A é uma, os pontas é outra (como dito no texto), a ausência do Mancuello e do Cuellar é outra. Não usar 2 centro avantes é outra. Resumindo, ele entrou no modo automático e vai assim até o final.

  • Eu apoio a permanência de Zé Ricardo, mas com ressalvas. Uma delas justamente MA. O cara tem opção melhor e prefere manter o limitado e ultrapassado jogador em campo. Mancuello deveria ter entrado, ele opta por Gabriel, totalmente fora de jogo, e volta do intervalo com a mesma formação…Arão está sendo sacrificado nesse esquema manjado do Zé, justamente para manter o MA. MA prende a saída de bola, pois só toca pro lado e não sabe fazer a transição. Diego ficando só, não pode ajudar como deveria, tem que ter um companheiro, e para mim é mancuello.
    Cuellar; sem ritmo não atuou bem na unica partida que jogou pela Sul-Americana (quem atuou bem, né), mas isso se resolve com uma sequência, já no caso de MA (não tem solução). Zé não escolhe os melhores para mim, mas o que ele quer, isso é muito relativo. Basta ver no campo as escolhas não atuarem bem. Os resultados magros e sofridos mascaram muitas vezes esses equívocos, e na derrota tudo vem a tona, ai meu caro Mauro, que tenho minhas dúvidas com relação ao Zé. Tomara que o time não sinta e reaja contra o Gambá, ganhando e voltando pra briga. Zé tem que rever alguns cnceitos urgentemente, se ainda quer algo nesse brasileiro.

    • Só discordo em relação ao Arão, acho que tem partidas que ele fica na mesma linha que o Diego e outras na mesma linha que o MA, isso é totalmente dependente dos adversários.

      • Desculpe mas na maioria dos jogos não, contra o inter mesmo não. Ele não aparece mais com a frequência que tinha no ataque. Isso é notório amigo. na boa.

        • Sim, na maioria dos jogos não, se reparar isso sempre acontece em jogos específicos, fora de casa contra times grandes isso não ocorre, já contra times pequenos isso já funciona. Parece que o Zé que segura ele em determinadas partidas.

    • Acho engraçado a galera pegar no pé do Márcio Araújo, mas não se dão conta de que é o único jogador que está em toda a parte do campo o tempo todo! O tão elogiado Willian Arão joga lindo quando tem a posse de bola, mas sem ela, fica perdidinho igual a uma barata tonta dentro de campo, sendo fácilmente envolvido pelo adversário no toque de bola; já o Cuellar é muito voluntarioso e no entanto, faz muitas faltas e se arrisca a tomar cartões desnecessários (sem contar as saídas de bolas arriscadas a serem interceptadas). Estou dizendo que os caras são ruins? Não; porém, também não são essa maravilha toda que pintam aí, especialmente no quesito marcação. &;-D

      • Quanto você ganha como advogado de perebas?

        • É esse o seu “argumento”? &;-D

      • Desculpe mas não vejo assim. MA sim é quem fica perdidinho. Arão está sendo sacrificado por causa do MA. É só fazer uma leitura do esquema do Zé. Arão estava muito bem m pouco mais a frente aparecendo no ataque, com o recuo para “socorrer MA” ele fica preso. Está na hora do Zé mexer nisso. MA é jogador ultrapassado e limitado, não tem como negar amigão. SRN.

        • “Arão estava muito bem um pouco mais a frente aparecendo no ataque, com o recuo para “socorrer MA” ele fica preso. ” — E não é para isso que se tem 2 volantes? &;-D

        • Se tudo correr bem esse imprestável do MA ano que vem vai estar bem longe do flamengo, Junto com Gabriel, Alan Patrick, Cirino, Chiquinho, Sheik , e se o Zé Ruela não acordar ele tbem !!!

  • Poiis é, o que venho pensando ultimamente é: pra que temos um elenco tão numeroso e qualificado se só podemos contar com os 13 ou 14 que SEMPRE jogam? De que adianta 2 laterais de qualidades semelhantes se Pará, que realmente está em fase melhor, joga à exaustão e já há algumas rodadas não consegue render o que vinha rendendo? William Arão é outro que não tá mais aguentando a maratona de jogos e só joga realmente durante um tempo. Mas como seria diferente? O cara está praticamente em todas. Notem que não estou criticando os jogadores, que são titulares com todos os méritos, mas a falta de rotatividade do elenco. Já estamos em final de temporada e se a gnt não souber utilizar melhor nosso qualificado elenco, vamos continuar ficando sem gás quando realmente interessa. Lógico que também me incomoda o esquema com 2 marcadores de lateral (raramente fazem outra coisa além de marcar lateral), mas já nem tenho esperanças de ver o time do segundo tempo contra a Chape em campo. Até acredito que o que o Zé idealizou vinha dando certo, só que a exaustão tomou conta dos titulares e ele não confia nos outros a ponto de rodar o elenco salve em situações de extrema necessidade. No entanto, tenho consciência de que, apesar de muitas outras pessoas pensarem assim, o Zé já demonstrou que é cabeça dura e que vamos seguir do jeito que está até o fim. Só nos resta seguir torcendo! SRN

    • Numeroso e qualificado? Discordo…ninguém no brasil tem elenco qualificado..

      • É, normal vc discordar. Entender que um elenco é qualificado ou não é subjetivo e depende da sua base de comparação. No entanto, afirmei pois é de comum acordo entre a maioria dos comentaristas esportivos que temos sim um elenco qualificado, dentro da realidade do futebol sul americano. Mas OK, sua opinião foi registrada. SRN

        • Ah.. grato pela atenção. Mas discordo da crítica esportiva nesse ponto.
          Se fernandinho e Gabriel são seus titulares, chiquinho seu lateral reserva e nem falo do m.a para não parecer implicância e o juan como único reserva pra zaga..Você não tem um elenco tão qualificado assim… e só observar. Flamengo tem 6 ou 7 jogadores de bom nível no banco…Então da pra dizer que o flamengo tem um bom banco. Assim como atletico e palmeiras.
          Agora num elenco que formado por 23 jogadores ou mais…Não.
          Srn

    • Numeroso sim, qualificado não.

  • O Roger, ex grêmio, seria um bom técnico para o próximo ano. Pela Sulamericana o Zè ja demonstrou que ainda não tem bagagem para ser o treinador numa competição internacional.

    • Oxente, pq não? Dependendo de como será o “projeto de educação continuada” que a diretoria fizer nele, dá certo sim.
      SRN

  • No Maraca a cobrança será maior do que em qualquer estádio do Brasil. Que o técnico e o time deslanchem de vez. Ou vai ou racha.
    #queremosraça

    • Concordo!!No maraca não tem como ser defensivo… isso as vezes joga contra também, o time vai na onda da torcida, se empolga e esquece da parte defensiva, mas é exatamente o que precisamos pra agora!!

      • Sim, tem isso mesmo. E, verdade seja dita, o time tem ficado afobado para fazer gols e errado mais. O problema que faz e aceita a pressão do rival. E o cansaço de final de temporada está pesando. Viajamos MUITO mais do que qualquer outro time brasileiro nesta temporada. Só que se for rodar o elenco, o mundo cai na cabeça do Zé Ricardo (vide a Sul Americana).

        Complicado…

        • Verdade… Mas é a chance dele mostrar que é o tecnico para o fla no futuro , falta Gana de vencer, é a hora dele surpreender… Uma coisa q n entendo , lembro do jogo contra a chaoecoense , onde Guerrero jogou com Damião e deu muito certo, fla cedeu espaços sim,mas deu muito trabalho na frente , faltando 20 ou 15 min pra acabar ele poderia usar essa formação… Acho o Zé uma ótima revelacao, gosta de controlar o jogo , mas tem hora q precisa ser abusado e essa é a hora!! Cuca nunca abdica de atacar…tenho certeza que no maraca ele vai ser obrigado a arriscar …

          • Partida essa citada por vc na qual Guerrero estava mal e, com a entrada do Damião, subiu muito de produção. Ao final, Guerrero disse que preferia jogar assim.

            Quando entra o Emerson ou o Fernandinho o peruano continua como o atacante de referência. Com o Damião ele se posiciona e joga como segundo atacante.

          • Cara, num dou mt valor pro peruano nao, mas que ele comeu os volantes da Chape qdo atuou como segundo ataque, ele comeu.
            Foi o 2º melhor jogo dele com o Manto Sagrado, perdendo apenas pra partida da estreia (em 3º lugar o jogo contra as galinhas na Primeira Liga).

            Seria uma boa testar ele com Damiao. Na verdade seria um sonho. SRN

  • O medo de perder que supera a vontade de ganhar, esse é o lema do Zé Ricardo. Até compreensível pelo pontos citdos pelo Mauro, mas na vida só se dá bem quem arrisca, o cara ta pecando pela falta de ambição.

    • Pela falta de respaldo, isso sim. SRN

      • Como assim falta de respaldo? ?? Tá sabendo alguma coisa dos bastidores que ngm aqui sabe, ou tá falando por falar mesmo?

        • Ja eh o 3º reporter que fala algo do tipo, sempre lembrando do episodio do interino e do caso q pediram a cabeça dele qdo da queda na Sula.
          Zé eh bancado pelo Godinho, único que fala convicto que o tecnico eh o Zé. SRN

  • Falou tudo Mauro, sem gols e sem agressividade ofensiva vai ficar difícil levantar o caneco, imaginem essa postura contra as galinha mineiras no horto? O Flamengo tem um problema crônico no ataque e precisa de gols para ser campeão. Acorda Zé Ricardo, coloca dois atacantes e o Mancuello no lugar do Caramujo e seja o que o futebol quiser.SRN

Comentários não são permitidos.