Zé Ricardo diz que objetivo do Fla é usar mais Vizeu, Paquetá e Ronaldo em 2017

Comandante do título deste ano da Copa São Paulo de Juniores, Zé Ricardo é peça-chave da diretoria para que a velha frase “craque o Flamengo faz em casa” volte à tona pelos lados da Gávea. O próprio treinador admitiu a importância, mesmo sem jogar, dos atletas mais novos estarem presentes nos treinos e concentrações ao lado do grupo profissional. Ele também garantiu que Ronaldo, Lucas Paquetá, Felipe Vizeu e outros meninos serão aproveitados em 2017.

“São jogadores inteligentes, com muita visão de jogo. Entendem bem uma partida de futebol. Estão sendo preparados, mesmo com poucos jogos. Participar dos treinos e concentrações ajuda bastante. Isso tudo é importante para criar uma experiência para o ano que vem. É um desejo da comissão técnica e da diretoria utilizar mais a base em 2017”, afirmou Zé Ricardo.

Trio de ouro da base do Flamengo:

Substituto às pressas de Muricy Ramalho no comando da equipe, Zé Ricardo chegou com respaldo pelo trabalho feito nos juniores. No entanto, até conseguir uma sequência de bons resultados, trabalhou contra a pressão no momento de transição entre base e profissional. Segundo o treinador, a calma na hora de lançar um garoto é essencial para colher bons frutos no futuro.

“É preciso ter calma. O garoto precisa se adequar à realidade do futebol profissional, que é outra. Ronaldo, Paquetá, Vizeu e outros estão cada vez mais pegando esse “time” da equipe de cima, principalmente com os contatos físicos. A parte tática não é diferente da base. O sub-17 e o sub-20 são trabalhados de maneira parecida com a equipe principal”, ressaltou o treinador.

Felipe Vizeu, o homem-gol:

Aos 19 anos, Felipe Vizeu é o xodó da torcida rubro-negra. Com 25 jogos em 2016, o artilheiro fez oito gols até o momento. Substituto de Guerrero em boa parte do ano, o camisa 47, por conta das boas atuações, fez a titularidade do peruano ser até mesmo contestada. Vizeu perdeu espaço com a chegada de Leandro Damião, mas quando Zé Ricardo não pôde contar com os nomes mais experientes, coube ao garoto ser protagonista na vitória por 3 a 0 sobre o Santa Cruz.

Na mesma condição de Felipe Vizeu no ano de 2015, Kayke foi contratado para ser a sombra de Guerrero. E assim como o garoto, correspondeu sempre que foi solicitado. Para o ano de 2017, ele acredita no sucesso da cria da Gávea:

“Apesar de ser muito novo, o Felipe Vizeu mostrou que é um ótimo atacante nas partidas que atuou. O Flamengo é um clube grande, com uma concorrência forte, mas ele pega experiência a cada dia. Tenho uma expectativa grande nele e espero que se torne um grande atacante”, declarou.

Paquetá e a camisa 10 da Seleção Brasileira:

Além de Vizeu, Lucas Paquetá é outro garoto com uma expectativa enorme para vingar. Torcida, diretoria e comissão técnica enxergam o menino com uma joia a ser lapidada. Durante os treinamentos, o jogador chama a atenção pela técnica e habilidade com a perna esquerda. Querido pela torcida, chegou a frequentar o banco de reservas durante o Brasileirão. É o camisa 10 da Seleção Brasileira sub-20 e tem muita moral com o técnico campeão olímpico Rogério Micale.

Ronaldo, o “Busquets” da Gávea:

Primeiro volante de origem, Ronaldo chama a atenção pela técnica apurada e a visão de jogo. Preciso nos passes, mas sem deixar de lado a marcação, é visto como um volante diferente em relação aos “carrapatos” Márcio Araújo e Cuéllar, atletas utilizados por Zé Ricardo. Além da boa saída de bola, se destaca nas subidas ao ataque, muito por conta das finalizações, tanto de perna direita, quanto de esquerda. Nas redes sociais, é comparado pelos torcedores a Sergio Busquets, volante do Barcelona, por conta da habilidade com a bola nos pés.

A expectativa dentro do clube com o trio é tanta que a diretoria usou o ano 2016 para se proteger dos interesses dos clubes europeus. Felipe Vizeu, Lucas Paquetá e Ronaldo renovaram seus vínculos durante a temporada. Os “Garotos do Ninho” estão com contratos até o fim de 2020.

Além dos citados, o goleiro Thiago, o zagueiro Léo Duarte, o lateral Thiago Ennes e o meia Matheus Sávio, todos campeões em janeiro, figuraram no grupo principal em algum momento durante o ano de 2016. Thiago Santos e Jorge também vieram da base, mas não estiveram na campanha da Copinha. A tendência é que todos ganhem mais chances em 2017.

Fonte: Fox Sports

Veja também

  • E acabar também com essa palhaçada de: Fulano é o ” Busquets da gávea” cicrano é o “novo zico” é o “Neymar rubro negro”..Ronaldo é o Ronaldo e pronto, acredito que jogar nas costas do jogador um rótulo que nem ele mesmo se coloca é mais prejudicial que colocá-lo na fogueira.

  • “É preciso ter calma. O garoto precisa se adequar à realidade do futebol profissional, que é outra” É esse tipo de pensamento que ferra com a base do Flamengo…Por que é preciso ter calma? A base não serve justamente para dar esse suporte? Não é preciso ter calma, é preciso confiar e acreditar que o garoto está pronto para começar a dar passos no time principal, não é colocar na fogueira quando o time está perdendo, é colocar no início do jogo, é pedir paciência à torcida com o jogador, mas antes de tudo tem que dar sequência.

  • Bla bla bla ainda tem gente que acredita nisso, único técnico do brasil que utiliza a base é o dorival.

    • No Santos há uma blindagem maior aos jovens. Dorival se encaixa muito bem por lá.
      Outro time que utiliza bem a base é o Fluminense, independente do técnico. A pressão é muito menor do que no Mengão.

      • que pressão tem o Santos? E também tem a velha falta de opção dos praianos, quebrados.

        • Falei de blindagem pq é algo da cultura do clube. A torcida abraça mais, tem mais paciência. A pressão é MUITO menor, como destaquei que no Flor tb é.

  • O mesmo que elogia o Vizeu é quem o coloca como Terceira opção atras até do pessimo Damião, Declaração é muito facil de se dar, na pratica nada acontece.

  • Eu insisto que o terreno vem sendo preparado, o que vcs chamam de apatia do Zé eu chamo de planejamento, um planejamento que nao existia há décadas no flamengo

    • Tomara q vc esteja certo

  • Ze Ricardo conhece muito bem eles mas é uma sacanagem dizer q vai aproveitar o Ronaldo procurando volante e renovando o contrato de Marcio Araujo

  • Bem, vamos esperar 2017 começar aí saberemos o que vai acontecer, ainda agregaria a esses nomes o Luis Antonio, Baggio, Jajá Adryan e Nixon.

    • Luiz Antônio, Adryan e Nixon já tiveram suas oportunidades, muitas até. Esses aí não vingam mais! Esquece. SRN.

      • Único que vi tendo oportunidade foi Gabriel Cirino sheik ….

      • O LA joga bem. Mas ele colocou o Fla na justiça e nunca mais vai cair nas graças da Nação.

      • Nixon é melhor do que Gabriel e teve menos oportunidades. Passou mais de um ano se recuperando de uma lesão.
        Adryan pouco teve oportunidade desde que voltou. Fez merda grande ou ngm gosta dele.
        Luiz Antônio sim, mas se perdeu. Já foi um dos nossos melhores jogadores.

  • Na verdade, na verdade .. O Ronaldo começou de lateral.

  • E para uma maior utilização da base renovaram com Juan, estavam procurando goleiro pro lugar do PV, querem renovar com Márcio Araújo, Sheik e Fernandinho e parece que vão fazer proposta por Marinho e Vitinho.
    A base vai ter um espaço enorme…

  • Esses três aí seriam titulares em qq equipe aqui no Brasil. E no Flamengo sequer ficam no banco.

  • E tanta declaração, que, se não usar a base no início do ano, da motivo pra fortes questionamentos.

    DEIXEM OS ISQUEIROS PREPARADOS!

  • Que seja verdade, não só promessa…

  • Ano que vem se preparem pra mais um show de horrores do Zé Ruela, queimando os gringos no banco de reserva.

    • Gringos e a galera da base.

      • Aposto que caso esse fdp não mude sua maneira de ver o time e deixe de lado sua panela não dura até o início do brasileiro, mesmo com o banana de Melo na presidência.

        • Pode crer que o Zé fica bastante tempo, as críticas vão cair aos poucos

Comentários não são permitidos.