Mancuello: uma grande opção para 2017

Caros Rubro Negros,

Todo início de temporada é a mesma coisa: O noticiário do Flamengo fica em polvorosa por conta de noticias e especulações de saídas e chegadas para compor nosso esquadrão. Nesse balaio aonde fatos e boatos se misturam formando algo novo e diferente ouvimos rumores sobre uma possível saída de um daqueles que chegou com status de grande contratação para o Fla-2016: Mancuello.

Mancu chegou no Fla no início de 2016 por algo em torno de R$ 12 milhões. Canhoto habilidoso, pode atuar como um segundo volante ou um terceiro homem do meio campo, podendo exercer uma função semelhante a que William Arão exerce, mas caindo mais pela esquerda. O argentino se mostrou um jogador inteligente e uma pessoa pública sagaz. Logo caiu nas graças da torcida, tendo bom desempenho individual mesmo com o time não agradando naquele momento. No imaginário de parte dos Rubro Negros poderia até ser tornar o tão esperado “camisa 10”, espaço esse que foi preenchido mais para o meio da temporada pelo Diego, o nosso camisa 35(!!!). De qualquer forma, após uma contusão em um jogo do pouco importante campeonato estadual Mancu não conseguiu mais recuperar a titularidade. Mas entrou em diversas partidas no decorrer da temporada e teve boas atuações em muitas dessas ocasiões.

Muitos podem imaginar nesse momento que falarei sobre a não titularidade do argentino e me juntarei ao coro que passou 2016 inteiro reclamando sobre isso. Porém este não será o caso. Entendo que além do desenho tático da equipe naquele momento não comportar Arão, Diego e Mancuello juntos outro fato pesou contra o argentino em 2016: sou da opinião que ele enfrentou problemas físicos de forma mais acentuada do que transpareceu para fora dos muros do Fla. Mas isso é assunto para outra coluna. A questão aqui é outra.

Hoje é dito em prosa e verso, quase como um mantra, que para um clube de futebol ter sucesso é necessário um elenco forte. É necessário termos mais do que apenas 11 titulares com qualidade. E mesmo assim existe uma cobrança desproporcional para que se defina a titularidade. Que se tenha uma espinha dorsal do time eu entendo. Que se tenha uma forma definida de jogar, além de possíveis variações, eu também entendo. Agora, essa tara por definir 11 titulares é algo difícil de entender no atual momento.

Vejam o que é uma “dor de cabeça” positiva para um técnico: Ter jogadores com qualidade no banco como opções muito interessantes para entrar no decorrer dos jogos e para servir o clube durante a temporada, podendo em algum momento do ano serem titulares no time. Que maravilha. Isso sem falar no rodizio de elenco, algo muito importante em uma temporada com tantos jogos (fala-se em mais de 70 jogos para o Flamengo neste ano dependendo do desempenho nas competições). Esse conceito de rodar o elenco é amplamente difundido na Europa. Todavia, aqui continuamos com o pensamento de “11 titulares”.

E mais: me incomoda ver que durante o ano de 2016 muito “gato mestre” na mídia e mesmo uma parte mais ansiosa da torcida já batiam o martelo dizendo que a contratação não tinha dado certo e que Mancu não vingou no Fla. O contrato do cidadão é de 3 anos e já tem adivinho achando que não deu certo por que o cara não foi titular absoluto e solução de todos os problemas. Os 6 números da Mega ninguém compartilha né?

Vale salientar que me parecem muito superficiais argumentos como “O Gabriel é ruim demais”, ou “O Fernadinho é muito pior que o Mancuello” ou ainda “Cirino não…”. Mesmo admitindo que em algum momento de mais raiva por uma pixotada de um dos nossos “maravilhosos” pontas isso também passa pela mente desse humilde colunista, é bom lembrar os insatisfeitos de plantão que o futebol moderno passa por algo além de se olhar apenas a qualidade técnica do jogador. O conjunto e a parte tática são fundamentais para o sucesso. Assim como a força de seu elenco. Claro que o ideal é que se consiga juntar ambos os aspectos e acredito que seja mais fácil entrosar um jogador talentoso em um esquema do que ensinar um perna de pau a ter habilidade e inteligência… Mas não vivemos em um mundo ideal e entendo que em certas ocasiões escolhas devem ser feitas visando a consistência e a competitividade do time, características essências em campeonatos longos como o Brasileiro e como a nova versão da Libertadores.

O fato é que o Flamengo está assumindo sua posição de protagonismo dentro de campo, com organização e com um elenco forte. Assim, cada vez mais, teremos esse tipo de “problema” com jogadores com condição de serem titulares no banco, como opção para alterar o andamento de uma partida e também como opção para outras partidas no decorrer do ano.  Isso é ter um elenco forte. E isso será a chave para o nosso sucesso dentro de campo. Quem viver, verá!

Opine, elogie, critique…Participe!! E se você ainda não é Sócio Torcedor…faça o seu imediatamente!!! O seu maior benefício é ver um Flamengo cada vez mais forte!!!

Nota 0: Maracanã. A situação do Maracanã é calamitosa. Além do abandono físico a  situação de indefinição entre governo, concessionária e COL é criminosa! É um desperdício de dinheiro público. Uma mostra do tipo de politica rasteira que se faz nesse país. E é um escárnio com a sociedade. Lamentável, não importa o ângulo em que se observe.

Nota 5: Vinicius Júnior. Calma pessoal. Eu também acho que o jogador tem muito talento. Até acho viável que ele seja integrado aos profissionais no decorrer da temporada. Mas já vi gente dizendo que ele tem que ser titular… Calma!! Uma transição bem feita pode ser a diferença entre um talento confirmado e um jogador com carreira obscura…

Nota 10: CT George Helal. Após anos de negligência e incompetência é reconfortante saber que a pré temporada do Fla esta sendo feita no nosso próprio CT, com toda a estrutura e planejamento profissional. Chega de Atibaia! Chega de indefinição!

Luiz Henrique Amorim

contato@colunadoflamengo.com

 

Veja também

  • Sensacional matéria, bem escrita, justa, coerente, e de quebra, “quebrando as pernas” dos modinhas com comentários repetitivos e fora da realidade do novo Fla.

    • Muito obrigado!!! Continue nos acompanhando!!!

      Abraços!!!

  • Com o que temos para o inicio da temporada, colocaria o um trinca de volantes com Arao, Romulo e Mancu, com o Diego livre para se movimentar sem se sobrecarregar com marcaçao. Teria Everton e Guerrero no ataque ou ate mesmo Guerrero e Vizeu, ambos sabem se movimentar e nao precisam ficar presos entre os zagueiros.

    • Eu estou contigo nessa escalação, só que o gênio das 4-Linhas, Zé Guardiola vai escalar o Mancuello de ponta até que ele esteja bem queimado com a torcida….é só olhar as escalações dos treinos e ver que nada muda na cabeça tacanha desse técnico….

      • Eu tenho mais paciência e faço uma avaliação melhor do trabalho do ZR. Vamos ver o que o futuro nos reserva…

        Abraços!

      • Consegue ver os treinos do Flamengo? Voce deveria divulgar prá imprensa porque nem ela sabe kkk

        • Kkkkkkkkk

    • Eu gosto desse idéia também. Temos 3 volantes com qualidade. Mas e quando o Conca estiver em condições de jogo ele entra aonde nesse time? Se for no lugar de um dos 3 volantes vai sobrecarregar a marcação. Se for no lugar do segunda atacante o Peruano vai voltar a ficar isolado…

  • GRANDE opçao, menos para o Zé!!!

    • Acho que será uma grande opção pra ele também…

      Abraços

  • Já foi dito em algum lugar que o Flamengo adotou uma filosofia de jogo, independente do técnico. Por isso a procura por contratações pontuais. Atacante que jogue pelo lado de campo.
    Nessa nova filosofia estávamos a procura de nosso Masquerano, já tínhamos o Iniesta e o Suarez.

    Agora só falta algo parecido com Messi e Neymar.

  • Pão com Queijo

  • Muralha – Pará – vaz – Rever – Jorge – M.A – Arão – Diego – Everton – Gabriel – Guerrero , esse foi o time do rachão de ontem….só pra avisar.

    • Já estou preocupado….Esse Zé Ruela não vai mudar nada, em relação, ao time que terminou 2016???

      • Eu tenho muito mais apreço e faço uma avaliação mais positiva do trabalho do ZR..

        Abraços

    • nada mudou, nem vai mudar … vai ser so esse esquema ai.. quando for mudar vai botar donatti como dupla de um cone na zaga.. vai botr cuellar de volante mais vai botar 4 no meio campo ( everton, gabriel,cirino e mancuello) e no ataque vai botar damião…. ai depois na entrevista ou nos bastidores ,,ze ricrdo vai dizer que deu oportunidades e que esses não corresponderam …justificando assim suas escolhas por marcio araujo dentre outros……

      • Eu tenho muito mais apreço e faço uma avaliação mais positiva do trabalho do ZR..

        Abraços!

        • ai cada um visualiza o futebol de uma forma diferente… na minha visão e da maioria da torcida.. zé ricardo ta fazendo errado em insistir em alguns nomes… repensa sua avaliação ai …. srn

          • Não sei se é da maioria da torcida…e a questão vai além dos jogadores testados… no mais realmente cada um tem sua forma de ver o jogo. Mas só o futuro vai nos dizer quem tem que repensar o que….rs

            Ainda tem muita água pra passar debaixo dessa ponte antes desse time estrear em um campeonato que realmente importe…

            Abraços!

            • ele falou que gabriel vai jogar de armador no lugar do diego amigo.. serio mesmo que voce avalia isso como positivo ? tem certeza ? kkkk

              • Em compensação disse que o Romulo é o volante número 1 pra ele hoje, o que deveria acalmar um pouco nossa ávida torcida…

                Ainda estamos em pré temporada…muita coisa vai acontecer…

                P.s: Eu acho o Gabriel muito fraco.

  • Vc está certo amigo, o Mancuello é um ótimo meia, eu imagino ele jogando pela esquerda fazendo uma dupla de meias com Diego, agora quando o Conca voltar ele vai ficar no banco isso é certo, mas esse ano o Zé não tem o Alan kachaça amor dá vida dele pra colocar e esquecer do Mancu no banco, então ele precisa logo montar um esquema tático onde o Conca se encaixe é só consigo pensar no Mancuello jogando na mesma posição, acho ele técnico, habilidoso e todas as vezes que entrou elevou mto o nosso nível técnico dentro das partidas…

    • Acredito no Paquetá na mesma função do Conca

  • SE o Mancu tiver as oportunidades que merece, ou pelo menos as mesmas chances de outros intocáveis, tenho certeza que vai ajudar muito o nosso Mengão.

  • Vimos que o ZR não vai abrir mão de falido 4-3-3 dele, obriga pontas a marcar mais que atacar, prende os laterais e fica com um volante preso na frente da zaga, o esquema parece futebol de mesa, onde não vi movimentação no ataque, Guerrero preso, brigando com 2 a 3 marcadores, o pior 4-3-3 do campeonato e ninguém vnha exaltar que ficamos em 3°, foi muito pouco, se soltasse mais o time a gente era campeão facinho, um elenco bom e ele só na retranca! Time para ser muito ofensivo sem perder a defensiva o Flamengo tem, mais passou o brasileiro de 2016 jogando com os piores escolhidos por ZR.

    • Ainda não tenho essa visão de q nada mudará. No mais, é importante o time ter formas de jogar…. vamos ver cenas dos próximos capítulos…

      E sobre ser campeão ano passado eu tenho uma visão substancialmente diferente da sua…acho que fomos ate além do esperado e acho que o trabalho do ZR foi bom, apesar de erros serem cometidos em alguns momentos.

      Abraços

      • Não concordo com voce. Tinhamos time, sim, para brigar pelo titulo mais efetivamente. No meu entender, com as contratações que foram realizadas, os elencos de Flamengo e Palmeiras se equivaliam, talvez apenas o Gabriel Jesus fosse o ponto fora da curva.
        Mas faltou alguma coisa ( ousadia, gana de vencer, crescer nos momentos finas, treinamento, outro item…) para que o Flamengo levasse esse trofeu.

        • Entendo que existem uma série de fatores que nos tiraram a chance de titulo ano passado…

          Elenco formado no meio da te.proada… troca de técnico inesperada..excesso de viagens…

          São muitos os factores

      • Claro que foi bom, eu apenas acho que o ZR deveria ser mais ousado e ganancioso pelo título, porque havia uma gigante e real oportunidade, esse ano todos os 3 primeiros colocados estão com pouco ou nenhum desfalque relativo a elenco de 2016, eu gostei, mas quando percebi que era possível ser campeão, ficou o gosto de vacilou, deixou o título escapar e aí teremos mais 38 rodadas do Brasileirão de 2017 para se tentar, recomeçar uma nova campanha onde os times também estão mais fortes para esta temporada de 2017.

    • Não vejo dessa forma (o esquema obriga marcar mais do que atacar). Eles defendem mais do que atacam porque as jogadas ofensivas não são efetivas. Se fossem efetivas os adversários nos agridiriam menos e consequentemente os pontas atacariam mais. Acredito que esteja diretamente ligado à qualidade técnica (ou falta dela).

      • Vc não percebeu como os pontas ficam bem abertos e marcando como 2 laterais, só que é lá na frente, o Diego fica livre e só no meio quase e na frente de Arão e o pereba, inclusive, marca também. Assim eu vi, porque Arão não deve subir como sobe se for o 4-2-3-1, eu poucas vezes o vi obedecendo esse esquema. Mas o ver, tudo bem. Vou analisar jogos para eu entender melhor.

    • O esquema não é 4-3-3 é 4-2-3-1…basta ver o posicionamento dos pontas…eles ficam na linha do Diego, e o Guerrero isolado sozinho na frente….assim como o Arão fica na linha do VSQ…

  • Muralha
    Para Rever Donatti Jorge
    Arao Romulo Mancuello
    Diego Conca
    Guerreiro

    • Pode dar certo. Mas eu colocaria , na espinha dorcal do time uma companhia pro Guerrero no ataque justamente no lugar do Mancu…

      Abraços

    • Tb penso nesse mesmo time, somente com outro atacante no lugar do Conca, ate pq nao sabemos qd ele jogará. SRN!!

  • Primeiramente!
    Luiz Henrique Amorim, parabéns! Pela clareza, sentimento e coerência com que expressa sua forma de ver/sentir/pensar o Flamengo. Concordo com tudo. Claro que sob minha análise pessoal, mas com essa clareza de se olhar pro contexto, pro passado, pro MOMENTO que o clube está passando, e claro, para o FUTURO do clube que a gente tanto ama!

    Esse ano será um ano de CONSOLIDAÇÃO!
    Ainda aprenderemos com alguns deslizes que talvez possamos cometer durante o ano. Assim como em todos campos da vida, o aprendizado é sempre constante. Porém, fica muito CLARO que a forma como o clube está sendo gerido, planejado, controlado vai dar RESULTADO. Sejam com TÍTULOS, com PROTAGONISMO dentro de um campeonato, e todas vertentes que uma condução certa das coisas, no nosso caso, do nosso querido Flamengo, é capaz de fazer e mudar toda um cenário e uma realidade ruim. O Flamengo antes REALMENTE era um Ninho: Só que de SERPENTES que cobiçavam o cargo porque sabia da quantidade de DINHEIRO E POTENCIAL que um clube de futebol é capaz, PRINCIPALMENTE o Flamengo.

    Só que esses tempos mudaram! Nossa realidade e nossas perspectivas agora são outras! Só que bem melhores! Temos um ÓTIMO ELENCO. Não se deixem enganar por um certo clube onde ocorre CLARAMENTE uma bela e contundente: Lavagem de DINHEIRO! Mas como nossa política é suja, eles próprios, encabeçados pelo Presidente da CBF, fazem vistas grossas a esse tipo de investimento exorbitante em um clube de futebol. ENFIM, vindo DOIS ATACANTES DE QUALIDADE, seja o nome que for, mas que seja de QUALIDADE, aí amigos, não tem DESCULPA!

    Réver e Rafael Vaz chegaram e de certa forma “resolveram” o problema infernal que era a zaga do Flamengo. É só isso que falta: AS cerejas do Bolo!

    Saudações Rubro Negras!

    • Pesado afirmar lavagem de dinheiro. Bem precipitado isso. Percebo um certo recalque de vários flamenguistas com a situação financeira do palmeiras. Para muitos, só o fla pode ter patrocínios e investimentos, e nesse caso, ainda estamos perdendo por alguns fatores que fazem parte de um contexto histórico e bem elaborado pela diretoria de lá. Queria eu que o fla tivesse um investidor que cobrasse juros abaixo do mercado nos empréstimos financeiros, queria eu uma empresa que investe mais que 5 patrocinadores nossos. Lavagem de dinheiro? Não sei. Mas estamos abaixo ainda em relação ao elenco e ao estádio e receitas de patrocínio e estádio. Chegaremos lá pois o fla é gigante, e assim que começarmos a ganhar títulos e continuarmos com nosso equilíbrio financeiro, nossa receita será exponencial a atual. Por enquanto e brigar por títulos, mas sabendo que temos que melhorar o elenco para 2018, investir em craques de acordo com a receita gerada. 2017 será o nosso pontapé. Srn.

      • Nao acho que e lavagem de dinheiro, mas as contestações nao sao recalque, em condições normais de mercado o palmeiras obteria de 50 a 60% de receita de patrocinio do flamengo, veja os valores pagos pela adidas. O que o nobre e senhora do banco estao fazendo beira ao doping financeiro.

        • A questão financeira sobre patrocinadores do palmeiras, vale a pena dar uma pesquisada no Google e entender um pouco do imbroglio com o Governo e a Receita Federal envolvendo Crefisa/FAM – Faculdade das Américas e seus donos Lamacchia e sua esposa que deseja a presidência da porcolândia.
          Pesquise conheça e veja que a hipótese de Lavagem de grana não pode ser descartada.

          Jogue na pesquisa os termos abaixo:

          istoedinheiro + noticias economia 2016 + lamacchia-bilionario-encrencado

          Boa pesquisa Rafa e…
          Grande abraço !!!

        • É choro amigo. Só isso. Infelizmente essa é a atitude da maioria. Como disse, para a massa só o fla pode ter patrocínio. SP com mais mundiais e libertadores que o fla não pode. O palmeiras atual campeão brasileiro não pode. Ninguém pode ganhar mais. Se ganhar, é desonesto e é crime…kkk vcs são uma piada. Seres que não pensam e acima de tudo invejosos. Cultura tupiniquim. Só isso.

          • Discordo um pouco disso. Não acho que seja choro… Não é a questão de si o Fla poder ter patrocínios. Mas são 2 pontos ai:

            Flamengo e Corinthians sempre foram baliza para esse mercado. É difícil entender como algum time pode receber mais que esses por conta da exposicao de ambos serem bem maiores que a dos outros.

            O outro ponto e que nitidamente a parceria atual do Palmeiras foge do praticado pelo resto do mercado, assim como a Unimed fugia….

            Mas cada um com seus problemas. Ao menos aqui não tem ninguém comprando a vaga de conselheiro sem ter o título do clube…com óbvias aspirações a presidência do clube…

            Abraços

        • Penso parecido…

      • Lavagem eu não afirmo categoricamente. Mas que são coisas que estão fora do padrão do net ado e que tem interesses além do meramente comercial, isso tem.

        No mais eu tenho certeza q estamos no caminho certo, sem depender do “altruísmo” de ninguém e sem ser “escravo” de ninguém…

        Abraços

  • Na epoca que Muricy comandava o Flamengo, o Macuello era colocado no lado esquerdo, ate entao mostrando um excelente futebol porem o Arão com suas investidas ao ataque deixava Cueller sobrecarregado na defesa, a zaga com Cesar Martins e Wallace não tinha nenhuma confiança ou quando Juan entrava.
    Com Zé Ricardo, o Arão ficou mais preso devido a chegada de Diego sendo assim se preucupando mais com a saída de bola do que o ataque.
    Com a Equipe entrosada e cada posição possuir 2 ou ate mais jogadores facilita a vida do tecnico para alternar no decorrer das partidas o esquema tatico.
    Cueller, é um otimo Jogador, atuando na maioria das vezes como 2° volante mais em outras como 1° volante no Deportiva Junior.
    Donatti é um otimo Zagueiro, pecou contra o Figueirense mais é coisa do futebol, time sem entrosamento obvio que daria naquilo goleada na certa,porém esse ano com mais de 70 jogos e varias competiçoes com certeza seria ou é a chances deles se entrosarem

    • Esse ano Mancuello pode também ser um desses coelhos da cartola para alternar formas de jogo.
      Grande abraço!

      • Com certeza, Assim como Rômulo pode fortalecer muito a proteçao da zaga, Ronaldo pegando experiencia é outro reforço.
        Mancuello não tem velocidade, mais seus passes é fundamentais Cuellar é afobado, nada que um tratamento não resolva.
        o Zé tem nas mãos um excelente elenco dependera apenas dele para o time deslanchar e trazer os canecos pra casa

        • Dele e também dos JOGADORES que ainda não foram tão aproveitados cumprirem sua parte na organização tática básica do time, não oferecendo espaços na recomposição e atacando com velocidade, sincronismo e contundência, agredindo e traduzindo em gols ou oportunidades nossas investidas ao ataque para matarmos e definir nossos jogos.
          Grande abraço!!!

      • Exato!!

    • Aí concordo totalmente com vc, Zr bastava recuar Arão e junto com Cuéllar revesavam a função de 1° volante como vejo no Grêmio e porco, além de Mancu dar o primeiro combate em um
      4-4-2, isso congestionava o meio quando estivesse sem a bola, também não precisava trazer volantes, mas vi que ZR não confia nos que tem e nem quis improvisar um novo esquema com volantes de melhor qualidade e modernidade no futebol. Vamos aguardar o que ele vai nos mostrar, eu vou elogiar quando necessário, mas vou criticar muito!

  • Só que pra os bons jogadores quererem ficar no clube tem que jogar e sentir que podem tomar a titularidade em algum momento.

    E para isso é preciso rodar o elenco.

    O problema foi a subutilização do jogador, que por muitos momentos mostrou qualidade. E nem estou falando de titularidade.

    • Vamos torcer para que em 2017 isso evolua.

      Abracos

  • Excelente texto! Concordo com tudo. O Zé já começou o ano com o Mancu de titular nos treinos, vamos esperar que esse seja o ano dele e o ano do Mengão! SRN

    • Como sabe que ele tá de titular nos treinos?

      • Foi titular nos treinos. Saiu na mídia.

        Abraços

      • Falou no GE, mas isso foi terça. Ontem pelo que foi noticiado o Gabriel entrou no lugar dele, mas a maior parte do treino foi fechado.

  • Então tem que rodar o elenco, minha principal crítica ao ZR ano passado, mormente a maratona de viagens.

    • Espero que esse ano isso seja melhor…

      Abraços

  • Ótimo texto, resta ao técnico ter capacidade para ter variações táticas no time podendo utilizar as ótimas épocas que temos no elenco.

    • Não acredito que falte capacidade…
      Para mim faltou oportunidade sem pressão ( 2º semestre não é para fazer experiências ).
      E tempo para treinar e averiguar em TREINOS variações do que AINDA estava empenhado em organizar, implantar e embasar a forma de jogar do time.
      O que começando no início de temporada como agora, tem tudo para pôr em prática nossas tão pedidas variações previamente treinadas com o elenco.
      Grande abraço!

      • Assim espero Carlos, Até porque o Zé da Copinha em 2016 não tinha essa formação de 2 pontas corredores para marcar lateral, Era Viseu no Ataque , Paquetá chegando pelo Meio junto com Matheus Sávio, depois Trindade, Ronaldo e Cafú jogando fazendo o meio campo !!

        • Pois é Kikos…
          Quem sabe no ano passado o que vimos foi uma situação totalmente surreal para ele, o Fla e nós também e na necessidade de se apagar um incêndio de enorme proporção, tenha usado o “mais básico” em seu entendimento para fecharmos lá atrás e já ganhando de “meio a zero” garantíamos nossos 3 pontos ???
          Sempre me faço essa pergunta…
          Essa temporada até março, já poderemos conferir essa teoria.
          Grande abraço !!!

      • Tomara Carlos, é o que todos esperamos. Que com o início dá temporada tenha tempo suficiente para treinas variações e novos esquemas táticos. Abs

        • Exato!

        • Que São Judas Tadeu e o Zé nos ouçam…
          Rsrsrsrs
          Grande abraço !!!
          Mengão sempre !!!

      • Concordo em gênero, número e grau.

        Abraços

        • Valeu pela citação Luiz…
          No aguardo de outros textos seus !!!
          Grande abraço !!!

  • Infelizmente já estou vendo o fdp desse treinador entrando com Gabriel e a sua panela pra esse primeiro jogo do ano…. Não adianta, sinto muito pelo Mancuello, mas essa praga do treinador é paneleiro SIM!!!!

    • Não acredito que falte capacidade…
      Para mim faltou oportunidade sem pressão ( 2º semestre não é para fazer experiências ).
      E tempo para treinar e averiguar em TREINOS variações do que AINDA estava empenhado em organizar, implantar e embasar a forma de jogar do time.
      O que começando no início de temporada como agora, tem tudo para pôr em prática nossas tão pedidas variações previamente treinadas com o elenco.
      Grande abraço!!

    • Não concordo . MANCU já foi titular ai no incio dos trabalhos. No mais é importante o time variar a forma.
      de jogo. É agora terá tempo pra isso…

      Abraços

  • Também ainda tenho esperança no Ederson

    • Eu tb…

      Abraços

  • Tem gente que fala que não joga nada,vi jogos do Flamengo, na maioria pós Muricy vi qualidade técnica nele e no Ederson, que é outro que uns dizem ser um “come dorme”, esquecendo que estava jogando bem até a entrada criminosa do Fagner. Sou do tipo de torcedor ponderado,reconheço que errei ao criticar a contratação de Rever e Vaz.Acho que é dever do Zé ,achar um meio de aproveitar os talentos.Ser escravo de um esquema técnico é suicídio, ou recuado,é pra um buaatafogo(retranca).Lembrando que tem muito torcedor de outros clubes nessa coluna ” infiltrados”,denegrindo o Flamengo,aquele tal de Miller(vascaindo )

    • Não acredito que falte capacidade…
      Para mim faltou oportunidade sem pressão ( 2º semestre não é para fazer experiências ).
      E tempo para treinar e averiguar em TREINOS variações do que AINDA estava empenhado em organizar, implantar e embasar a forma de jogar do time.
      O que começando no início de temporada como agora, tem tudo para pôr em prática nossas tão pedidas variações previamente treinadas com o elenco.
      Grande abraço!

  • “O conjunto e a parte tática são fundamentais para o sucesso.”
    — Análise impecável! Parabéns! &;-D

    • Deve ser por isso que o Fernandinho joga no Barcelona

      • Kkkk

      • Mas talvez seja por isso que o Ibra n deu tão certo por lá…

        Abraços!

        • Metade do futebol do Ibra é marketing, por isso não deu certo lá. Ele é só um bom jogador que sabe se promover.

    • Obrigado!!!

  • Bom texto. Eu não mudo a minha visão. Mancuello tem espaço no time do Flamengo. Jogador talentoso e inteligente, tem que ter mais espaço a meu ver. Esquema? Cabe ao técnico achar um jeito de colocar o melhor para jogar. OK, Gabriel deu certo em alguns momentos, mas oscilou muito em outros, Cirino foi um fiasco, Fernandinho TALVEZ até daria. Também não vou me estender em questões já batidas aqui. Espero que o Zé Ricardo varie mais o time, não fique só com uma ideia tática, pois isso torna o time muito “manjado”. O Flamengo tem um elenco forte sem dúvidas, o que “obriga” o Zé ricardo a fazer o rodízio, eu cansei de citar isso. Não pode ficar só com uma ideia. Com a vinda de Rômulo, Conca e o Peruano, deve vir o tal ponta, ai o Zé tem tudo para fazer um ótimo ano. É a nossa expectativa.
    Imagino o time ideal: Muralha Pará, Rever, Donatti, Jorge, Rômulo, Arão, Diego, Conca, Guerrero e ponta. enquanto Conca não pode atuar, Mancuello.
    opções: Vaz, Cuellar, MA ( já que renovou), Ronaldo, Everton, Ederson, Vizeu, Damião, Paquetá, Rodinei. É para brigar por tudo.

    • Concordo com você, mas com algumas ponderações.
      O Zé tentou sim fazer variações, usou o 4-1-4-1 com o Arão mais adiantado, não funcionou bem, a defesa ficou muito exposta.
      Depois tentou em alguns momentos o 4-4-2 com losango no meio e também não vingou.
      Mas não é que o time não tenha condições de jogar dessa forma ou que o Zé não tenha capacidade de fazer o time encaixar assim. Temos que levar em consideração que ele pegou o time no meio da temporada, sem nenhum padrão de jogo, sabendo que era a oportunidade da vida dele e que se perdesse 3 jogos seguidos ia voltar pra base. Isso mexe com a cabeça de qualquer um.
      Esse ano ele está mais consolidado, mais confiante. Com mais apoio da diretoria, participou de todo o planejamento, fez a avaliação do que precisava e vai ser atendido.
      Agora sim vamos poder avaliar o trabalho dele 100%, tanto a variação tática, padrão de jogo e escolha das peças. SRN

      • Mandou muito bem

      • É isso mesmo Rafa…
        Não acredito que falte capacidade como alguns colegas até dizem…
        Para mim faltou oportunidade sem pressão ( 2º semestre não é para fazer experiências ).
        E tempo para treinar e averiguar em TREINOS variações do que AINDA estava empenhado em organizar, implantar e embasar a forma de jogar do time.
        O que começando no início de temporada como agora, tem tudo para pôr em prática nossas tão pedidas variações previamente treinadas com o elenco.
        Grande abraço!!!

        • É verdade. Você pode reparar que na maioria das vezes que ele teve uma semana inteira pra trabalhar (algo raro no brasileirão), ele tentou fazer uma mudança, uma variação, mas não funcionava e ele acabava voltando pro 4-2-3-1. Até mesmo os jogadores pediam pra voltar pro 4-2-3-1, como aconteceu naquele jogo contra o Palestino, que o AP pediu pra mudar o esquema pq o time não estava encaixando no 4-4-2.

      • Boas considerações Rafael. Só que Zé manteve a mesma ideia apesar de raramente testar as citadas variações…entendo perfeitamente que ele estava sob pressão claro, mas teve jogos que ele insistiu em peças que não tem o porque, por exemplo no jogo contra o Atlético-PR, colocou Patrick para quê? O natural seria Mancuello, variou um jogo ou outro, mas manteve o esquema engessado em 90% dos jogos. Repito, concordo e compreendo que o Zé estava chegando, pegou o time numa ruim e realmente deu padrão, Isso tudo eu reconheço e já postei reconhecendo, tanto que eu digo que ele tem tudo para fazer um ótimo ano (reconhecendo sua capacidade), apesar de ser ainda um técnico “verde”. Realmente agora veremos o Zé trabalhar um pouco mais aliviado, pois pressão Rafael sempre tem em um clube do tamanho do Fla né. rsrsrs. Cabe agora a torcida dar apoio e torcer para que o Zé faça o seu melhor. SRN.

    • Talvez com maior tempo de preparação e com pré-temporada, o Zé busque variações e todos tenham melhor performance física e técnica. E difícil ajustar o time com o bonde andando e acho que o técnico conseguiu uma formação que deu certo em 2016 mas que perdeu fôlego no final do ano.
      No entanto, partindo do pressuposto que temos maior tempo de preparação e adaptação sobretudo dos gringos ou de quem vem de fora, podemos apostar num ano melhor.
      Mancuello precisa aprimorar muito a parte física e tática. Tem ótimo nível técnico mas não foi regular no time por estas questões. Logo, acredito que o Ze irá já pensar numa formação com dois meias e na ausência do Conca nos primeiros meses do ano, surge uma oportunidade excelente para o argentino se firmar mas se ele continuar com a sofrível condição física, me pareceu bem fraco neste quesito, provavelmente não vingará por aqui.

  • Basta vermos o aproveitamento do time com e sem Mancuello para observarmos a falta de visão global e o corporativismo exacerbado do ZR. Espero que este ano o argentino tenha mais chances de mostrar seu excelente futebol e seus golaços de craque.

    • O problema Hélio é que quando a intenção é manter um perna-de-pau no time, sempre olham números; porém não usa-se o mesmo critério com determinados jogadores – Mancu que o diga!

    • Aquele q n foi no jogo contra o corinthians?

  • Acho fraco. E chega de Mimi sou flamengo mas acho fraco assim como acho Ederson custo benefício zero. Mas acho sua análise perfeita, não acho tão justas as críticas ao MA e ao Gabriel. Ao Cirino custo benefício zero tb. Mancu bom reserva, acho até que compramos caro demais esse rapaz.

    • Eu não acho ele fraco, mas concordo contigo q não vale nem a pau 12 milhões e pagamos caro demais por ele!

Comentários não são permitidos.