A fila da base e o congestionamento que pode travar os pratas da casa

Passados basicamente dois meses do ano futebolístico podemos constatar, enfim, que o Flamengo pôs a cabeça no lugar e voltou os olhares para o “time de baixo” e a base, em alguns casos a mesma coisa. Temos muitos garotos mesclados no time de baixo, poucos são os imediatos, mas o primeiro passo já está dado.

Desde o início do ano já foram usados Adryan, Vizeu, Paquetá, Matheus Sávio, Cafú, Léo Duarte, Ronaldo e Thiago. Há quem veja o copo meio cheio, há quem veja meio vazio. Vamos analisar os dois lados?

Comecemos pelas críticas. Por mais que os meninos tenham debutado em jogos profissionais, o time de baixo conta apenas com dois “titulares” da base. Todo o resto é formado por jogadores oriundos de outras equipes. Note que não estamos avaliando Juan como prata da casa, já foi lançado há quase 20 anos. Há posições em que há muita discussão, como o centroavante. Muita gente, eu incluso, achamos que Vizeu deveria estar à frente de Damião. Muita gente acha que Juan, mesmo que tenha feito boas partidas, não deveria ter renovado, pois tira oportunidade do jovem Léo Duarte.

Ainda que oito garotos tenham jogado oficialmente, alguns tiveram tão pouco tempo em campo e fora de sua posição original que mal dá para dizer que foram aproveitados. Léo Duarte entrou em campo apenas para sujar a chuteira como um terceiro zagueiro; Cafu só entrou no fim de três jogos; Ronaldo somou 31 minutos em duas partidas, uma como armador; Vizeu jogou por mais tempo, mas tem jogado como segundo atacante; Adryan fez boas partidas no início e como prêmio foi preterido da inscrição na libertadores e nunca mais jogou; Thiago só foi testado nas duas últimas partidas da Taça Rio, para descansar Muralha, mesmo com a iminência de sua convocação, que acabou não chegando.

Há também quem perca a paciência com alguns jogadores. Este sábado assisti ao jogo com muitas outras pessoas e como vi Matheus Sávio é xingado. Não é mais tão garoto, mas também não está consolidado. Pesa contra ele a entrada sempre mais interessada de Paquetá, mas em outra época a situação era invertida, na seleção sub-20 por exemplo. Me incomoda lançar os meninos tão longe do time principal. Como seria ver Matheus Sávio fazendo a função de Mancuello ao lado de Diego, Everton e Guerrero, tendo Arão e Pará para dialogar? Não que Mancuello, Berrío e Damião sejam perebas, mas entrosamento conta muito.

Por outro lado, aquela máxima de que “uma grande maratona de 500km começa com apenas um passo” é muito verdadeira para nós Flamengos, com a licença do grande arthur muhlenberg. Se comparado ao ano passado, este ano já promete demais em aproveitamento da base.

São oito os que já entraram somados a Gabriel Batista, Loran, Moraes e Jean Lucas que já estiveram no banco. Em proporção, já é mais do que o ano passado. Se houver um PROJETO para inserção destes meninos nos jogos do brasileiro o dever terá sido cumprido. Fora que com o time de baixo temos ganhado os jogos.

Começamos com Vizeu como uma realidade devido ao grande ano que fez em 2016. 2017 se inicia e já podemos ver que Thiago faz atuações bem seguras e talvez não precisemos contratar um goleiro reserva, por mais que haja insegurança sobre muralha. Paquetá entra muito bem nas partidas e Zé Ricardo não pode negligenciar isso. Talvez pela característica, canhoto, bom passe e chute possa se tornar suplente imediato de Mancuello. Matheus Sávio tem entrado na posição de Diego, embora o treinador faça muitos testes durante as partidas.

O Flamengo está fazendo o que temos pedido por muito tempo, está usando os campeonatos menos interessantes do início do ano para promover os pratas da casa, dar ritmo a alguns reservas que brigam com titulares constantemente e ainda assim chegará as fases finais dos torneios, tamanha a qualidade dos mesmos. Ainda este sábado, Allan Garcia falava em como o clube acertara em jogar com o time de baixo contra o Resende, devido ao jogo ser ataque contra defesa em sua esmagadora maioria.

A verdade é que gostaria de parabenizar a diretoria em conjunto com o departamento de futebol. Ainda que algumas coisas possam ser mudadas é latente que o clube dá o passo noutra direção.

Gostaria de chamar atenção a uma coisa: A fila de garotos que se inicia a ficar congestionada. Há que se pensar numa forma de não engarrafar os meninos. Por exemplo, hoje Vizeu ser reserva de Damião é bastante incoerente, uma vez que o companheiro do Vinícius Jr também tem recebido sondagens e faz um centroavante interessante que não tem aparecido mais no futebol brasileiro. Lincoln já está na fila. Tem só 16 anos, mas no caminho que vamos, Vizeu precisa ser mais aproveitado para pensarmos se Lincoln vai encontrar um Flamengo em que pode ser opção. Léo Duarte hoje é a quinta opção na zaga que já tem o lesionado Denner batendo a porta com 19 anos. Thiago Ennes foi emprestado por um ano, é ótimo ter uma briga saudável entre Pará e Rodinei, mas Kleber fez ótimos jogos e tem 18 anos. Assim também se pode observar outros jogadores da base, Jean Lucas 18, Hugo Moura 19, o próprio Vinícius Jr 16, Patrick 19. Não podemos esquecer do recém contratado Brayan que parece bom jogador também de 19. Ou seja, o ano que vem o Flamengo iniciará com quatro bons jovens que estourarão a idade de juniores. Como eles encontrarão o clube? É preciso um planejamento para isso e claro que nem todos serão aproveitados, mas como estamos, não poderemos aproveitar nenhum. Quem tá na frente pode correr a 50 km/h tranquilo, porque em seu retrovisor a galera buzinando atrás está tendo muita dificuldade para ultrapassar.

E você? Vê o copo meio cheio ou meio vazio? Concorda que a fila não tá andando como deveria e o congestionamento é prejudicial ao clube? Vamos papear.

Anderson Alves, O otimista.

Veja também

  • Difícil aceitar um texto assim. Parece que o fla tem a melhor safra de jogadores do mundo na base. Ridículo. Adrian jogou bem? Mesmo? Merecia estar na lista da liberta? Jamais. Léo duarte? Aquele que entregou um jogo para o palmeiras em Brasília. Vizeu??? Precisa se mostrar mais efetivo. O colunista não aparece pra falar das inúmeras chances que o vizeu teve. Estamos no caminho certo. Temos que contratar os melhores jogadores do mercado, nas nossas possibilidades, e os fora da curva da base merecem chances. E só. Não vejo a imprensa pedindo jogadores da base do palmeiras. Por qual motivo? Não são melhores que os contratados. Só isso. No fla é a mesma coisa. Falácia. Jogar com a torcida o que o colunista faz. Sem mais.

    • Quem é Adrian? Cantor?

      • É o teu irmão loiro do sul-deste!!!!!!

        • Pimenta no dos outros é refresco neh…

  • Concordo com o texto. Ainda é cedo, mas os passos se mostram entusiasmantes. Muito se fala no Damião, isso ou aquilo em relação ao Vizeu… Não gosto do ilustre perna de pau com nome de santo mas… Convenhamos, toda a cacetada que Matheus Sávio, por exemplo, vem tomando nesse campeonato amistoso o Vizeu poderia ter sido exterminado o ano passado. A ascensão do Vizeu me lembra demais a do Reinaldo, lá atrás. Brilhou na chegada ao time principal mas definhou a olhos vistos antes de ser negociado. Depois se recuperou executando outra função em outro time, mas e se o Fla possuísse a esperteza atual naquela época? Certamente nem ele e, principalmente, o Impera teriam abreviado a sua passagem no Fla. Talvez até fosse um jogador melhor. Muito cuidado…O Fla e sua torcida são fazedores de mitos (para o bem e para o mal) e destruidores de carreiras.

  • Quando o damião chegou eu entendi a argumentação do flamengo. Guerrero e vizeu são convocados. Guerrero pode ser suspenso e o reserva entrar, deixando o flamengo sem banco. Mas agora eu concordo completamente que o reserva do vizeu tem que ser o Lincoln. Eu que na maioria das vezes concordo com a diretoria, agora vou achar que erraram se estenderem o vínculo do damião.

  • tem que lançar os caras,mas no time de cima surpreendendo e não com a previsível entrada de gabriel,damião ou MA…fica difícil avaliar um jogador num time desentrosado,afobado pq todos querem aparecer…e tem outra coisa,A questão do Adryan é sacanagem,ele entrou bem nos jogos,deveria estar inscrito na libertadores sim,o que fez o m savio pra justificar sua inscrição?infelizmente o flamengo faz tudo direitinho,mas é refem de empresário não tem outra explicação,exemplo é a contratação do romulo,tendo cuellar e ronaldo… e tem mais o felipe melo esta mostrando que no caso de uma contratação era a melhor opção,mas o caetano não quis,o cara joga com olho roxo,da carrinho comemora como se fosse gol,desestabiliza o adversario enquanto o romulo rasteja em campo…

    • Concordo com tudo o que você disse, exceto em relação ao Adryan. Ele não tem condições de vestir a camisa do Flamengo. Não tem vontade nenhuma, já teve várias oportunidades e não mostrou futebol. Nem o Nantes o quis, nem a Chapecoense, nem de graça. Porque acha que deve jogar no flamengo? Tá na hora de rescindir o contrato dele. Jogador sem raça. O pior defeito de um jogador é a falta de vontade em vencer.

      • EU ja acho que ha sim má vontade com ele,nos jogos em que entrou,não vi preguiça ele correu se dedicou e entrou bem, torcida tbm tem sua parcela,no ultimo jogo o M savio errou tudo que tentou,os comentarios aqui eram de apoio pq ao menos ele estava tentando,ja num jogo que o Adryan entrou e tbm tentava a torcida detonava ele,são 2 pesos 2 medidas,sem contar que assim como mancuello ele jogou fora de posição tendo que marcar lateral jogando como ponta

  • Tem que lançar os caras da base aos poucos, não pode ter pressa. É uma ótima safra essa da copinha 2016-2017.

  • Excelente texto, apesar de achar que podemos dar mais espaço os jovens. A começar pelo jogo de hoje que vamos jogar com os titulares e também contra o Vasco. Podia colocar os reservas. Na minha humildade opinião, valeria colocar os titulares somente no Fla x Flu, ou até antes contra o Volta Redonda, para pegar ritmo de jogo, e depois disputar a final contra o CAP. Nesse meio tempo, o time iria treinando vários aspectos, principalmente finalização (o que mais pecamos no jogo contra o Universidad Católica). Esse jogos poderiam dar ritmo aos reservas, confiança e desenvolveria a garotada, e os credenciariam para disputar o BR-17. Alguém da comissão técnica ou Rodrigo Caetano deveria ler esse artigo. Abraços e parabéns. SRN

    • Não diria tudo reserva, mas uma mescla bem interessante com os chamados titulares, para os meninos não sentirem muito e ter um time mais entrosado… gostei da parte do texto do colega, onde retrata isso.
      “Me incomoda lançar os meninos tão longe do time principal. Como seria ver Matheus Sávio fazendo a função de Mancuello ao lado de Diego, Everton e Guerrero, tendo Arão e Pará para dialogar? Não que Mancuello, Berrío e Damião sejam perebas, mas entrosamento conta muito.”

  • É simples em 2018 sairão Juan, Réver(valor deve ser muito alto para sua compra junto aoInternacional), Pará(tem jogado bem mas pela idade a tendência é acabar caindo o rendimento), M. Araújo, Arão(provavelmente deve receber alguma proposta), Gabriel(negociar), Adryan, Cafu, M. Sávio(não vejo grande potencial nele), Ederson(caso não consiga render esse ano) ou Everton(venda pra China seria bom pra ele e para o Flamengo), Conca, Damião e Guerrero(acredito que deva receber uma proposta milionária para o futebol asiático).
    Muralha(Thiago), Rodinei(T. Ennes e Klebinho), Donatti(L. Duarte), Juninho do Coritiba(R. Vaz e Dener), Trauco(Renê e Michael), Rômulo(Ronaldo), Cuellar(Arouca do Palmeiras, Jean Lucas ou Hugo Moura), Diego(L. Paquetá), Mancuello(Ederson ou Everton), Berrio(Vinícius Junior), F. Vizeu(Lincoln).

  • Paquetá já foi usado algumas vezes, Vizeu mais vezes. E o Jorge jogou muitas partidas. Não acho que estejam nem queimando, nem colocando na geladeira. Me parece haver um certo equilíbrio, imperfeito, mas acho que estão fazendo uma boa gestão da base de uma forma geral. O quê produziu Jorge e o Vizeu já chegou a produzir, o quê rendeu Jorge e vai render Vizeu e Vinicius Jr., são exemplos de boa gestão. Sem contar que é capaz desse Vinicius Jr. entrar e atropelar.

  • Na minha humilde opinião está tudo dentro da normalidade,por anos tivemos colheitas pobres,solo devastado…Mas parece q o tratamento feito no solo começa a render os primeiros brotos.Amigos temos dois meninos meninos mesmo q são ( parece) foras de série com 16 anos e digo quase q com toda certeza q não veremos no time profissional,digo o linchon e o Vinícius Jr,agora o Matheus Sávio vai ser outro Adryan não vai decolar o Paquetá tem futuro promissor o vizeu não é promessa é realidade Leo Duarte precisa de mais chances mas já mostrou seu valor Ronaldo,clebinho,o próprio Matheus Sávio emprestaria…Não para times sem expressão… Atletico PR, Goiás, Coritiba times q briguem por algo a mais…A política está certa..Não tem muito o q inventar,mas concordo q os meninos tinham q ter chance no meio dos CARAS Diego, Guerrero e etc..

Comentários não são permitidos.