Fla finaliza projeto e vai iniciar obras de CT da base até fim de junho

Fla finaliza projeto e vai iniciar obras de CT da base até fim de junho

O Flamengo prepara o segundo novo ciclo de obras no Ninho do Urubu para o próximo mês. A vice-presidência de patrimônio do Rubro-Negro já contratou empresa de arquitetura – ainda em fevereiro – e finaliza o desenho e ajustes no projeto original para a retomada das construções de módulos definitivos para as divisões de base no centro de treinamento.

Apesar das receitas extraordinárias da venda de Vinicius Júnior, o investimento no CT já estava “carimbado”. Ou seja, já havia verbas previstas, entre empresas parceiras, incentivos fiscais e demais aportes. No entanto, a diretoria ainda vai discutir se há necessidade de incrementar a obra com quantia retirada dos mais de R$ 60 milhões previstos para entrar no cofre até o fim de junho. No total, o Flamengo vai ficar com R$ 100 milhões dos R$ 164 milhões da compra do Real Madrid pela revelação rubro-negra.

O Flamengo já investiu cerca de R$ 20 milhões na finalização do módulo profissional, entre obras, principalmente, e equipamentos. Um novo orçamento será discutido para finalizar o projeto da base, mas custos devem ser da mesma ordem

Estamos finalizando a atualização do projeto em 10 dias. Modernizamos e alteramos série de coisas para os blocos que vão ficar com as categorias de base. Nossa ideia é dar início às obras em 20, 30 dias, até o fim do mês de junho. A inauguração esperamos para outubro ou novembro do ano que vem – adiantou o vice de patrimônio, Alexandre Wrobel.

Além da empresa de arquitetura Ciclo, do arquiteto João Uchoa, que cuida dos projetos internos, da iluminação e das fachadas do centro de treinamento, a FEU Arquitetura também vai ser responsável pelo projeto do CT.

Na área que hoje serve de estacionamento, ao lado da portaria de entrada no Ninho do Urubu, serão erguidos dois módulos nos moldes do 16 e 17, que atendem aos profissionais. Os primeiros campos do CT vão seguir à disposição da garotada, que hoje usa a academia que anteriormente era usada, temporariamente, pelo elenco principal.

Visão do campo 5 do Ninho do Urubu: investimento na base será superior a R$ 15 milhões (Foto: Gilvan de Souza)

Reprodução: Globo Esporte

15 Comentários
  • O CT do módulo profissional ficou muito bonito…essa vista da foto é diferente das outras….e com o CT da base o Mengão termina uma parte de infra-estrutura importante para um grande clube como o nosso…..depois disso é o estádio próprio, porque essa porra de Maracanã é furada…

  • Bandeira erra em muita coisa relacionada ao futebol. Mas ao reassumir a prioridade e importância do investimento na base, damos mais um passo para nos tornarmos um clube com várias fontes de renda, com renovação de plantel a baixo custo e resgate da tradição de revelar bons jogadores. Acredito que deva ser feito um trabalho muito intenso com olheiros e escolinhas, para que cada vez mais, dessa forma sejam recrutados moleques em cada canto do país.

    • Se o flamengo for esperto ele investe no mínimo uns 5 milhões dessa grana do VJR para aperfeiçoar o seu scout. Se achar ao menos um craque, esse investimento inicial já se paga em mais de 10 vezes.

    • Ainda que o Bandeira não ganha títulos por incompetência dos jogadores contratados(criticar geral gosta, mas ninguém lembra da avalanche de gols que os jogadores perdem a cada jogo, o que poderia dar outro rumo na libertadores por ex..) pois o Bandeira pode contratar mas não pode entrar em campo e fazer o gol pelos caras. Enfim que o próximo presidente seja mais eficiente no futebol e aproveite a ótima estrutura deixada pelo BM.

  • Tinhamos que pensar em um ou dois andares a mais nesse projeto da base… Ele podia ser destinado tambem ao nosso time feminino.

    Destinariamos o o primeiro andar para uma area de treino aquatico com piscinas maior, assim como refeitorio maior tambem, e uma sala de descanço, alem de salas para profissionaos de saude e do comando tecnico… Destinaria um dos andares a mais para quartos para as meninas do futebol e outro para recreaçao com grandes salas de jogos.

      • Essa “categoria sem mercado” precisa de ajuda.
        Se o Flamengo não empurrar essa roda, ninguem empurra.

        Estou cansado de ver nossas seleções brasileiras femininas irem bem sem apoio algum dos clubes.

        Temos um material bruto perfeito, somente esperando para ser lapidado.

        PS: Não sei se você sabe, mas agora é obrigatório para os times que jogam a libertadores terem time de futebol feminino.

        A tendência com medidas como essa que foi tomada esse ano, é que o esporte cresça.

        Levando em conta que não quero ganhar rios de dinheiro com o Futebol feminino… O cenario ideal é aquele em que ele se banque!

        Mandariamos os jogos femininos no mini estadio do CT, e os jogos grandes como finais na Gávea.

        • Ela é que precisa se ajudar, temos prioridades que estão anos luz a frente do futebol feminino, agora por curiosidade, já que você gosta tanto de futebol feminino, quantos ingressos você já comprou pra assistir um jogo? Quantas camisas de futebol feminino você tem ? Fazer a roda girar com dinheiro aleio é muito fácil, o Flamengo não tem nenhum dever de empurrar essa roda enquanto os próprios consumidores não estiverem dispostos a comprar o produto, clube não foi feito pra ter prejuízo.
          Sim, eu sei que as confederações corruptas que não investe um real no esporte feminino estão querendo jogar no colo dos clubes essa obrigatoriedade.
          No cenário atual o futebol feminino não se banca, nem as próprias mulheres se interessam por isso, está apenas dando prejuízos para os clubes.

          • Júnior, to falando direito contigo.
            Pra que essa necessidade em querer ter a razão?

            Nao importa se eu gosto ou não, eu quero que o Flamengo seja bem representado e influencie em todas categorias.

            Camisa do futebol feminino? Por que eu teria uma? Ta falando besteira, cara.

            Enfim, essa é minha visão de um clube de sucesso, que esteja inserido em todas modalidades de forma sustentável.

            PS: Você claramente ja tem uma opiniao formada. Não faço questão de muda-la.

            SRN

      • Sei la… Acho que dá pra separar isso direito… Separar entradas. Um andar ficaria inteiro para as meninas. colocar cameras nos corredores, etc…

        Eu acho que nosso incentivo ao esporte feminino é quase ZERO.

        E não venham me dizer que o time Feminino “do Flamengo” é campeão Brasileiro… Aquilo é o time DA MARINHA!

        Quem deveria colher os louros por tais vitórias são eles!

        O Flamengo só empresta a marca.

        Será que esse é o “máximo” que o Clube de Regatas Do Flamengo pode fazer pelo esporte?

        O que voce acha?

        SRN

  • Alguem sabe se temos o planejamento para fazermos uma escola de ensino fundamental e médio no lado esquerdo da entrada do ninho?

    Se nao tem, deveriam pensar na possibilidade.

    Uma escola ali em parceria com algum instituto de ensino privado seria perfeito.

    Cederiamos o terreno e a estrutura para o instituto em questao (predio de uns 5 andares com saida para a rua e uma para o CT exclusiva para os jovens jogadores do Flamengo), eles poderiam explorar o local dando aulas para alunos da região, e não cobrariam mensalidade dos jogadores do Flamengo.

    O clube poderia dar as aulas de educação fisica em algum dos campos ao redor. Poderia tambem trabalhar junto com a direção da escola para cobrar melhores desempenhos nos estudos dos alunos dos times de base.

    Sei que é dificil, mas gosto de pensar no Flamengo como mais que somente um clube.

    Meu sonho é ver esse time mudar a vida das pessoas, não somente por meio do esporte… Mas também pela educação.

    Muitos jovens da base se perdem no caminho para o time profissional e acabam também sem estudos devido ao excessivo tempo dedicado as quatro linhas.

  • Criação de sites e aplicativos para celular