Fla anuncia sua 8° contratação e é o segundo clube que mais gasta no Brasil

O Flamengo anunciou hoje o atacante Geuvânio, que veio do Tianjin Quanjian, da China. É oitava contratação do rubro-negro, fazendo-o assim, o clube que mais gasta no Rio de Janeiro e o segundo que mais gasta no Brasil, cerca de 42 milhões de reais, enquanto o primeiro colocado, o Palmeiras, gastou pouco mais de 71 milhões.

Você lembra quais foram os jogadores e por quanto o Flamengo contratou os reforços para 2017? Veja na listagem abaixo:

• TRAUCO 

Por indicação de Paolo Guerrero, Miguel Trauco foi anunciado pelas redes sociais ainda em dezembro, ao fim do Brasileirão. O lateral chegou para disputar posição com Jorge, que foi premiado como craque da posição no campeonato. Trauco caiu nas graças da torcida após estrear com gol e assistência, no Campeonato Carioca. Chegou sem custos e assinou por 3 temporadas.

• CONCA

Por empréstimo do Shanghai SIPG em janeiro para tratar de uma cirurgia no joelho, o meia argentino Darío Conca só começou a receber do Flamengo quando estreou. Como foi por empréstimo de apenas um ano, o Flamengo não desembolsou nada. Conca estreou no dia 16 de junho, contra a Ponte Preta na Ilha do Urubu.

• RÔMULO

Ainda em janeiro, Rômulo chegou após ele mesmo fazer os trâmites na Rússia, deixando toda Nação rubro-negro de braços abertos para o acordo oficial. O Flamengo não pagou nada ao Spartak Moscou, pois o volante conseguiu rescindir seu contrato. Rômulo assinou por 4 anos.

• BERRÍO

Até então a contratação mais badalada do Flamengo e também a mais cara. Após fazer uma belíssima Libertadores pelo Atlético Nacional, Berrío chegou com status de estrela. Foram semanas de negociação. Detalhe para algo inusitado no jogador: Ele foi eleito o segundo mais rápido do mundo, atrás apenas de Bale. O Flamengo pagou US$3,5 milhões (cerca de R$11 milhões de reais) por 4 anos de contrato.

• RENÊ

Já no segundo mês do ano, em feveireiro, após a saída de Jorge para o Mônaco, chegou para disputar vaga com o também recém chegado Miguel Trauco. Com 24 anos, mesma idade de seu concorrente de vaga, o Flamengo desenbolsou  R$ 3,2 milhões por 50% dos direitos econômicos do atleta ao Sport por 4 anos de contrato.

• EVERTON RIBEIRO

De longe o maior nome do time nesta janela. A negociação começou em janeiro, mas, com o aperto da janela de transferência e jogo duro do clube árabe, o final feliz só pôde acontecer em junho. Everton Ribeiro vem para ser titular absoluto. O Flamengo pagou 6 milhões de euros (cerca de R$ 22 milhões).

• RHODOLFO

Assim como Everton Ribeiro, Rhodolfo vem para jogar o Brasileirão e a Sul Americana. Após a saída de Donatti e a idade de Juan, Rhodolfo vem para ser titular ao lado de Réver ou então para disputar a titularidade com Rafael Vaz. Com 30 anos de idade, custou R$ 1,5 milhão de euros (cerca de R$ 5,3 milhões) aos cofres rubro-negros.

• GEUVÂNIO

Fechando o período de contratação, com nomes medianos para a posição, o Flamengo foi atrás de Geuvânio. Anunciado oficial na manhã desta terça-feira (21), o atacante de 25 anos vem pra disputar espaço com os outros pontos do elenco. O rubro-negro não pagou nada pois o jogador vem por empréstimo de 1 ano e meio.

  • Menguiño no máximo chiega en 11° en Brazileirón 2017.

    • No seu fiofone bundón.

      • Boa kkkk
        Anti maricón!

    • Seu cuzón kkkkkkkk

  • Boas e ótimas contratações.
    Agora só falta jogar bola!
    Começar a ganhar as partidas de forma mais fácil, sem sufoco, principalmente contra equipes medíocres!
    SRN

    • “Começar a ganhar as partidas de forma mais fácil, sem sufoco, principalmente contra equipes medíocres!” — Eis, a grande ironia! Contra times grandes e jogando aberto, o Flamengo em geral até pratica um bom futebol. O ruim é aturar aqueles timecos que não ganham de ninguém, mas quando jogam contra o Flamengo, “fecha a casinha” e saem no contra-ataque como loucos! &:-D

  • O elenco é muito bom e grande, mas tá cheio de peças medianas. Essa diretoria que pensa tanto no capital deveria entender que o melhor investimento que um clube pode fazer é na sua base, que tem uma projeção bem maior e sobe mais barata que jogadores medianos que temos no elenco. O investimento está acontecendo e nossa base vem muito bem, mas desaparece quando chega aos profissionais. Não por falta de qualidade, mas sim de oportunidades. E a diretoria deveria cobrar mais isso. Cobrar ao treinador pra utilizar mais da base, mas fica difícil enquanto o elenco tiver inchado desses jogadores medianos.

    Jogadores como Rafael Vaz, Pará, Renê, Márcio, Gabriel e Damião acabam atrapalhando a transição da base do Flamengo.

    Na zaga, por exemplo, temos o horrível Rafael Vaz (28 anos) na disputa pela titularidade com Juan (38). Enquanto isso o Léo Duarte (20), que é muito bom e seguro, não é utilizado. Vale lembrar que ano passado ele entrou de supetão numa disputa de Brasileirão formando dupla com César Martins, que já é ruim normal, e ainda por cima estava afastado dos treinos. Ainda temos o Dener (20), que é nosso xerife da base e joga muito!

    Nas laterais também é parecido. Pará (31) não é ruim, mas também não enche os olhos. Ainda assim, dificulta a transição do Klebinho (18) pros profissionais, que vem jogando muito há um bom tempo na base. Na lateral esquerda do mesmo jeito. Renê (24) dá pra compor elenco, mas seria muito melhor utilizar o Moraes (19), que fez ótima copinha, assim como o Michael (18), seu substituto quando subiu, que mostrou muita bola nessa Copa do Brasil sub-20.

    Na volância, o Márcio (33) sozinho já dá vários motivos pra sair, mas quando a gente percebe que ele impede que jogadores mais novos e melhores sejam aproveitados, a minha raiva com ele aumenta. Jogadores como Cuellar (24), Rômulo (26) e Ronaldo (20) poderiam ser bem mais utilizados e ainda temos vários bons volantes na base, como Théo e Jean Lucas, além do Hugo Moura e Vinicius Souza (19, 18, 19 e 18, respectivamente).

    O Gabriel (27), assim como o Cirino, dificultaram a vida de Adryan, Cafu, Paquetá, Sávio e T. Santos (22, 21, 19, 20 e 22, respectivamente). E ainda vão subir outros garotos habilidosos que jogam pelo meio e pontas, como Lucas Silva (19).

    O Damião (27) já dificulta a vida do Vizeu (20) há muito tempo e vai começar a dificultar a vida do Lincoln (16) e do Loran (18) também.

    Todos esses meninos da base têm muito potencial a ser explorado e podem trazer muito mais pro Flamengo do que todos esses jogadores que citei, uma vez que já sabemos do que são capazes. Claro que a culpa não é dos jogadores, mas sim do treinador, porém a vida dos meninos sempre será mais difícil enquanto esses jogadores medianos fizerem parte do elenco.

    • Pessoalmente, não engulo essa história de que alguns jogadores “impedem ou atrapalham” os mais jovens. À meu ver, os jogadores da base devem ser conscientizados de que devem lutar por qualquer oportunidade para terem o seu espaço e não simplesmente dispensando jogadores para que isso aconteça. Senão, em momentos críticos não teremos peças para recomposição e a responsabilidade de resultados cairão nas costas dessa garotada! Nesse ano, tivemos um belo exemplo com o M. Sávio.

      Mas por outro lado, eles deveria entrar mais… &;-D

      • Com quase 40 jogadores no time principal, dificilmente vão subir os garotos antes deles estourarem os 20 anos, o que já atrapalha na transição e seu aproveitamento.

        Os garotos são os que mais lutam por espaço nos times, disso pode ter certeza. A vontade de um garoto de 18 anos no treino é muito superior a de um jogador mais experiente, como Gabriel e Damião. Porém muitas vezes a bagagem do jogador conta mais do que as performances nos treinamentos, vide nossos jogos-treino, onde o Adyan sempre dá assistências, mas fica atrás do Gabriel, e o Vizeu sempre faz gols, mas sempre é preterido em virtude do Damião. E isso sempre vai acontecer. Ou você acredita que o Tiago Santos ano passado ia tão ruim nos treinos a ponto de não ser realmente testado no lugar do Cirino ou Gabriel?

        Isso de queimar menino da base era algo que me preocupava num passado recente do Flamengo, mas não mais. Por exemplo Adryan, Mateus do Bebeto, Rafinha e Rodolfo surgiram em momentos onde foram tidos como esperança do clube no ano, principalmente o Adryan. Já hoje em dia, o Vini Jr sobe com um Diego, um Guerrero, Éverton Ribeiro, Conca e vários outros jogadores experientes pra dividir e carregar a maior parte da responsabilidade.

        • Perfeito! Por isso, considero que 30 jogadores seria o número ideal: 11 titulares; 11 reservas imediatos, até 3 jogadores extras (zagueiro, volante e meia) e pelo menos 5 jogadores da base. Mas isso numa época em que disputávamos no máximo 2 ou 3 competições simultâneamente. No momento atual, os times disputam Brasileiro, Copa do Brasil, Sulamericana, Libertadores, 1a. Liga e por aí vai. Complica o planejamento, te obriga a dispor de mais jogadores e os garotos acabam perdendo espaço… &;-D

  • Diñero del pinga para el Verdón.

    • excelente.
      zr vai ter coragem??

      • Duvido

        • só com reza braba

    • Es vero…..questa equipo ai bai tomar una chacoallada del Palmeiras.

    • Sem chances!

    • Com apenas um único volante de ofício? Nem f******! &;-D

  • Galera a radio baiana esta falando que gabriel acertou com o vitoria

    • serio , tem certeza que não e um sonho ?

      • mano saiu tambem no fox duas fontes tomara que seja e que o Bahia também esta travando a negociação

  • Tomara que venha algum China e ofereça uns 40 milhões no Guerrero , se não vender vai sair de graça . Falta trazer o Diego Alves e se vender o Guerrero que venha o Pratto ou Calleri . Para o esquema de jogo do Flamengo o Pratto se sairia melhor , mas teria que pagar caro para tira-lo do SP .

Comentários não são permitidos.