Má fase do Fla abre espaço para Vinicius Júnior e Berrío

O atual momento do Flamengo está longe de ser constante. Com uma vitória, uma derrota e três empates nos últimos cinco jogos, a equipe caiu para a quinta colocação no Campeonato Brasileiro. Com alguns jogadores apresentando altos e baixos, a situação interna atual é exaltar alguns e lamentar por outros. Embora Zé Ricardo queira manter um padrão de jogo, o time vem mostrando fragilidades ao longo das partidas.

Na frente, poucas mudanças. Diego, Guerrero e Éverton Ribeiro não conseguem ser incisivos, tendo que decidir, muitas vezes, na individualidade e talento de cada um. Mas, quando ganham companhia de pontas velozes, como Berrío e Vinícius Júnior, a situação muda. A equipe consegue ser mais objetiva e finalizadora. Para complicar a cabeça do treinador, ainda tem Éverton Cardoso na esquerda, que tem apresentado atuações constantes desde o início da temporada.

A dificuldade de penetração do quarteto titular faz o time abusar dos cruzamentos. Já são 468 “chuveirinhos” na área adversária em toda a competição.

“Quando entrarmos com dedicação, nível de concentração alto, vamos ter voos altos. Mas não adianta ser assim contra o Corinthians e Santos e depois deixar cair. Temos que seguir nesse alto nível”, cobrou o zagueiro Réver.

Diego e Éverton Ribeiro ainda não estão totalmente entrosados
Foto: Gilvan de Souza

Assim, as cobranças recaem mais sobre Diego. Principal jogador do time, o meia não vem bem. Perdeu pênalti contra o Palmeiras e uma chance de gol clara diante do Corinthians. Vice artilheiro do time na temporada com 10 gols, atrás apenas de Guerrero, o camisa 35 não marca há cinco jogos.

Na frente, o camisa 9 também não tem sido constante, com atuações que beiram a perfeição e outras totalmente apagadas. Nesta gangorra, Rafael Vaz é massacrado pela torcida, entrando Juan em seu lugar. A dupla de volantes não funciona, e o treinador opta por colocar Willian Arão, deixando o contestado Márcio Araújo no time titular. De positivo apenas que o Mais Querido tem peças de reposição, mas falta encontrar os 11 iniciais.

Tragam Vinícius Júnior e Berrío

Berrío chegou no início do ano, contratado junto ao Atlético Nacional-COL, por cerca de R$10 milhões. Já Vinícius Júnior é cria da base, e recentemente foi envolvido na maior transação da história do futebol brasileiro, ao ser vendido para o Real Madrid-ESP por 45 milhões de euros (R$167 mi). O que os dois têm em comum? Quando entram, mudam a partida.

A joia rubro-negra tem 12 jogos com o manto sagrado. Ainda não marcou gol, mas consegue ser decisivo. Contra o Corinthians, quase conseguiu uma assistência para Guerrero, após fazer grande jogada pela ponta esquerda. No confronto diante do Coritiba, sofreu o pênalti, convertido por Éverton Ribeiro, que deu a vitória ao Flamengo.

Já Berrío demorou a cair nas graças da torcida. Depois de um início ruim, onde se precipitava na conclusão das jogadas, o colombiano foi crescendo. Não ficando restrito apenas à velocidade, tem buscado tabelar e finalizar melhor. Não à toa, já marcou seis gols e distribuiu três assistências em 29 partidas.

Devido ao alto nível de investimento em Éverton Ribeiro, a importância tática de Éverton Cardoso e a idolatria de Diego e Guerrero, os dois dificilmente vão conseguir estar entre os titulares. Porém, para alento dos flamenguistas, quando Zé Ricardo olhar para o banco de reservas, pode encontrar soluções para os problemas recorrentes do time: falta de criatividade e objetividade.

Veja mais:

Fla precisa vencer próximos dois jogos para atingir meta

Conca evolui e deve ter chances na Copa Sul-Americana

Lucas Paquetá pode estar de saída para o futebol espanhol

Felipe Melo confirma áudio e diz que propostas só do futebol turco

 

Veja também

  • Aê, o que o jumento do ZR tá esperando pra colocar o Berrío de titular? O negão tá jogando demais.

  • Ces tão de brinca colocando o Diego no banco, sem comentários.

    Enquanto isso caramujo vai batendo recordes de partidas jogadas.

  • o que eu acho é o que time do flamengo é mal equilibrado tem 2 meias que percorrem o campo todo, mas poucos jogadores de movimentação/infiltração que receberão essas bolas, até pq geralmente estão isolados nas pontas ou marcando lateral…

  • agora me diz qual foi a melhor fase que não me lembro, ano de 2017 so foi incostacia

  • Está mais claro que água so ZR não vê. Tira um dos volantes coloca ER7 ao lado de Diego e Berrio na ponta e está resolvido o problema de criatividade do time. Já Na defesa vamos excluir de vez o Pará e Vaz, com essas mudanças só iremos depender de alguns tropeços dos gambás que ocorrerá naturalmente e estaremos rumo a mais um título brasileiro.

  • A dificuldade de penetração do quarteto titular faz o time abusar dos cruzamentos. Já são 468 “chuveirinhos” na área adversária em toda a competição.

    Acho que até o fim do campeonato conseguiremos a marca de 1000 “chuveirinhos”. Essa foi a exigência da Lorenzetti para fecharmos um contrato milionário!!!
    #forazéricardo

  • o fla tá sofrendo por dois motivos, na minha opinião: 1) time mau treinado por um técnico que não tem o mesmo nível do elenco, não cnseguiu ainda agrupar o sistema defensivo com o meio de campo, muito buraco em campo; 2) o campeonato vem sendo nivelado por baixo, tanto é verdade que aquele time feio do corintians tá invicto e o que é pior Jô (gente do céu) artilheiro do campeonato (quando foi que o Jô jogo bola na vida). Olhem o time horroroso do botafogo, aquilo é futebol? dá pancada o jogo inteiro, toma a bola no campo de defesa, depois sai em correria no contra ataque (contra qualquer time que quer jogar bola ir ao ataque e não tiver uma estrutura razoavel defensiva toma gol direto). Veja o que ocorreu com o Galo (assim como o fla e ao palmeiras, ainda tá tentando se montar e não tá conseguindo, porque roda muito o elenco e assim não consegue dar padrão de jogo), e tem que rodar sim quem tem elenco, porque são varios campeonatos pra jogar ao mesmo tempo. Quem não tem elenco vai sofrer a partir de setembro com as lesões. Aguardem o que vai aconrtecer com o Corintians e o gremio no segundo turno. Corre risco de perder jogador (no caso do Gremio Luan e se sair ai acabou o Gremio), vai perder jogador com lesão por estres porque não tem elenco, principalmente a partir do recomeço da libertadores. Veja o Santos tá na frente do fla porque nos ultimos jogos pegou mais time fraco. Isso quer dizer que a reta final do campeonato é favorável a ele. Mas também não vai aguentar o ritimo, não tem elenco.

    • O que falta pro Flamengo é isso mesmo. Bater ate na mãe, nao vejo ninguém parando contra ataque com falta. Botafogo mete a porrada sempre quando é ameaçado. Coisas do jogo. Nao tem um porradeiro ali na volancia. Marcio Araújo nao faz falta,com medo de tomar cartão, a nao ser quando da bote bobo. Falta malícia e malandragem.

  • Diego é banco , caiu muito de produção, não tá nem correndo mais no campo.

  • um time começa pel banco meu amigo, se o que tá no banco (técnico) começa a fazer merda do lado de fora, a merda vai feder dentro de campo.

  • será que o pessoal do fla bebe cachaça. O problema do fla não pode ser corrigido com Berrio e VJ. É tão claro, que o problema do fla é o sistema defensivo, defesa fazendo linha burra, treinada por um burro. Todos sabem que defesa em linha, ainda mais com 2 zagueiros lentos, e 2 laterais que mais sobe do que marca, é suicídio. Só pode ser brincadeira quem não vê isto, defesa corendo atras do atacante todo jogo e tomando gol da mesma maneira. É muita burrice.

    • Não vejo o Fla fazendo linha burra, vejo o time jogando posicionado com marcação alta em linha, só que com dois volantes a frente não era pra sofrer tantas bolas enfiadas entre os defensores. Na minha opinião (e ai cada um tem a sua) vejo o time mal treinado e com jogadores com a qualidade ofensiva q o Fla tem os defeitos aparecem muito mais, vide a qtde de chuveirinhos que o time pratica sendo que só o Guerrero tem alguma altura que incomode a defesa, claro que vamos fazer alguns gols afinal mais de 400 bolas levantadas é claro que vamos acertar poucas mas deveríamos ter mais triangulações por jogo só que quando a bola vai para o lado do campo os jogadores já correm para a área e por incrível que pareça isso é um pedido do Zé conforme visto em imagens dos treinos. Como sou crítico do Zé desde sempre, acredito que Fla só vai subir um degrau qdo se livrar dele.

  • 4-1-4-1
    Diego alves
    Rodinei,rodolpho, rever e trauco
    Volante
    Berrio, er, diego, everton
    Guerrero.
    Com berrrio e everton jogando a 150%
    Segundo tempo o entra geuvanio e sai berrio. Sai trauco entra o vj. Everton vai pra lateral e vj pega a ponta.
    Dependendo de como esteja o jogo. O conca entra.

    • Ainda colocava Everton na lateral
      Íamos tomar muitos gols mas iríamos fazer muito mais

Comentários não são permitidos.