Após falhas e desconfiança da torcida, Muralha encara ‘jogo da vida’ contra Cruzeiro

Alex Muralha chegou ao Flamengo no início de 2016. Vindo de uma boa temporada com a camisa do Figueirense, foi contratado para ser reserva de Paulo Victor. Com a lesão da prata da casa, aliado à efetivação de Zé Ricardo como técnico do time profissional, Muralha ganhou moral, teve atuações seguras e, como brinde, foi convocado para a seleção brasileira.

No entanto, 2017 não começou como terminou 2016. O goleiro passou a demonstrar insegurança, falhando em jogos decisivos. Sem se preparar para uma queda técnica do arqueiro, o Flamengo teve que apostar no jovem Thiago para a posição. De titular absoluto, Muralha foi para a reserva, sendo criticado constantemente pelos torcedores.

Mas, os Deuses do Futebol deram mais uma chance para o camisa 38. Com a lesão de Thiago e com Diego Alves não sendo inscrito na Copa do Brasil, Alex vai ter as chances de dar a volta por cima. Será o goleiro titular na finalíssima do torneio, contra o Cruzeiro. Neste confronto, fará a 75ª partida com o manto sagrado.

Para este embate, o arqueiro tem recebido diversas manifestações de carinho, tanto dos companheiros de equipe, quanto de torcedores, que se uniram em torno do jogador. Eles entenderam que não é momento para críticas.

“O Muralha é um grande goleiro. Não temos dúvidas dele. Temos muita confiança nele. É uma decisão e todo mundo quer estar em campo. E Muralha nos passa segurança. É um grande goleiro. Por mais que não tenha jogado muitos jogos recentemente, sempre está se preparando. Para nós, é uma honra tê-lo”, afirmou Paolo Guerrero, em entrevista coletiva.


Veja mais:


Nesta quarta-feira (27), às 21h45, Alex Muralha entrará no Mineirão para defender a meta flamenguista. Ele e 40 milhões de torcedores estarão juntos. Uma boa atuação, seguida do título, pode marcar a volta por cima do atleta. Contudo, uma eventual falha e a perda do troféu pode significar o fim da história do jogador no clube mais popular do Brasil.

Veja também

  • Muralha tem falhas, mas vai ser o goleiro da final. Não o vejo um horror, mas mediano. Vamos ser justos. Agora o que fizeram foi sacanagem e ele ficou muito abalado emocionalmente, e sabemos que a autoconfiança é tudo para se ter sucesso na vida. Vamos apoiar claro e com muita força, e espero um jogo “brigado”, que o time entre focado e faça o jogo da vida. Sou mais Mengão.

    • Depois, reclamam do Bandeira em defender os seus “protegidos”! &;-D

      • Ednei…uma coisa é defender em questões como o caso do jornal Extra, que ridicularizou o atleta, ai OK, mas dar uma declaração na ocasião “geral” dizendo que protege os “perebinhas” é que pegou mal. Deu a entender que os caras entravam por “privilégio” e não por mérito. Eis a questão. E na ocasião BM não negou, nem veio a público falar nada….são contextos bem diferentes a meu ver, concorda? SRN.

        • “Deu a entender que os caras entravam por “privilégio” e não por mérito. Eis a questão. E na ocasião BM não negou, nem veio a público falar nada.” — Exato! Mas a questão é que a mídia e os torcedores SEMPRE buscam interpretar o discurso de acordo com os seus interesses. Por exemplo, esse ano estão metendo o malho no desempenho ruim dos times reservas. Ano passado, o Zé Ricardo foi malhado por colocar jogadores “queridinhos” na fogueira ao escalá-los em time misto… &;-D

  • Muralha vai fechar esse gol quarta feira! 2 a 0 categórico, Guerrero e Diego, para dar a guinada rumo aos títulos esperados. Hj é terça, amanhã é quarta e quinta vou amanhecer campeão outra vez! Amém!

    • Boa. Tamo junto. SRN.

Comentários não são permitidos.