Biografia de Carlinhos Violino será lançada na próxima semana

Ídolo como jogador e como técnico, Carlinhos, o Violino ganha biografia: “Carlinhos Violino: um maestro do meio campo rubro-negro”, do jornalista Renato Zanata e do historiador Bruno Lucena. O prefácio é do maior ídolo do Flamengo, Zico.

O lançamento acontece na próxima semana, no Rio de Janeiro. Mais conhecido pelo seu trabalho como treinador com dois títulos brasileiros (1987 e 1992), três campeonatos cariocas (1991, 1999 e 2000) e da Copa Mercosul (1999), último título internacional do Flamengo, a obra foca na carreira de jogador. Vestindo o Manto Sagrado, Carlinhos foi campeão do Torneio Rio-São Paulo (1961) e bi campeão Carioca (1963 e 1965).

Foi um líder que brilhou no Flamengo numa época em que dividia o campo com craques como Gérson, Pelé, Garrincha e Tostão“, destaca Zanata, um dos autores da obra.

Lançamento:

Data: 25 de setembro
Horário: 19 horas
Local: Livraria da Travessa
Endereço: Visconde de Pirajá, 572 – Ipanema

Sinopse

Carlinhos tinha 20 anos quando foi titular do Flamengo em 13 de abril de 1958. O ano marca o início da trajetória desse meio campo que jogava com tanta elegância e sensibilidade que ganhou o apelido de “Violino”. Seria então Carlinhos Violino, o maestro rubro-negro sucessor do grande Dequinha. É a história em campo desse jogador excepcional, a quem Zico sucedeu, que Renato Zanata e Bruno Lucena contam em livro, com prefácio do próprio Zico e orelha do canhotinha de ouro Gérson. Da estreia com a camisa rubro-negra em 1958 até a despedida do campo em 1970, os autores relembram os principais momentos das grandes partidas disputadas por Carlinhos. Um livro para ler e guardar na estante como uma referência e – por que não? – uma reverência ao maestro Carlinhos Violino.

Dados do livro:

Título: CARLINHOS VIOLINO: UM MAESTRO NO MEIO-CAMPO RUBRO-NEGRO
ISBN: 9788589335478
Idioma: Português
Encadernação: Brochura
Formato: 16 x 23
Ano de edição: 2017
Edição:

Capa do Livro. Imagem: Divulgação

Veja também

  • Maestro ! honrou o manto e merecia uma estatua na Gávea.
    Eu tenho uma foto da qual seria a sua ultima partida (não sei se é verdade), em que ele tira a sua chuteira e dá para um menino, e este menino vinha a ser o Zico.
    Descanse em paz e que a sua historia seja passada de pai para filho e que nunca sejas esquecido. SRN

  • MESTRE CARLINHOS. UM DOS MAIORES MEIAS DA HISTÓRIA DO FLAMENGO. ESSE HONROU O MANTO COM MESTRIA.
    TÉCNICO INCONTESTÁVEL. CONQUISTOU QUASE TUDO PELO FLAMENGO.
    ONDE ESTIVER ESTÁ BRILHANDO COM SEU JEITO TRANQUILO DE SER.

    EU O REVERENCIO MAESTRO E MESTRE CARLINHOS !
    SAUDAÇÕES RUBRO NEGRAS!

Comentários não são permitidos.