Gabriel Batista fala sobre trajetória no Fla: “Sonho de criança vestir essa camisa”

A longa e forte tradição de formar atletas conquistada pelo Flamengo não é à toa. Entre tantos nomes que já saíram das categorias de base do Mais Querido, grandes goleiros também tiveram passagens marcantes. É por esse caminho que Gabriel Batista quer seguir.
Aos 19 anos, o jovem arqueiro chegou ao clube em 2014 e começou a traçar seu caminho em busca de oportunidades. “Comecei no futsal e acompanhava meu pai nas peladas. Em certa oportunidade, um clube de Niterói estava precisando de um jogador de 1998 e assim comecei a jogar mais disputando competições. Aos 12 anos cheguei ao Audax, fiquei por lá na época de Mirim e consegui ser campeão. Em 2012 passei um ano sem jogar por conta do colégio, retornando depois para o Carioca Sub-15”, explicou Gabriel.
“Estou no Flamengo há três anos e meio, cheguei com quase 16. Joguei a Copa Rio e tive um bom desempenho logo no primeiro ano de Sub-17, quando também cheguei à Seleção. Ir ao Mundial foi a realização de um sonho. Pelo clube, participei de três Copinhas e fui campeão em uma, chegando perto em outra. A próxima Copa São Paulo será minha última e espero ser campeão novamente”, analisou o Garoto do Ninho.
Assim como outros jogadores formados nas categorias de base, Gabriel Batista ganhou a oportunidade de treinar com a equipe profissional no início do ano e estar presente em importantes duelos, incluindo a grande final do Estadual 2017.
“Tive a realização de voltar da Copinha e começar a treinar com o profissional, conquistando o Campeonato Carioca com eles. É gratificante pois todo jogador sonha em vestir a camisa da Seleção e de uma grande equipe Pude chegar ao time principal do maior clube do Brasil cedo. Temos a maior torcida do país e a pressão é enorme. Tentamos sempre buscar o melhor e tenho certeza que faço tudo para representar bem esse Manto. É um sonho de criança vestir essa camisa, então vou honrá-la até o fim”, concluiu o goleiro.
Os Garotos do Ninho seguem em preparação para os próximos desafios da temporada, que incluem a Torneio Otávio Pinto Guimarães (OPG) e a Copa RS. Além disso, a equipe Sub-20 já trabalha visando a próxima Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Fonte: Flamengo Oficial

Veja também

  • Se é da base tá fudido, dificilmente terá chances reais, vai acabar sendo queimado ou emprestado até se tocar que não será aproveitado
    Pra mim o melhor de todos os Goleiros é o César, infelizmente muito mau aproveitado em um passado recente
    E por citar o nome Gabriel…. e o nosso grande Gabriel peteleco, que jogador heimmm

  • Tem que sumir com esse preparador de frangueiros antes que ele queime outro bom jogador.

  • com esse péssimo treinador de goleiro nossos arqueiros estão ferrados.

Comentários não são permitidos.