Coluna do Torcedor: “Não há falta de raça no Flamengo”

A essa altura da temporada, é praticamente dispensável afirmar que o Flamengo não consegue – nem de longe – corresponder às expectativas criadas no início da temporada, que cresceram ainda mais após a chegada de jogadores como Everton Ribeiro e Diego Alves.

Dentre os principais problemas apontados pela torcida (que tem todo o direito de se irritar com a equipe), está a ‘raça’, ou melhor, a falta dela, porém, creio que esse não é o grande fator que impede o crescimento da equipe.

Analisando peças do elenco, temos jogadores como Diego Alves e Everton Ribeiro, supracitados, Everton Cardoso, Cuéllar, Réver, Diego Ribas, Guerrero, Berrío… Refletindo friamente, é possível dizer que esses são atletas que não se dedicam e fazem o máximo entre as quatro linhas? Creio que não!

Apesar de discordar que o grande problema seja a ‘falta de raça’, creio que em alguns momentos ela, de fato poderia fazer a diferença, mas o grande ‘demônio’ da equipe atualmente é, claramente, o psicológico. Existe raça, existe vontade, mas isso só tem levado o Flamengo a desespero e vexames sequenciais.

Satisfeito com o Fla, somente os adversários estão, mas nós rubro-negros devemos cobrar pelos fatores e motivos certos, para que haja evolução!

SRN, Higor Neves


Quer ter seu texto/análise postado em nosso site? Envie através do email: redacao@colunadoflamengo.com

Veja também

  • Falta motivação, o Flamengo contratou jogadores já consagrados e sem muitos desafios na carreira, ricos, que não precisam mais provar nada pra ninguém, tipo Geovânio, Conca, Guerrero, Everton Ribeiro, etc.

    Outros de técnica limitada, como Márcio Araújo, Vaz, Gabriel, Berrío, Pará. Rodnei, Renê.

    E alguns poucos que deram certo, como Diego Alves, Diego Ribas, Arão e Everton.

    O Flamengo precisa mudar a estratégia. Por uma questão financeira, a famosa “oportunidade de mercado”, contrata medalhões em baixa e quer que eles joguem o que jogaram 5, 6, 10 anos atrás.

    Tem que demitir aquele centro de inteligência e contratar profissionais competentes que descubram jovens talentos com vontade de crescer por este Brasil afora.

  • Falta de técnica!

  • O problema é falta de competência.
    ER e Berrío perderam gols fáceis ontem.

  • Antes o Flamengo da época de Paulinho , Jailton , Toró , Williams , Airton , etc… eram times que demonstravam raça e quando perdia a imprensa caia de pau dizendo que só raça não ia ganhar jogo que faltava técnica ao Flamengo. Hoje o time é caracterizado pela imprensa como um time técnico mas sem raça , aí eu te pergunto. O time do Real Madrid joga com raça? Alguém vê o Modric ou o Kroos dando carrinho?
    O problema do Flamengo é disciplina tática , o time em campo é um bando , não se vê aproximação pra triangulações , os pontas só sabem correr não possuem habilidades pro drible e os laterais são fracos tecnicamente.
    Quer que o time jogue com raça? Então faz igual o Botafogo ,contrata jogadores de Chapecoense , America MG , Palestino … Isso mesmo jogadores de times pequenos que querem alguma coisa ainda no futebol.

    • Falta competência ao ataque, este esquema 433 não funciona,nem sua variante 4231, deixa os pontas e laterais mortos de cansados, monte de bola na área, pouco aproveitamento, sempre as mesmas substituições.
      Todos times já manjaram este esquema de posse de bola inócua, muitas vezes do meio para trás.

    • Falta técnica, qual assistência o Verton, W.Arão e Guerrero fizeram nos últimos jogos e na Libertadores?

  • Fernando Gonçalves e Victor Hugo.
    A torcida de algum time sabe o nome dos seus preparadores de goleiros e psicólogos ?
    A do Fluminense e do Botafogo sabiam na época que o Victor Hugo estava por lá (só ficou lá 1 ano e meio)

    Só no departamento de futebol do Bandeira, que profissional ruim ganha estabilidade e proteção. Pode dizer que as gestões anteriores eram ruins, porém, quando um jogador era questionado ele geralmente saia no ano seguinte, e nunca tivemos preparadores questionados.

    Nunca uma diretoria foi tão displicente com o futebol e peitou tanto o torcedor como agora.
    Eu não faço questão de torcer, mas faço questão que minha vontade como torcedor, seja levada em consideração .
    Fora Bandeira, até a Patty era melhor !

  • Arrego hein

  • Pro ano que vem, trazer dois laterais, Pará é fraco demais, e Trauco é lento pra posição. Um volante de alto nível, pra barrar de vez esse tal de Arão, que anda em campo, e um goledor.

    • Exatamente!!
      Acho que as algumas pessoas superestimão esse tal de Arão, ele é apenas um pouco melhor que m.araujo. nada demais…

    • Acrescenta ai um Ponta de fato efetivo e driblador e um centroavante goleador minhas sugestões seriam Bruno Henrique do peixe e Gignac do Tigres Mex.

Comentários não são permitidos.