fbpx

Sula ou Brasileirão? Fla divide atenções para salvar o ano

Foco na Copa Sul-Americana para conseguir um título, ou jogar tudo no Brasileirão para terminar entre os quatro primeiros? No Flamengo, oficialmente, a opção é nem uma, nem outra. O foco é total nos dois torneios, que garantem vaga na Libertadores de 2018.

Pela Sula, o Mais Querido encara o Fluminense, na próxima quarta-feira (02), pela volta das quartas de final. Como venceu a partida de ida por 1 a 0, joga pelo empate. A conquista, no entanto, poderia “salvar” o ano e trazer alívio para o início da temporada 2018, além de dar a vaga diretamente para a fase de grupos da Liberta.


Veja mais:


Já no Campeonato Brasileiro, o rubro-negro é sétimo colocado. Precisa ter um belo aproveitamento nas sete partidas que faltam para conseguir alcançar o G-4 e conseguir uma vaga direta na competição continental. Se perder a Sula e terminar em sétimo, consegue apenas a classificação para a fase Pré-Libertadores.

Externamente, o pensamento é dar foco nos dois torneios.

“Temos dois caminhos de buscar a vaga na Libertadores e iremos com força total nesses dois caminhos. Demonstramos vontade de vencer contra o Vasco. Não vamos priorizar nenhuma competição. Temos o privilégio de ter duas opções ainda”, afirmou Diego, após a partida contra o Vasco.

E você, torcedor? Acha que o Flamengo tem que focar nas duas competições, ou dar preferencia em apenas uma? Deixe sua opinião nos comentários!

11 Comentários

  • Do fundo do coração, espero que o responsável pelo planejamento do futebol em 2017, que permitiu a saída do Damião, mesmo não podendo inscrever mais ninguém na Copa do Brasil, que permitiu a saída de Paulo Vitor, pegador de pênaltis, mesmo com a péssima fase do “Muralha”, seja defenestrado do clube. Trata-se de um incompetente e irresponsável. Isso não acontece nem na várzea. Paulo Vitor estava embirradinho por causa da reserva? Estava. Mas a função do gestor é sentar à mesa e mostrar que o cara será útil em algum momento, que o clube tinha várias competições ao longo do ano e que a reserva, no momento em que ele era questionado pela torcida, até seria bom para ele.
    Não sei se é culpa do Rodrigo Caetano, mas o Vice de Futebol tinha a obrigação de enxergar essa mega idiotice.

    • Sim, mas também não entendo o porquê de ele ficar tão cheio de coisa com a reserva, já chegou no Grêmio esquentando banco, só joga quando tem jogo da Libertadores logo depois. Ano que vem dificilmente vai jogar lá também.

    • Leandro Damião? fala serio ne, Paulo Vitor (esqueceu que colocaram o apelido nele de mão de alface?) Paulo Vitor tambem ja estava em ma fase quando foi pro banco aqui e nao pegava penaltys a um bom tempo, e Leandro Damião este então ficou aqui um ano para fazer quantos gols?

      Acho que quem faz o planejamento do clube, tem que primeiro fazer uma limpa nesta comissão tecnica (Mozer, Jayme e Vitor Hugo) estes três são totalmente dispensaveis.
      O que eu considero um erro de planejamento é emprestar o Cesar a uma ferroviaria no inicio do ano pedir ele de volta e ele ser a terceira opçao, qual a logica disto? nao era melhor voltar a empresta-lo para outra equipe da serie C ou D?

  • Vamos por etapas, o ano ja foi perdido ou alguém acredita que ganharemos o brasileiro, eu não, pois vejo um time de perdedores e sem vontade e acovardado, quando perdeu a copa do brasil ali foi a ultima chance de salvar o ano. A sulamericana nao é o tirulo almejado e so tornaria menos vexaminoso o ano

  • Criação de sites e aplicativos para celular