De Prima: “Após ida à Conmebol, presidente do Fla tem reunião com secretário de Segurança”

Depois de ir à Conmebol para o sorteio da Libertadores e, de quebra, ter um papo com o presidente da entidade, Alejandro Domínguez, sobre a confusão na final da Sul-Americana, o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, vai se encontrar nesta quinta-feira com o secretário estadual de Segurança do Rio, Roberto Sá.

“Já fomos aos Ministério Público, vamos continuar perseguindo uma solução definitiva para isso”, disse Bandeira, referindo-se à reunião de segunda-feira passada.

Bandeira assegura que o encontro com o secretário não será para apontar o dedo para as falhas da polícia.

“Vamos conversar, discutir o assunto, mostrar o que o Flamengo fez e tentar, principalmente nesse caso, colocar o Flamengo inteiramente à disposição para evitar tragédias como essa. o propósito da reunião é construtivo”, pontuou o dirigente rubro-negro, que deixou a Conmebol satisfeito com a conversa que teve com o presidente.

“Foi uma conversa boa. Fui apresentar a versão do Flamengo. Ele é uma pessoa educada. Acho que eles entenderam a delimitação da responsabilidade de cada um. Tenho certeza que isso vai ser levado em consideração”.

O presidente do Flamengo não condenou Alejandro por citar, no discurso feito no sorteio, a necessidade de combate à violência nos estádios.

Fonte: De Prima/Lance

Veja também

  • Foi la,e perguntou quando ele pagou pra para o juiz operar o Flamengo,bananinha de Melo,vc perguntou a Conmebol oque ela deu 300 ingressos aos argentinos no setor destinado aos flamenguistas?trouxa o Flamengo foi roubado e a culpa é nossa?vai papai Noel de Melo…o presidente mais bobão da história do Flamengo,preparen-se esse ano vamos ser roubados como sempre na libertadores….

  • Jogar fora do Rio vai ser melhor ainda, melhor punição aos babacas q prejudicaram o clube..

    • A NAÇÃO não se resume a 20 mil vandalos

  • Isso, Banana de Mello… é preciso agir nos bastidores se quiser amenizar essa situração.

    • seu otario

Comentários não são permitidos.