Caetano não descarta Renato Gaúcho no Flamengo

O final do ano rubro-negro não foi como desejado. Com nenhuma contratação, sem nenhuma dispensa e muita especulação sobre Reinaldo Rueda sair e 2018 já começou com o agora técnico da seleção chilena comunicando sua saída do clube.

Apesar do Flamengo ter agido rápido e anunciado Paulo Cesár Carpergiani como treinador da equipe, muitos torcedores desejavam outro técnico. Seria Renato Gaúcho, que afirmou, no Jogo das Estrelas promovido por Zico em dezembro no Maracanã, ter sido procurado pela diretoria do Mais Querido em meados de 2017.

 – O Flamengo me procurou há uns quatro meses, mas estava envolvido em várias competições com o Grêmio. Não me procuraram agora em dezembro, mas a minha hora de treinar o Flamengo vai chegar.-, disse Renato.

Já o diretor de futebol do Fla, Rodrigo Caetano, em entrevista para a rádio Bandeirantes de Porto Alegre, elogiou o amigo de longa data Carpegiani. Porém, deixou em aberto a possibilidade de Portaluppi assumir a equipe carioca.

– Todo grande clube do futebol brasileiro tem interesse no trabalho do Renato Portaluppi. No momento, não está na nossa cabeça tirá-lo do Grêmio, até porque tem contrato com o clube. Ele sempre foi bom técnico, gerencia bem seus jogadores, tem uma comissão técnica competente, além de ser uma figura humana espetacular. Se o Renato Portaluppi estiver livre no mercado, afim de trabalhar no Flamengo e o clube desejar, será muito bem-vindo.-, disse Caetano, que prosseguiu elogiando o atual técnico do Fla.

– Depois que trabalhei com o Carpegiani no RS Futebol, nunca mais tivemos a oportunidade de trabalhar juntos. Será uma honra. Além de um grande profissional, é muito amigo . Ele é muito identificado com o Flamengo. Tem experiência e amplo conhecimento. 

Já Carpegiani, em sua entrevista coletiva de apresentação, explicitou que o intuito era assumir o cargo de coordenador técnico, deixando em aberto a monitoração ao mercado e a captação de um novo treinador.

– Hoje sou o treinador do Flamengo. Existe um projeto. Sentamos e conversamos. Hoje sou o treinador, mas não está afastada a possibilidade de se encontrarmos uma pessoa e tivermos um consenso, entrar no meu lugar depois.-, disse o comandante.

Paulo Cesár Carpegiani tem contrato até 31/12/2018, mas a intenção, ao menos do comandante da equipe, é deixar a pasta assim que surgir um grande nome no mercado, para então assumir em definitivo o papel de coordenador de futebol do Flamengo.

3 Comentários
Carregando comentários...
Criação de sites e aplicativos para celular