GE: Varejão leva a melhor em duelo contra Leandrinho, e Flamengo atropela o Franca

Mais de duas mil pessoas compareceram ne esta quinta à Arena Carioca 1, no Parque Olímpico. Mais do que um duelo entre dois dos principais times do NBB, Flamengo e Franca, o jogo marcava o reencontro do pivô Anderson Varejão, hoje no Rubro-Negro, e do ala Leandrinho, atualmente na equipe paulista. Os dois foram rivais por muitos anos na NBA e parceiros de seleção brasileira. Antes do confronto, Leandrinho desafiou Varejão. Mas foi o camisa 17 do Fla que levou a melhor e ajudou seu time a atropelar os visitantes no Rio de Janeiro por 86 a 66.

O jogo

O Fla abriu com Varejão. Leandrinho errou duas vezes. Na bobeira do 17 rubro-negro em seu garrafão, Gruber cravou. Olivinha fez. Após bola de Marquinhos, Anderson marcou de costas e contabilizou em lance livre. Faltando 5m07, Marquinhos foi bloqueado por Leandrinho e caiu feio, mas levantou rápido. Em linda finta, Varejão deixou para Olivinha converter mais dois. Marquinhos, de três, ampliou. Tanto Leandrinho quanto Varejão saíram. JP fechou em 18 a 6 para o Rubro-Negro.

No 2º quarto, Varejão e Leandrinho iniciaram no banco. Marquinhos fez. Antonio respondeu. Rhett marcou para o Fla. O 19 do Franca voltou à quadra e acertou chute curto. Cubillan levantou a galera com bola de três. Jefferson também fez dessa forma. Só que Rhett, dois pontos, e Marcelinho, com chute fora do garrafão duas vezes, ampliaram. Rhett brilhou ao enterrar em ponte aérea. Faltando 38s, Varejão voltou e de cara pegou um rebote. A parcial acabou 43 a 20 para o Fla. Um passeio.

Marcelinho acertou de cara na 3ª parcial uma bola de três e ainda fez um lance livre. Cubillan fez de três. Leandrinho respondeu de fora do garrafão. Jefferson marcou uma vez na linha de lance livre, e Jefferson, duas. Olivinha deu troco dentro do garrafão. Ele, aliás, era o destaque do Fla, tendo chamado a atenção com cinco rebotes e seis pontos só nessa parcial. Rafa Luz fez o mesmo. Mas o Flamengo administrava bem sua vantagem e ouviu sua torcida gritar “olé” no fim do terceiro quarto. O placar ficou em 64 a 38.

Léo abriu para o Franca. Ramon respondeu com chute curto e bola de três. O time paulista chegou rápido a cinco faltas. Os mandantes aproveitavam nos lances livres. Leandrinho entrou e acertou chute curto. Ainda fez mais quatro pontos na linha de lance livre. Foi muito vaiado. Varejão voltou no lugar de Rhett e contribuiu com chute curto e dois lances livres feitos Marcelinho fez de três. Estava bem também no garrafão, salvando rebotes. Olivinha foi aplaudido ao se jogar para salvar bola e ao acertar de três depois. A torcida gritava “olé”. Placar final de 86 a 66 para o Fla.

Escalações:

Flamengo: Cubillan, Marquinhos, Ronald Ramon, Olivinha e Anderson Varejão. Suplentes: Rhett, Mogi, Marcelinho Machado, Pilar, JP Batista, Arthur Pecos e João Vitor. Técnico: José Neto.

Franca: Mineiro, Coelho, Leandrinho, Gruber e Léo. Suplentes: Alexey, Antonio, Pedro, Cipolini, João Pedro, Jefferson, Didi e Rafa Luz. Técnico: Helinho.

Próximos compromissos:

O Flamengo mal terá tempo para descansar no Novo Basquete Brasil. A equipe rubro-negra encara o Bauru neste sábado, às 14h (de Brasília), em novo duelo direto na parte superior da tabela. Já o Franca vai voltar a atuar no dia 18 de fevereiro, domingo, contra o Minas Tênis Clube, às 11h (de Brasília.

Reprodução: Globo Esporte

Veja também

  • Eita coluninha mal escrita. O titulo evoca comparação entre os dois e o texto é um resumo mal feito do jogo.

    Alguem tem os stats comparativos dos dois jogadores ? Pontos, Rebotes e Assistencias ?

    SRN

  • Quem dera o elenco de futebol do Flamengo tivesse 50% da raça do Olivinha.

    • Vdd

Comentários não são permitidos.