GE: “Efeito Vinicius: paciência é exemplo para Fla confiar em sucesso de Marlos Moreno”

Paciência e confiança. Desta maneira, o Flamengo segue apostando em Marlos Moreno na vaga de Vinícius Jr enquanto aguarda com otimismo o desfecho da negociação com Vitinho.

Na derrota para o São Paulo, o colombiano foi substituído, segue sem completar 90 minutos com a camisa rubro-negra, mas a tendência é que seja mantido para o clássico com o Botafogo. E o próprio jovem que será apresentado nesta sexta pelo Real Madrid é uma das justificativas para insistência.

Internamente, a avaliação é de que Marlos tem se mostrado mais à vontade e adaptado ao dia a dia no Ninho do Urubu e só uma sequência de jogos o fará reencontrar o futebol que o transformou em destaque do Atlético Nacional, há dois anos, e fez com que o Manchester City investisse 10 milhões de euros. De perfil introspectivo, o estrangeiro de 21 anos ganhou pontos durante a parada para Copa do Mundo não somente pelo desempenho nos treinos.


Marlos não joga 90 minutos desde novembro do ano passado. Último gol foi pela Colômbia, na Copa América Centenário, em junho de 2016


A desenvoltura no convívio com os companheiros despertou um novo colombiano nos bastidores, aumentando também o otimismo em um jogador mais confiante com a bola nos pés. Desta maneira, uma barração imediata após a primeira partida na volta do Brasileirão (apenas terceira como titular em oito participações na competição) atrapalharia este processo:


– É normal que demore a engrenar. Aconteceu com o Vinícius – disse Maurício Barbieri em entrevista coletiva ainda no Maracanã, depois do jogo com o São Paulo.


Guardada as devidas proporções, a comparação se justifica pelo desempenho de Vinícius a partir do momento em que se transformou em titular absoluto, com a venda de Everton. O jovem engrenou sequência de 17 partidas como titular nas 18 seguintes (ausente apenas quando reservas foram escalados diante da Chapecoense) e se tornou figura determinante para que o Flamengo chegasse ao topo da tabela.

Neste período, Vinícius permaneceu em campo por 90 minutos em dez oportunidades, algo que ainda é inédito para Marlos Moreno. Em 17 aparições, o máximo foram os 85 minutos na derrota para a Chape. A última vez que ficou em campo um jogo inteiro foi em duelo pelo Girona contra o Levante, em 28 de novembro do ano passado, na Copa do Rei da Espanha.

Marlos Moreno tem 17 partidas com a camisa do Flamengo, mas nunca ficou os 90 minutos em campo (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

A falta de sequência – e consequentemente de confiança – ajuda a explicar a queda de rendimento do colombiano desde que deixou o Atlético Nacional, em 2016, como um dos destaques do time campeão da Libertadores. Não agradou nem no La Coruña, nem no Girona, e vê no Flamengo, com quem tem contrato até o fim de 2018, praticamente uma última chance de triunfar no exterior.

Não à toa também, o período coincide com o longo jejum de gols: mais de dois anos. O último foi na vitória por 3 a 2 da Colômbia sobre a Costa Rica, em junho de 2016, quando, ainda aos 19, foi convocado e titular na campanha da Copa América Centenário, nos Estados Unidos. Por clubes, a última vez que foi às redes foi em 9 de março de 2016, na vitória por 2 a 0 do Atlético Nacional sobre o Peñarol, na Libertadores.

Antes mesmo da declaração após substituí-lo por Fernando Uribe durante a derrota para o São Paulo, Barbieri já tinha dado mostras de que Marlos seria sua aposta para substituir Vinícius Júnior:


– Venho utilizando pelo lado esquerdo, onde o Vinicius jogava. É uma das possibilidades. Ele vem treinando bem, evoluindo. Passou por período de adaptação e vem crescendo.


Mesmo sem Everton Ribeiro no clássico com o Botafogo, a expectativa é de que Marlos, enfim, tenha a sequência. No Brasileirão, foram oito participações (cinco vindo do banco de reservas), 254 minutos em campo, oito faltas cometidas, oito sofridas, três finalizações, seis roubadas de bola, dois passes errados, dois impedimentos e um cartão amarelo.

Números discretos, como era o próprio colombiano até bem recentemente no dia a dia do Ninho. Restam pouco mais de cinco meses para que a mudança nos bastidores se reflita em campo. Com 27 pontos, o Flamengo é o líder do Brasileirão e recebe o Botafogo no Maracanã, sábado, às 19h (de Brasília), pela 14ª rodada.

Reprodução: Globoesporte.com

Veja também

  • Paciência ate quando ?? Com o campeonato pegando fogo no meio da temporada ?? Ele ja entrou varias vezes e muito pouco fez, mostrou-se inseguro e fraco tecnicamente, erra demais ! Sem chances contar com ele p ser titular e substituir o Vinicius Jr. Essa ‘e sim uma posicao q ficamos carentes… Acho o Geuvanio ou o Berrio, opções melhores q esse tal Marlos, inda q esses tmb sejam limitados !

  • E pensar que perdemos o Everton por causa desta diretoria que de finanças é top, porém de futebol é péssima, Hoje o Everton poderia estar ganhando uns 600 a 700 mil, porque na verdade, saiu por não ter sido valorizado pelo diretoria a tempo, o Everton ficou vendo o Geuvânio que não mostrou a que veio ganhado 500 mil no banco. Agora ta aí pedindo pelo amor de Deus pro CSKA vender o vitinho. Vai gastar uma fortuna, pagar uns 700,00 de salário pro cara se poderiámos já ter este ponta que tanto queremos sem gastar nenhum tostão, só salários. Por isso estão dispostos a gastar 45 milhoes no vitinho porque viram que fizeram cagada com o Everton. O Everton poderia não ser craque, mas cumpria sua função muito bem pela esquerda e de vez em quando fazia uns gols.

    • Amigo, antes de comentar tente saber sobre o que esta falando, para evitar vergonhas. O flamengo ofereceu aumento salarial pro Everton, ELE QUE QUIS SAIR DO FLAMENGO! O que o time vai fazer? vai obrigar ele a jogar no time? O fla tentou faze-lo ficar.

      • Cara isso é o que falam por ai. Mas na verdade isso só aconteceu depois que viram que ele ia sair mesmo, e tentaram aumentar, ai depois meu amigo o cara já esta esgotado de raiva e sem clima pra continuar. E o Everton só fala que saiu pra buscar novos ares pra não ficar mau com a torcida. Então digo e repito sobre o Everton, foi falha da diretoria sim. Só ver como demora muito pra resolver situações de contratações, enquanto nossos adversários diretos estão só se reforçando. EX: Grêmio, São Paulo. Somente o Cruzeiro que esta meio devagar acredito por estar com finanças já comprometidas. Diretoria tem meu respeito, pois levantou o flamengo novamente, mais nosso departamento de futebol é péssimo. Mas é legal este debate e respeito seu entendimento, pois sempre queremos o melhor pro nosso mengão.

  • Paciência é exemplo para perdemos o Brasileiro e ficarmos fora da libertadores.
    Não tem tempo para isto.

  • Paciência se dá a alguem que se vê algo de diferente. O Vini tinha algo diferente, no entanto está mandando bem nos treinamentos e logo estará jogando pelo Real. Agora o Marlos infelizmente corre e parece que algum fantasma vai e empurrando ele até cair, tropeça nas próprias pernas. Se não contratarmos laterais pelo menos pelo lado direito, volante temos o Ronaldo e o Jean Lucas pra reserva do Cuellar então acho que não precisa. Sumir com Rômulo. E um ponta esquerda de verdade pra vaga do Vini. Se não contratar vamos passar raiva mais um ano e sermos chacota de novo essa é a verdade. E não é porque perdemos no ultimo jogo, mas vinha falando isso bem antes da copa.

  • Se ainda víssemos algum lampejo nele, mas é fraco. Além do mais Vinicius Jr. é craque, tem nem o que comparar.

    Flamengo precisa contratar e avisar pro Barbieri parar de escalar jogadores contestados.

Comentários não são permitidos.