Barbieri reconhece dificuldade do Fla nas finalizações contra o Vitória, mas destaca resultado em casa

FOTO: GILVAN DE SOUZA/FLAMENGO

Flamengo e Vitória se enfrentaram nesta quinta-feira (23), pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Contando com o apoio maciço de sua torcida no Maracanã, o Rubro-Negro saiu com um resultado positivo e colou nos primeiros colocados da competição. Na entrevista coletiva, Mauricio Barbieri fez questão de destacar os três pontos conquistados, mas reconheceu a falha dos jogodores nas finalizações.

— Sabia que teríamos dificuldades. Fizemos um primeiro tempo de alto nível. Talvez não percebam só olhando a posição deles na tabela. Mas eles vieram fechados. Não concluímos como gostaríamos. Controlamos e criamos. Não fomos felizes na finalização, mas saio satisfeito —, afirmou Barbieri.

O técnico rubro-negro também ressaltou que, apesar da vitória, a equipe precisa melhorar em alguns quesitos, mas novamente não deixou de enaltecer a importância do resultado conquistado dentro de casa.

— Não existe vitória por obrigação. Existe vitória por mérito. Vale os mesmos três pontos. Temos que ter serenidade na derrota e na vitória. Na derrota também teve positivo e negativo. Hoje não é diferente. Tem que ajustar e conversar amanhã com os jogadores —, finalizou.


Compre capinhas oficiais do Mengão para seu celular. São diversos modelos, para você escolher o que mais combina contigo. CLIQUE AQUI para conferir! 


Com a vitória, o Fla chegou aos 40 pontos no Brasileiro e manteve-se na terceira colocação da tabela, com um ponto a menos que o Internacional e apenas dois atrás do São Paulo, atual líder do campeonato. O clube da Gávea retorna a campo já no próximo domingo (26), diante do América-MG. A partida será disputada em Minas Gerais e terá bola rolando a partir das 16h (horário de Brasília).

Confira abaixo os demais trechos da coletiva de Mauricio Barbieri:

ROUBADAS DE BOLA:

Estamos tentando resgatar essa característica. Ajuda, não precisamos recuar e buscar. Fico satisfeito com esse quesito hoje.

DIEGO E EVERTON RIBEIRO:

Foi colocar os dois juntos. Não só eles, mas o Paquetá. Acho que somos uma das poucas equipes que joga com um só atleta defensivo no meio.

VITINHO:

Ele vem numa crescente. Já tinha finalizado no último jogo. Tem facilidade. Lembro de duas defesas do goleiro do Atlético-PR. Acho que hoje conseguiu finalizar mais, fez passe lucido no gol, está crescendo e vai agregar muito. Como já tem agregado.

PARTIDA CONTRA O CRUZEIRO PELA LIBERTADORES:

Nosso foco agora é o América. É a final que a gente tem que disputar. Depois a gente pensa no jogo do Cruzeiro. Os pontos que você vai deixando no caminho fazem falta na frente. Nosso desejo é o primeiro lugar na última rodada. Cruzeiro vamos avaliar com calma depois do América.

TORCIDA:

Torcida mais uma vez foi um espetáculo. Fazendo festa. O futebol é uma grande festa, ficamos felizes. Torcida tem ajudado e dado um show à parte.

POUPAR JOGADORES:

A gente vai seguir o mesmo padrão. Avaliar jogadores após o jogo. Ver quem tem condição e quem tem risco de lesão. É preservar, nunca poupar. Não é cenário novo […] É uma parte do que a gente quer. Mas são jogadores que conseguem ter essa rotatividade. Conseguem atuar em mais de uma região do campo. Tem jogadores que tem essa capacidade de rodar bastante. É importante e dificulta o adversário. Tem feito isso muito bem.

CONDIÇÃO DO GRAMADO:

É preciso que melhore esse gramado. Temos decisões aqui. Naquele lance do Marlos se tivesse melhor o gramado talvez ele finalizasse.

Veja também

  • Acho que o Flamengo deveria poupar jogadores, mas relaciona-los pro jogo. Usar no segundo tempo se houver necessidade. Cansei de ver o Messi no banco, mas fora do jogo foram pouquíssimas vezes!

  • Barbieri é muito lúcido, se coloca muito bem… Gosto muito como postura e como técnico… Inteligente, estudado, o time que precisa querer mais, não admitir resultados negativos, ele não é mágico, depende do seu elenco comprar o seu projeto…

Comentários não são permitidos.