Clubes recorrem à Conmebol por mudanças no calendário da CBF

FOTO: DIVULGAÇÃO/CONMEBOL

A forma como é elaborado o calendário da CBF é cada vez mais questionado pelos clubes brasileiros. Diante disto, o desgaste físico dos jogadores e a consequente rodagem de elenco já aparecem com mais intensidade no segundo semestre do ano. Tentando alterar este panorama, algumas equipes se reuniram junto à sede da Conmebol nesta segunda-feira (20), no Paraguai. A informação é do portal ‘O Globo‘.

Os presidentes de Flamengo, Corinthians, Cruzeiro e Grêmio aproveitaram a reunião de subcomissão de clubes para pedir à entidade maior participação sobre a elaboração do calendário nacional, de forma que consigam uma manutenção na forma como é empregada atualmente. Os representantes das equipes apontaram a Alejandro Domínguez, presidente da Conmebol, as dificuldades de planejamento perante o apertado cronograma de jogos.

É preciso que eles se juntem. Alejandro disse que pegou a Conmebol 25 anos atrasada em relação à UEFA. Ele está tentando correr atrás. Vamos juntar forças. Pelo que ele disse, nos apoia e vai ver o que é possível fazer –, detalhou Wagner Pires, presidente do Cruzeiro.


Compre capinhas oficiais do Mengão para seu celular. São diversos modelos, para você escolher o que mais combina contigo. CLIQUE AQUI para conferir! 


O representante do Atlético Nacional, da Colômbia, também esteve presente na reunião e contou que o apertado cronograma não é problema exclusivo do Brasil. Segundo ele, já foram disputados alguns jogos com intervalo de somente 24 horas entre um e outro. Além dos dirigentes dos clubes, também esteve presente no evento o diretor de competições da CBF, Manoel Flores, responsável pela elaboração do calendário da organização. Dentre os assuntos, a entidade sul-americana também discutiu o balanço e preparativos para a utilização do árbitro de vídeo nas próximas fases da Libertadores.

Veja também

Comentários não são permitidos.