Pratas da casa se destacam entre os ‘medalhões’ e participam diretamente de 60% dos gols do Fla

Flamengo e Grêmio fizeram duelo memorável na última quarta-feira (01), pela fase de quartas de final da Copa do Brasil. A partida acabou terminando empatada, mas um dado importante acabou em evidência. Com o gol do jovem Lincoln nos acréscimos, os garotos formados na base chegam a 60% em participação direta dos tentos do Fla na atual temporada. As estatísticas foram retiradas do Footstats e levantadas pelo jornalista André Rocha, do portal Uol.

Contando todas as competições em que o Rubro-Negro disputou no ano, exceto o Carioca – uma vez que a equipe utilizou boa parte dos garotos do time -, o clube marcou 28 gols no Brasileirão, sete na Conmebol Libertadores e dois na Copa do Brasil, sendo 37 no total. Destes, 22 foram marcados ou aconteceram através de assistências dos Garotos do Ninho, ou seja, 60%. Confira abaixo a participação de cada jovem:

Vinicius Júnior (∗): 6 gols e 3 assistências;
Lucas Paquetá: 5 gols e 4 assistências;
Felipe Vizeu (∗): 3 gols;
Matheus Sávio: 1 gol;
Matheus Thuler: 1 gol;
Lincoln: 1 gol.
(∗) jogadores que não fazem mais parte do elenco rubro-negro.

O repórter também lembrou que o Mais Querido conseguiu equilibrar suas dívidas e desde Paolo Guerrero, em 2015, faz pelo menos uma contratação de peso por temporada – Diego em 2016, Everton Ribeiro e Diego Alves – este chegando à custo zero para o clube carioca -, em meados do ano passado e agora Vitinho, que fez sua estreia na arena gremista deixando boas impressões.

Por fim, o blogueiro do Uol reconheceu a força da base do Fla, mas fez uma crítica aos medalhões. Segundo ele, estes atletas deveriam decidir mais jogos e tornar o time de Maurício Barbieri ainda melhor, tendo em vista os altos valores envolvidos para que pudessem vestir o Manto Sagrado.

Veja também

Comentários não são permitidos.