Uol: “A quase 100 dias da eleição, oposição tem vantagem entre grupos do Fla”

FOTO: DIVULGAÇÃO/UOL ESPORTE

O turbilhão eleitoral já se faz presente nos bastidores do Flamengo. A quase 100 dias do pleito que escolherá o sucessor do presidente Eduardo Bandeira de Mello, as correntes políticas buscam alianças, contabilizam votos e desenham possíveis cenários. O UOL Esporte fez um levantamento entre os grupos do Rubro-negro e constatou que o candidato da oposição Rodolfo Landim tem vantagem no momento sobre a situação.

O Flamengo possui 12 grupos políticos. Destes, sete já fecharam apoio a Landim, que tem Rodrigo Dunshee – atual presidente do Conselho Deliberativo – como vice na Chapa UNIFLA (Unidos Pelo Flamengo). São cerca de 800 votos contabilizados nas correntes de apoio. Esse número contempla integrantes dos grupos FAT (Flamengo Acima de Tudo), Sinergia, Ideologia, FLAFUT, FLA +, Fla Raiz e Garden. O último tem o ex-presidente Márcio Braga como mentor.


Compre capinhas oficiais do Mengão para seu celular. São diversos modelos, para você escolher o que mais combina contigo. CLIQUE AQUI para conferir! 


Com força política nos bastidores, eles costumam atrair simpatizantes e um percentual expressivo de votantes. Os números das duas últimas eleições apontam que a contagem deve aumentar. Em 7 de dezembro de 2015, por exemplo, Bandeira teve o apoio de boa parte dos grupos que hoje estão com Landim e foi reeleito com 1.632 votos dos 2.753 associados que compareceram ao clube.

Desta vez, porém, o grupo do mandatário, o SóFLA (Sócios Pelo Flamengo) está momentaneamente isolado. Candidato de Bandeira de Mello, o vice de futebol Ricardo Lomba teria aproximadamente 200 votos certos no cenário desenhado, além das indicações de simpatizantes e sócios atraídos pelas propostas. Ainda assim, menos do que a oposição no panorama político da Gávea.

Os grupos Vitória e Flamengo da Gente ainda não revelaram apoio. São correntes conhecidas, mas que não arrastam muitos votos. Terceiro colocado na última eleição, Cacau Cotta, do grupo União Rubro-Negra, é virtual candidato. Em tese, ele divide com Marcelo Vargas, do Fla Tradição e Juventude, cerca de 250 votos – número próximo dos 259 obtidos em 2015.

Pelo estatuto do Flamengo, a eleição é obrigatoriamente realizada nos primeiros dez dias de dezembro. O pleito costuma ocorrer em uma segunda-feira, mas já se cogitou realizá-lo no fim de semana. Se a tradição for mantida, o próximo mandatário rubro-negro será conhecido em 3 ou 10 do último mês de 2018.

São mais de três meses até a eleição, o que torna impossível prever qualquer resultado. As chapas se articulam nos bastidores em busca de votos e de alianças que possam definir o pleito. No momento, porém, a oposição tem vantagem nos corredores da Gávea. A conferir se o cenário será mantido até a apuração das urnas no ginásio Hélio Maurício.

Reprodução: Uol Esporte

Veja também

  • Landim na cabeça não tem o que enventar vamos de landim.

  • Agradeço ao Bandeira pelo grande trabalho a frente do Fla,mas torço que a verdadeira chapa Azul vença, pois o projeto original e de um grupo e não do EBM. Precisamos de sangue nos olhos, os dirigentes que aí estão não sabem cobrar resultados. Voto Landim!!!

  • Esse Lomba é a cara do Bandeira de Mello sem sal, sem vontade sem coragem pra ele sempre esta tudo bem, tudo tranquilo gosta de alisar jogador, por isso passamos vergonhas porque ninguém cobra ninguém diz nada, já disse aqui ele só mandou o Rodrigo Caetano embora porque esse era o elo mais fraco e sempre foi usado como bode espiatorio, o cara até tinha vontade de fazer as coisas mais sempre foi podado, bem feito pra quem vive apoiando o Bandeira e seus asseclas, sempre se achando o cara que resolveu todos os problemas do Flamengo, nunca da o devido merito as pessoas que ajudaram a trazer o Flamengo nessa era bem sucedida economicamente e por incrível que pareça o único titulo nacional que ganhamos com o Bandeira presidente o Wallin Vasconcelos era o vice de futel, imagina se tivesse continuado!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Ótimo. Se lomba ganhar estamos perdidos. Vai ser mais um período de vexames no futebol. Não foi ele que disse que estamos muito bem servidos de laterais? Gestão que coloca jogadores acima do clube e não o contrario

  • EBM e sua trupe já perderam essa eleição, que venha o Landim e os blues originais pra ver se finalmente conseguimos transformar todo esse sucesso financeiro em títulos.

Comentários não são permitidos.