Paquetá e Dedé são criticados por presidente do sindicato de atletas: “É uma pena eles aceitarem essa condição”

FOTO: LUCAS FIGUEIREDO/CBF

Flamengo e Cruzeiro prepararam grande logística para contar com Lucas Paquetá, Cuéllar e Dedé. As duas equipes fretaram um avião para trazer os jogadores a tempo dos jogos decisivos, da próxima quarta-feira (12), pelas semifinais da Copa do Brasil. Tal planejamento elaborado por mineiros e cariocas foi criticado pelo presidente do Sindicato Nacional dos Atletas Profissionais, Rinaldo Martorelli. O mandatário também desaprovou a postura dos desportistas da seleção brasileira.


Compre capinhas oficiais do Mengão para seu celular. São diversos modelos para você escolher o que mais combina contigo. CLIQUE AQUI para conferir!


Segundo Martorelli, a atitude dos clubes e dos jogadores acaba ferindo a legislação imposta pela associação, que estabelece o intervalo de, no mínimo, 66 horas entre as partidas disputadas, de modo que o atleta possa se recuperar bem e não adquirir futuras lesões.

— O nosso trabalho é evitar esse tipo de situação. Sempre queremos que os jogadores tenham sempre um intervalo de pelo menos 66 horas entre os jogos, tendo uma recuperação adequada. Atuamos de forma coletiva, mas individualmente também. O cara tem que querer. Essa discussão começou lá atrás, quando o Santos mandou buscar o Neymar depois de um amistoso da Seleção. Eles aceitando essa condição é uma pena, a gente não pode fazer nada além de lamentar que as coisas sejam assim —, disse.

O presidente completou fazendo críticas aos dirigentes das equipes e a CBF, por não respeitarem o intervalo entre os jogos e pelo calendário mal elaborado por parte da entidade.

— A gente não se opõe a que os clubes disputem competições paralelas como Brasileiro, Copa do Brasil e Estadual. Mas que não desrespeitem o intervalo mínimo para que se tenha prevenção quanto a possíveis lesões. Infelizmente. Os dirigentes não têm uma percepção da necessidade de um calendário organizado para todo mundo. Aí, todo mundo perde com isso —, finalizou Rinaldo Martorelli.

O Flamengo enfrenta o Corinthians no estádio do Maracanã, às 21h45 (horário de Brasília). Por sua vez, o Cruzeiro visita o Palmeiras no Allianz Parque, no mesmo horário. O jogo de volta das semifinais acontecerá no dia 26 de setembro, na Arena Corinthians e Mineirão, respectivamente.

Veja também

Comentários não são permitidos.