Wallim fala sobre possibilidade de contratar torcedores de outros clubes para trabalhar no Flamengo

FOTO: GAZETA PRESS

Um assunto tem tomado conta dos bastidores no Flamengo: ter ou não funcionários que torcem para outros clubes. Wallim Vasconcellos, ex-vice-presidente do Rubro-Negro, foi questionado e falou sobre o assunto no programa Resenha ao Vivo, da TV Coluna do Flamengo.

Wallim ponderou que depende do fanatismo da pessoa. Ele revelou que já houveram funcionários dentro da Gávea que torciam para o Botafogo e Fluminense, porém, não eram ligados em futebol. Por fim, o ex-VP garantiu que se for fanático, ele não contrataria o funcionário.


Compre capinhas oficiais do Mengão para seu celular. São diversos modelos para você escolher o que mais combina contigo. CLIQUE AQUI para conferir! 


Tem algumas funções… Depende do fanatismo. Olha só, o Paulo Dutra é Botafogo, mas se colocar a escalação do Botafogo acho que ele nem sabe. Ninguém sabe, mas o Marcelo Corrêa, que foi o primeiro CEO que eu trouxe, é Fluminense. Agora, se colocar em algumas funções… Pega um cara fanático por um time, era da torcida, vai colocar o cara para trabalhar no Flamengo? Eu sou contra. Mesmo que seja o cara mais competente do mundo. Depende da função. Marketing, mídia social, essas coisas eu acho que já… A não ser que o cara não seja fanático. O cara é São Paulo, Palmeiras, Grêmio, mas não é aquele cara que vai ao estádio sempre, não sabe nem o time direito, mas é um cara competente demais, não vejo problema nenhum. Agora, já foi da torcida organizada, já se manifestou nas mídias sociais anteriormente esculachando o Flamengo, não vale a pena. Não existe uma só pessoa no mundo que vá fazer essa função, então para que fazer isso? Deixa ele ser feliz no clube dele. Pessoas que não estão muito ligadas ao futebol, não são fanáticas, não vejo problema nenhum, tem que ser competente. Se for fanático, essas coisas, eu não colocaria, vai dar ruim em alguma hora —, disse  Wallim.

Wallim Vasconcellos é apoiador da chapa de oposição UniFla (Unidos pelo Flamengo), que tem Rodolfo Landim como candidato à presidência e Rodrigo Dunshee como seu vice. Marcelo Vargas, da Chapa Branca, também é opositor. Ricardo Lomba, por sua vez, é candidato da situação e defenderá a Chapa Azul.

Assista o programa na íntegra:

Veja também

  • Não sei que maltratou o português, se o Wallim ou quem escreveu essa matéria… “Houveram” é dose!

  • Tenho certeza que os que faliram o Flamengo não eram torcedores do mengão, cada qual no seu quadrado

  • Esse e alimentação é engraçado esperou 5anos e meio para falar essa besteira por que que só agora ele não é o responsável? Antes era um grande gestor .mas deixava a desejar no futebol
    Agora até como gestor foi um fracasso obrigado por nada wallim ajudaria muito se pelo menos a sincerdade fosse mantida

  • Esse grupo do Landim e perigoso viu se pegar o Flamengo nos tomos fundido primeiro ano ele pode ganhar alguma mais o Flamengo vai volta as divas louca que ele vão robar

  • Se não me engano Rodrigo foi vice tb do Edmundo santos Silva. Olha só!!!

  • Abutres querem acabar com o Flamengo .

  • Esse Ladim traz com ele figuras do passado sombrio, que assaltou os cofres do Fla, olha esse vice tal de Dunshee…abre o olho Mengão!!!!

  • Qual era o time do Domingos Bosco? Eu sei que ele foi o maior e melhor supervisor que o Flamengo teve.
    Gilmar Popoca era metido a temperamental. Em certa ocasião jogou a camisa do Flamengo no chão. Na hora o Domingos Bosco o fez pegar a camisa no chão, se desculpar e, o alertou que caso o fato se repetisse o jogador jamais voltaria a vestir o Manto Sagrado.

  • Fico surpreso como um gestor reconhecido pode ter um pensamento de contratar um profissional dependendo do time que torce! Profissional é profissional, se a pessoa confundi torcer com trabalhar, não é profissional e sim amador.
    Que declaração infeliz!

Comentários não são permitidos.