Dorival Júnior conta bastidores da barração de Diego e revela que meia discordou inicialmente

FOTO: GILVAN DE SOUZA/FLAMENGO

Nesta reta final, Dorival Júnior assumiu o Flamengo e se notabilizou por colocar na reserva alguns dos chamados “medalhões” do elenco. Entre eles Diego Alves, Diego Ribas e Lucas Paquetá. Se com o primeiro deles deu uma tremenda polêmica, com os outros dois foi mais tranquilo. Apesar disso, o treinador revelou, em entrevista ao Blog do André Rocha, do UOL, que o camisa 10 discordou da decisão em um primeiro momento.

São grandes jogadores e a resposta sempre foi positiva. Posso citar o exemplo do Diego Ribas. De início discordou da minha decisão de colocá-lo no banco porque estava voltando de contusão. Expliquei meus motivos e pedi a ele que continuasse treinando e acreditasse no que estava dizendo. Era uma decisão técnica e tática, não má vontade. Ele foi legal, correto e profissional. Trabalhou, não reclamou externamente e voltou a ganhar oportunidades pelos próprios méritos. Foi fundamental nessa reta final -, disse.


Compre capinhas oficiais do Mengão para seu celular. São diversos modelos para você escolher o que mais combina contigo. CLIQUE AQUI para conferir!


Diego ficou de fora da partida contra o Paraná, quando o Flamengo venceu por 4 a 0, fora de casa. Posteriormente, retornou à equipe considerada titular. Aí quem deixou o time foi Lucas Paquetá, após apresentar uma grande queda de rendimento, sendo até expulso. Dorival comentou também a decisão quanto ao jovem meio-campista.

Ele reconheceu que errou. O jogador é inteligente e sabe quando se equivoca. O Éverton Ribeiro ficou no banco contra o Sport e nos ajudou demais no segundo tempo com um homem a menos. Aí entra a importância do exemplo. Como o Paquetá poderia reclamar de ficar fora depois de um erro se o Diego aceitou voltando de lesão e modificou jogos a nosso favor saindo do banco? —, indagou.

Dorival Júnior ainda não sabe se permanece no comando rubro-negro para a próxima temporada. Após a negativa de Renato Gaúcho ao clube, o nome do atual treinador ganhou força nos bastidores, mas enfrenta forte concorrência de Abel Braga, desempregado desde que deixou o Fluminense. Antes dessa definição, o Fla enfrenta o Atlético-PR, neste sábado (01), pela última rodada do Brasileirão. A bola rola às 19h (horário de Brasília), no estádio do Maracanã.

Veja também

  • S e o Abel fosse bom não teria perdido o emprego no fluminense, não dá pra perceber, será que voces são tão idiotas assim.

    • Ele não foi demitido…Abel pediu demissão.

  • Diego Alves = Desagregador
    Simples assim!

  • A cada noticia oficial sobre Dourival Junior e Diego Ribas ,admiro mais ainda a postura profissional de ambas ,merece continuar no flamengo.
    Enquanto aquele tal de Diego Alves deveria calçar as sandálias da humildade e seguir o exemplo de Diego Ribas e Everton Ribeiro, devia seguir o exemplo do Juan zagueiro , exemplo de Ronaldo Angelim e muitos outros…

    • Verdade !!

  • Abel Braga faz esse time campeão

    • Prefiro que o Dorival saia e o Diego Alves fique, Abel tirou leite de pedra no Fluminense, hoje com a estrutura e jogadores que o Flamengo tem a oferecer é onde ele pode provar pra todos se realmente é um grande técnico ou se está defasado e so serve para times de baixo investimento.

  • Abel rejeitou o Fla em outras oportunidades, Dorival acertou o time, professor Pardal precisa continuar

    • Gosto em partes do trabalho do Dorival mas depois de dar uma entrevista e dizer que Rômulo é um dos líderes desse elenco, ele caiu muito no meu conceito, imagine os jogadores que ele vai querer segurar no elenco igual Zé Ricardo fez com o Márcio Araújo… me da arrepio so de pensar em certas declarações que ele deu sobre alguns jogadores muito contestados como Geuvânio e Rômulo.

Comentários não são permitidos.