Gabigol e Arrascaeta estreiam, mas Flamengo fica apenas no empate com o Resende

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

Resende e Flamengo se enfrentaram na noite desta quarta-feira (23), no estádio Raulino de Oliveira, pela segunda rodada da Taça Guanabara. Com um time alternativo, mas contando com as estreias de Gabigol e Arrascaeta, o Rubro-Negro teve dificuldades e apenas ficou no empate com a equipe do Sul Fluminense.

O JOGO

O Flamengo iniciou a partida com mais posse de bola e tentando tomar as iniciativas. Entretanto, foi o Resende quem testou primeiramente o goleiro. Maxwell recebeu pela esquerda, aos seis minutos, cortou para o meio e arriscou de fora da área. Bem posicionado, César defendeu com facilidade.

A equipe do Sul Fluminense chegou com perigo aos 12 minutos, novamente com Maxwell. Livre na esquerda, o atacante recebeu lançamento e, percebendo a saída de César, deu um toque por cima do goleiro. A bola passou apenas por cima da meta do Fla.

Procurando mais o jogo nos minutos iniciais, o Resende saiu na frente do placar, aos 18. Em cobrança de escanteio, Joseph subiu mais alto do que o volante Piris da Motta e abriu o marcador no Raulino de Oliveira.

Com o tento, o Fla foi para cima do adversário e não demorou para deixar tudo igual. Aos 22 minutos, De Arrascaeta encontrou Trauco na esquerda, que cruzou na medida para Henrique Dourado mandar de bicicleta. O atacante acertou o ângulo, não dando qualquer possibilidade de defesa para Ranule.

Henrique Dourado comemora golaço marcado de bicicleta (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

O Resende chegou com mais perigo aos 33. Na entrada da área, Vitinho recebeu e bateu colocado de primeira, obrigando César a se esticar e fazer boa defesa.

O Rubro-Negro ainda teve chance de sair com a vantagem antes do intervalo de partida, em falta na entrada da área aos 41 minutos. Gabigol se colocou à disposição para cobrar, mas bateu rasteiro, sem assustar o goleiro adversário.

Entretanto, foi o time do Sul Fluminense que esteve mais perto de marcar o segundo gol. Após cruzamento pela direita, aos 47 minutos, Maxwell subiu livre pelo alto e cabeceou forte. A bola passou rente à trave, assustando o goleiro César.

O etapa complementar se iniciou, mas logo foi interrompida após a queda de energia de um dos refletores presentes no estádio. Após 15 minutos, os refletores voltaram a acender, e o embate recomeçou.

Sem criatividade para iniciar as jogadas, o técnico Abel Braga lançou Vitinho, aos 29 minutos, na vaga do jovem Jean Lucas. Diferentemente da partida de estreia, contra o Bangu, o atacante foi aplaudido pela torcida rubro-negra assim que entrou em campo.

Aos 32 minutos, o Resende teve ótima oportunidade para marcar o segundo gol. Zambi foi lançado na área e ficou cara a cara com César. O goleiro do Fla se agigantou e realizou ótima defesa, colocando a bola para a linha de fundo e salvando o clube da Gávea.

Vitinho entrou e conseguiu dar mais movimentação ao ataque rubro-negro. Aos 38, o atacante fez bom cruzamento, encontrando Henrique Dourado na área. O centroavante cabeceou com estilo, mas a bola apenas passou à esquerda do goleiro adversário.

O Rubro-Negro teve chance de marcar aos 56 minutos – já com o tempo acumulado por conta do problema em um dos refletores –, com Gabigol. A bola foi cruzada na área, mas o atacante não conseguiu se antecipar para colocar a bola no fundo da rede.

A última oportunidade da equipe da Gávea aconteceu com Vitinho, já aos 63, em cobrança de falta pela esquerda. O camisa 11 cobrou bem, mas a bola passou rente à trave, determinando o empate entre as duas equipes no Raulino de Oliveira.

Com o resultado, o Flamengo permaneceu na terceira colocação do grupo C, com quatro pontos conquistados. A equipe carioca volta a  campo no próximo sábado (26), para enfrentar o Botafogo. A bola rola para o clássico às 17h (horário de Brasília), sendo disputado no estádio Nilton Santos.

Veja também