Anderson Alves: “A tênue linha entre ser grande e ser pequeno que assombra o que cerca Ronaldo”

“A vida é mais fácil olhando pra tela de um computador.” CASTLE, Frank

Você já viu essa história antes. Garoto talentoso é encontrado. Holofotes sobre o rapaz e logo empresários surgem. Garoto se superestima com o conto de empresários, não renova com o clube que lhe deu visibilidade e sua carreira, que poderia ser algo, desce a ladeira. Olá, coleguinhas de Coluna do Flamengo, mais uma vez Ronaldo.

Que o garoto tem qualidades ninguém duvida, mas é notório que alguma coisa perdeu seu rumo entre o menino que subiu das divisões de base do Flamengo e o atleta de 22 anos que aí está hoje. Todo jogador de futebol teria que ter obrigação de estudar a carreira de determinados jogadores antes de chegar à copinha para que não repitam determinados comportamentos e consigam almejar grandes coisas no futebol.

Por exemplo, em 2009, um garoto da nossa base subia aos profissionais. Era insinuante e abusado, Bruno Paulo fez quatro partidas naquele ano e depois viu sua carreira desaparecer. Convencido por seus agentes que merecia mais do que o aumento de quase 20 vezes o salário que possuía na base, não renovou com o Flamengo, colocou o clube na justiça e… Nada! Sua melhor passagem foi naquele Audax vice campeão paulista. Hoje tem 28 anos e está no Brasil de Pelotas!

Esse é só um! Poderíamos ficar aqui falando os exemplos infinitamente. Fabrício, Athirson, Alex e Anderson, Wesley, Luiz Antônio, e só ficamos nos rubro negros. Os jogadores de futebol não têm preocupação com a carreira, o clube é quem deve oferecer estes estímulos (como gerenciar a própria carreira).

Ronaldo está a beira de subir neste barco. Seu contrato termina em dezembro do ano que vem e tudo indica que vai ficar treinando até encerrar o contrato. Talvez, como o já citado Bruno Paulo pense “ainda estou novo”! Mas são mais dois anos perdidos e buscar seu espaço no Santos de Sampaoli talvez o ajudasse a voltar valorizado. Não é bom para ninguém que queira mais do que seu salário no Flamengo. É mais um caso de ingerência de carreira.

É um fato que o empréstimo pode ser ruim para o Flamengo. Sua multa é baixa e se for bem é comprado, se for mal é ruim também, mas do jeito que vai o clube não terá boas notícias querendo ou não. Há um ativo do clube que está parado e todo o investimento do clube nele está indo pelo ralo. Não adianta que o misterioso caso do rapaz fica não resolvido, embora façamos conjecturas do que parece estar ocorrendo. Que Ronaldo desperte logo para que possamos ver sua evolução, porque no caminho que vai, não serão muitos clubes grandes que lhe abrirão as portas.

Anderson Alves, O otimista.

3 Comentários
  • Esses jogadores de hj, sao tudo crianças criadas por avós ricos, tudo mimados, chegam a fase adulta,nao tem estrutura nenhuma pars serem jogadores profissionais, quase 90 % da nossa base quando base quando sobem, não tornam se jogadores de destaque.

  • Criação de sites e aplicativos para celular