Gabigol fala sobre primeiro gol com a camisa do Flamengo e destaca sintonia com Arrascaeta

FOTO: CARLA ARAÚJO/COLUNA DO FLAMENGO

O Flamengo goleou o Americano na tarde deste domingo (24), no Maracanã, pela estreia da Taça Rio. Gabigol teve motivos de sobra para comemorar, uma vez que balançou a rede pela primeira vez com a camisa rubro-negra. Durante entrevista concedida na zona mista, o atacante voltou a demonstrar cautela, afirmando que o tento sairia naturalmente, e se mostrou feliz por estar evoluindo ao longo das partidas.

O gol iria sair naturalmente, como eu falei durante a semana. Eu vinha trabalhando bem, me esforçando e jogando bem. Eu já passei por essa fase algumas vezes de não fazer gol, mas o que me deixou super contente foi ter evoluído durante os jogos. Então eu sabia que em algum momento o gol ia sair, até porque o nosso time tem muita qualidade e eles iam propor para mim chances de fazer gols e aí ele ia sair [..] Obviamente, isso (a ansiedade pelo gol) vinha mais da torcida, para eu poder comemorar o meu primeiro gol, mas eu estava muito tranquilo -, disse Gabriel.

O atacante também ressaltou a conexão em campo que vem tendo com Arrascaeta, revelando que busca conversar com o uruguaio sobre as jogadas da equipe, e aproveitou para elogiar o seu companheiro, que o deixou em boas condições para marcar o primeiro gol pelo Rubro-Negro.

A gente conversou bastante, a gente concentra junto, vai para os treinos junto. O Giorgian (De Arrascaeta) é um cara que fiz uma amizade muito legal, e a gente fala sobre essas jogadas. Ele foi super feliz no passe e depois eu engraxei a chuteira dele porque ele merece bastante, é um jogador de qualidade, como pudemos ver hoje -, afirmou Gabigol, também comentando sobre a falha do camisa 14 na derrota para o Fluminense, pela Taça Guanabara.

Ele tem muita qualidade, todos sabem disso. Não é um lance que vai tirar toda a magia dele. Eu acho que ele fez um grande jogo, sabemos da qualidade que ele tem. A gente pôde ver hoje o quanto ele é inteligente, com o Diego trocando posição e ele achando passes importantes. A gente poderia ter feito mais gols. Então ele está muito feliz, sinto ele muito contente e calmo. Futebol é assim, tem altos e baixos. Mas ele tem trabalhado bastante, tem se dedicado e vai ser muito feliz aqui -, concluiu.

Veja também