Com time alternativo em campo, Flamengo fica apenas no empate com o Volta Redonda no Maracanã

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

Flamengo e Volta Redonda se enfrentaram na noite deste sábado (16), às 19h (horário de Brasília), pela quarta rodada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. Apesar de não saírem do 0 a 0 nos 45 minutos iniciais, as duas equipes tiveram boas chances de marcar. Na etapa complementar, o Rubro-Negro encontrou mais dificuldades, viu a equipe do Sul Fluminense recuar, e apenas ficou no empate.

O JOGO

O Flamengo começou a partida tomando as primeiras iniciativas. Logo aos seis minutos, Arrascaeta deu boa enfiada de bola para Ronaldo, que invadiu a bateu prensado junto à defesa adversário. Na sobra, Uribe conseguiu a finalização, mas bateu na marcação, e bola saiu pela linha de fundo.

A resposta do Volta Redonda aconteceu aos sete minutos, com o centroavante João Carlos. Em cruzamento de Douglas Lima pela direita, o camisa 9 cabeceou com muito perigo acima do gol defendido por Gabriel Batista, que substituiu César na partida.

Aos 18, a equipe do Sul Fluminense novamente chegou com perigo em jogada de bola aérea. Após virada de jogo no meio de campo, Marcelo recebeu lançamento na área livre de marcação e cabeceou bem, mas a bola passou à direita da meta rubro-negra.

Ameaçado pelo adversário em alguns lances, o clube da Gávea voltou ao ataque aos 19. Em nova enfiada de bola de Arrascaeta, Uribe invadiu a área em grandes condições de finalizar, mas bateu torto, e a bola saiu pela lateral após desviar na marcação.

Já aos 32 minutos, o Rubro-Negro quase abriu o placar. Trauco fez ótimo cruzamento na esquerda para Vitor Gabriel, que desviou para o gol e obrigou o goleiro Douglas Borges a realizar uma ótima defesa. Lucas Silva ainda conseguiu pegar a sobra, mas finalizou pela rede ao lado de fora.

A primeira etapa insistia em terminar empatada, e assim aconteceu, apesar das boas chances conseguidas por ambas as equipes. O Fla ainda teve uma última oportunidade, aos 37 minutos. Após cruzamento pela direita, a bola sobrou para o uruguaio, que arriscou em chute de primeira, mas errou o alvo.

Na etapa complementar, o Flamengo encontrou mais dificuldades de chegar no campo de ataque do Volta Redonda. A primeira chance rubro-negra no segundo tempo só foi acontecer aos 15 minutos, em cobrança de falta de Trauco. O peruano buscou o ângulo direito do goleiro Douglas Borges, que saltou e realizou a difícil defesa.

Aos 17, Diego foi colocado em campo por Abel Braga. Em seu primeiro lance no jogo, o camisa 10 deu belo passe para Uribe, que chegou na área em boas condições de finalizar. O centroavante, porém, não conseguiu dominar com efetividade e perdeu boa chance de abrir o placar.

O camisa 20 novamente esteve perto de marcar, desta vez aos 33 minutos. Com a equipe do Sul Fluminense recuada, Arrascaeta optou pelo cruzamento na área, encontro Uribe, que desviou de cabeça no travessão defendido por Douglas Borges.

A pressão do Fla persistiu ainda aos 34. Arrascaeta pegou nova sobra pela esquerda e, percebendo o o goleiro adversário adiantado, deu um toque por cima, obrigando Douglas a fazer uma ótima defesa para evitar o primeiro gol rubro-negro na partida.

Antes do apito final, o clube da Gávea ainda teve um gol mal anulado pela arbitragem, aos 46 minutos. Diego Ribas arriscou de longe, o goleiro adversário deu rebote, e a bola sobrou para Hugo Moura, que completou para o fundo da rede. O lance foi imediatamente parado, sendo marcado impedimento.

Com o empate, o Flamengo chegou a oito pontos e caiu para a segunda colocação do Grupo C. Os comandados de Abel Braga retornam a campo já nesta terça-feira (19), em jogo também válido pela Taça Rio. O adversário da vez será o Madureira, que aparece em quarto no Grupo B. As duas equipes duelam a partir das 20h30 (horário de Brasília), no Maracanã.

Veja também