Gabigol marca duas vezes, Flamengo bate o Madureira e avança antecipadamente às semifinais do Carioca

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

Madureira e Flamengo se enfrentaram na noite desta terça-feira (19), no Maracanã, pela quinta rodada da Taça Rio. Dominando do início ao fim do jogo, mas perdendo muitas oportunidades, o Rubro-Negro bateu o adversário por 2 a 0 e avançou às semifinais gerais do Carioca. O próximo compromisso pela competição será diante do Fluminense, no domingo (24).

O JOGO

O Flamengo iniciou a partida imprimindo uma forte pressão sobre o Madureira. Antes do ponteiro apontar um minuto de jogo, os comandados de Abel Braga quase chegaram ao primeiro gol. A equipe se mandou ao ataque e, em cruzamento de Pará pela direita, Bruno Henrique cabeceou muito bem. A defesa adversária, no entanto, tirou em cima da linha e evitou o tento rubro-negro.

Aos dois minutos, mais uma boa chance para o Fla. Posicionado na entrada da área, Diego Ribas achou Bruno Henrique livre na área, mas o atacante foi atrapalhado pelo goleiro Douglas e não conseguiu concluir a jogada.

Após forte pressão no campo de defesa do Madureira, o Rubro-Negro levou um susto aos 17 minutos. Em cobrança de escanteio, Tássio subiu mais alto que a defesa do Fla e cabeceou forte, obrigando Diego Alves a se esticar e fazer uma grande defesa.

A bola insistia em não entrar no Maracanã. Em nova chegada do clube da Gávea, aos 26 minutos, a bola sobrou para Everton Ribeiro após corte do goleiro Douglas. O meia serviu Arão, que chutou da pequena área, mas a defesa do Madureira novamente cortou a jogada e evitou o gol rubro-negro.

O Flamengo criava durante todo o primeiro tempo, mas pecava nas finalizações. Gabigol teve a melhor oportunidade de abrir o placar, aos 42. Everton Ribeiro descolou lindo passe para o camisa 9, que ficou cara a cara com o goleiro adversário, mas finalizou de chapa em cima do jogador e perdeu a grande chance.

O atacante, porém, se redimiu já nos acréscimos do primeiro tempo, aos 47. Diego arriscou de fora da área, para a defesa do goleiro Douglas, que rebateu em cima de Willian Arão. O volante cabeceou na trave, e Gabriel pegou a sobra na pequena área com o gol vazio, para abrir o placar no Maracanã.

Na etapa complementar, o Flamengo manteve o forte ritmo do  primeiro tempo e logo aos dois minutos, quase ampliou a vantagem. Em cobrança de falta na entrada da área, Diego Ribas bateu rasteiro, e a bola tirou tinta da trave defendida por Douglas.

Aos 18, mais uma grande oportunidade perdida. Rodrigo Caio deu bela arrancada e chutou forte de fora, para a defesa do goleiro adversário. Pegando sobra na pequena área, Gabriel cabeceou para fora.

Praticamente sem sair do campo de defesa, o Madureira pouco ameaçava o Flamengo, que tentava de todas as formas “matar” o jogo. O segundo gol aconteceu aos 35 minutos, em uma linda jogada da equipe rubro-negra. Na esquerda, Renê serviu Gabigol, que driblou um marcador, invadiu a área e chutou cruzado, vencendo o goleiro Douglas.

Aos 41 minutos, foi a vez de Ronaldo testar o arqueiro do Madureira. O jovem volante do Fla desarmou o adversário no meio de campo, arrancou e chutou colocado. A bola passou tirando tinta da trave esquerda de Douglas, sendo esta a última chande do Rubro-Negro antes do apito final de jogo.

Veja também

  • Marcou dois,mais não pode perder gols inacreditável

  • Guerrero seu safado vc nunca vai deixar saudade no nosso mengao.
    Vc acabou nosso Flamengo.

  • O q me preocupa é o time perder tantos gols

  • Diego ribas muito bem nunca critiquei …. Everton Ribeiro muito bem Gabriel o melhor

Comentários não são permitidos.