Willian Arão encerra jogo contra a LDU com menos desarmes que Arrascaeta; uruguaio atuou por apenas 45 minutos

FOTO: CARLA ARAÚJO / COLUNA DO FLA

Por: Higor Neves

A atuação do Flamengo contra a LDU foi abaixo do esperado e, não a toa, o Rubro-Negro saiu de campo com a derrota por 2 a 1. A equipe pouco conseguiu produzir no ataque e, na defesa, não foi muito diferente, uma vez que o Fla sofreu pressão em diversos momentos. Parte disso se passou pela facilidade dos equatorianos para chegar na área da equipe carioca. O baixo número de desarmes exemplifica o fato: o volante Willian Arão teve apenas um desarme, menos que De Arrascaeta, meia atacante, que atuou apenas no primeiro tempo, e roubou a bola por duas vezes.

Apontado por Abel Braga como peça-chave da equipe rubro-negra, o camisa 5 pouco produziu no jogo. Se comparado à quantidade de desarmes de Cuéllar – seu companheiro de setor -, o abismo para Arão fica ainda maior: o colombiano realizou oito desarmes certos na partida.

Vale destacar, porém, a alta quantidade de passes certos de Arão. Com 45 toques concluídos, o atleta liderou o quesito no Fla, ao lado de Everton Ribeiro, que teve a mesma quantidade. Dois desses passes, inclusive, terminaram com finalização de seus companheiros para gol, mas sem sucesso.

SITUAÇÃO NA LIBERTADORES:

Com nove pontos conquistados, o Flamengo ainda aparece na liderança do Grupo D. No entanto, o Peñarol, adversário na última rodada, tem a mesma quantidade e precisará de uma vitória em casa para garantir sua classificação. A LDU, que estaria eliminada caso não vencesse o Fla, agora tem sete e vai encarar o San José – lanterna, que somou quatro pontos – no jogo final da fase de grupos. As duas partidas estão marcadas para o dia 08 de maio.

*TODOS OS DADOS ESTATÍSTICOS FORAM RETIRADOS DO FOOTSTATS.

23 Comentários
  • Esse é mais um intocável nesse time ! Vergonha esse Arão, junto com o Pará são dois jogadores a menos no time. Léo Duarte tbm vemcom atuações sofríveis. Mas o grante técnico ABEL só sabe tirar o Arrascaeta do time, ontem Everton Ribeiro e Gabigol andando em campo, e quem ele tira? Sinceramente, com esse técnico não vamos vencer nada de importante.

  • Erro no esquema tático logo no início, se está jogando na altitude, porque colocar arrascaeta e Gabigol nas pontas? Teria que ser arrascaeta no meio, Everton e Bruno nas pontas e Gabigol centroavante. E outra, Rodrigo Caio cobriu Léo Duarte jogo todo, Léo Duarte não ganha uma bola, perdeu na velocidade para um atacante mais velho e pesado

    • Isso tudo que você falou é simplesmente o simples e esperado. Mas Abel, fã de Zé Ricardo, resolveu inventar uma nova posição pra cada jogador. Ele espera que todo mundo jogue mal e Arão salve o time com um gol de cabeça e vira herói titular vitalício.

    • Foi exatamente a minha impressão. Arrascaeta e Gabigol não marcaram ninguém junte a isso a covardia do Arão. Deu no que deu. E o pior … Nada vai mudar

    • Foi exatamente o que percebi. Arrascaeta e Gabriel não marcaram ninguém. Junte a isso covarde do Arão… Deu no que deu. E o pior não vai mudar nada.

  • Nilson
    Deve ser coincidência o fato de os únicos jogos da libertadores em que Arrascaeta foi titular foram na altitude? Acho que não, o treineiro e entregador de coletes quer queimá-lo e com isso não tirar seus dois “filhos’: Diego “carimbador” e Willian “pregadão”.

  • Mauro Cesar Pereira continua tendo razao em seus comentarios. Abel é muito fraco, esse Arão é o novo Marcio Araujo, pelo menos o MA fazia desarmes.
    Colocar o Arrascaeta para marcar lateral jogando na altitude, ta de sacanagem ne Abelaum.

  • Ele é o equilíbrio. Com ele em campo qualquer time inferior se iguala ao Flamengo. Aí entra Pará e desequilibra, porque com um a menos ainda dá, mas com dois fica difícil.

  • Os atacantes do Flamengo marcam e o “volante” peladeiro não sabe o que faz em campo!! Todos saem do time , menos o possante Arão!! Se na base do Flamengo não tiver nada melhor que Pará, fecha aquilo!! Com esses atacantes que não marcam muito o correto seriam 2 volantes. Piris ou Ronaldo e Cuellar!! Simples assim. Ter um meio campo mais combativo e os atacantes não precisando marcar laterias na defesa do Flamengo!! Estamos ferrados com esse Abelão!!!

    • Isso que também não entendo. Precisa chegar um treinador estrangeiro ou ser vendido para um grande europeu pra base do Flamengo jogar. Muita frescura, umas etapas infernais que não terminam, deveriam fazer um estágio lá no Santos para aprenderem a usar a categoria de base da maneira correta.

  • Que as as Arãozetes comecem com o mimimi…dizer que ele ajuda na marcação é lenda. Joga como meia-atacante e deixa todo o trabalho pro Cuellar.

  • Dizem que esse tal Matheuzinho que o Flamengo trouxe do Londrina joga muito, que vai furar a fila e passar na frente do Klebinho. Fura a fila logo e passa a frente do Pará também, antes que a torcida tire ele na base da porrada. O Arão eu não vou nem falar, virou um novo Marcio Araújo, a gente critica e logo vem uma legião de defensores dizendo que não entendemos nada de futebol e que o Arão é fundamental.

  • Como pode o Arão ser intocável nesse time?!!!
    Em um partida que tínhamos a vantagem do empate pra classificar, tinha que ter colocado um segundo volante que não abandonasse o cuejar atrás.
    E ter deixando E Ribeiro e Bruno Henrique pelas pontas pra subir com velocidade.

  • O dia que alguém me disser o que diabos o William Arão faz em campo, ficarei mais feliz. A função dele parece ser não fazer nada e estar sempre fora das jogadas, tanto de ataque, quanto de defesa.

  • Criação de sites e aplicativos para celular