fbpx

Após declaração, Cacau Cotta pede desculpas à torcida: “Jamais ia desmerecer o torcedor do Flamengo”

A derrota para o Atlético Mineiro por 2 a 1, no sábado (18), na Arena Independência, causou revolta na torcida do Flamengo. A coletiva de imprensa do técnico Abel Braga, após o jogo, piorou a situação em que o clube estava, devido aos desempenhos que tem apresentado nas últimas partidas. O treinador voltou a falar que perder fora de casa é normal, o que não agradou os torcedores. Novamente os pedidos pela saída de Abel fomentaram as redes sociais.

Na segunda-feira (20), os muros do Ninho do Urubu e da sede do Flamengo, na Gávea amanheceram pichados, como protesto pelas declarações de Abel. Pedidos pela saída do técnico, e sobre a conquista da Flórida Cup foram expostos, “Fora Abel”, “Copa Mickey é o c***lho*”. Nesta quarta-feira (22), o diretor de relações externas do Flamengo, Cacau Cotta, se manifestou sobre esses protestos, entretanto suas declarações não agradaram a torcida e, por isso, Cotta pediu desculpas no programa Fox Rádio, da Fox Sports. O diretor Rubro-Negro disse que as pichações não vieram de torcedores rubro-negros, porque a palavra Mickey tinha sido escrita da forma correta.

— Se o torcedor do Flamengo está chateado e está sendo usado também por essa mesma turma que fez a pichação, é que se eu torcedor como vocês, apaixonado, choro, rio, torço como vocês. Quem sabe da minha vida, da minha história, nasci do lado do Maracanã, sou torcedor de geral, arquibancada até chegar dirigente. Jamais ia desmerecer o torcedor do Flamengo. Se foi entendido assim, eu peço desculpas ao torcedor, mas essa não foi a intenção em nenhum momento, porque eu me coloco eles. Eu sou como eles, e a minha raíz é como eles.

O diretor de relações externas também se manifestou em sua conta por uma rede social, dizendo que quis defender as torcidas do Flamengo, que constantemente são atacadas pela imprensa.

Só quero deixar claro que depredar o patrimônio do clube não é uma atitude inteligente e creio que tenha sido um ato político e profissional. E só falei isso pra defender as nossas torcidas organizadas e nosso torcedor comum tão atacados por parte da mídia. SRN

0 Comentários

Criação de sites e aplicativos para celular