Santos recua em negociação por Rodinei, do Flamengo

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

A paralisação do Campeonato Brasileiro para a realização da Copa América abrirá, pela peculiaridade no calendário, uma brecha para os times treinarem e se reforçarem para o segundo semestre de 2019. Entre contratações e possíveis liberações, O Flamengo aguarda o aval do novo treinador Jorge Jesus para seguir no mercado. Recentemente, o clube recebeu sondagens do Santos, por Rodinei, mas o negócio não evoluiu. E ao que tudo indica, não se consolidará.

Apesar do pedido do técnico argentino Jorge Sampaoli, o alvinegro praiano não voltou a fazer contato com o Mais Querido. O Santos conta, para a posição, com o titular Victor Ferraz e o jovem Matheus Ribeiro, pouco aproveitado, tendo atuado a última vez pelo time em março, ainda no Campeonato Paulista.

Com contrato até 2022, Rodinei terá aumento na concorrência caso continue no clube. Além da chegada de Rafinha do futebol alemão, o Flamengo tem em seu elenco Pará, como titular no momento, e os jovens João Lucas, recém contratado ao Bangu, Klebinho, vindo das categorias de base do clube, e Matheusinho, contratado junto ao Londrina  após se destacar na Copa São Paulo de Futebol Júnior

4 Comentários
  • Volta Santos a gente tava brincando deixamos ele ir de graça viu foi brincadeira a gente pedir um real hahaha

    • Nós emprestamos de graça, pagamos até o salário. Obrigado EBM. FOi um gênio na gestão do clube ( menos no quesito segurança dos garotos e vai pagar por isso), mas foi péssimo na gestão do futebol, contratações e etc…

      • Acho um exagero falar que o mandato de EBM foi péssimo nas contratações. Consigo citar vários jogadores que ele acertou por cada ano de gestão e outros que apesar de serem desejados por muitos, não infelizmente não deram certo: 2013 VINGARAM – André Santos, Chicão, Elias, Paulinho; NÃO DEU CERTO – Gabriel (essa carniça era a grande revelação do Bahia), Marcelo Moreno e Carlos Eduardo. 2014 – Canteros, Elano, Everton, Eduardo da Silva e Alecsandro. 2015 – Jonas, Ederson, Alan Patrick, Cirino, Guerrero, Sheik e Kaike. 2016 – Rever, Donatti, Juan, Arão, Cuellar, Damião e Diego. 2017 – Renê, Romulo, Conca*, Berrio, ER7 e Rodolpho. 2018 – JC, Piris , Henrique Dourado, Uribe e Vitinho…

        • Algumas contratações foram péssimas, algumas foram muito boas, algumas foram boas mas o técnico naquele momento preferiu não utilizar.

  • Criação de sites e aplicativos para celular