Márcio Braga não é liberado para acompanhar delegação do Flamengo em Doha; ex-presidente lamenta

Dono do continente, o Flamengo se prepara para o maior dos desafios previstos em 2019: o de reconquistar o mundo. O clube tinha como ideia contar com Márcio Braga – presidente mais vitorioso da história rubro-negra – para chefiar a delegação em Doha, mas, por recomendações médicas, o plano não sairá do papel. O ex-mandatário agradeceu o convite e, apesar de compreender, lamentou a decisão.

Infelizmente, não poderei ir. Por questões de saúde, os médicos não querem que eu vá. Estou bem, mas seria um esforço muito grande. Vou ver pela TV. É realmente uma pena, estou muito, muito ressentido com isso, pois gostaria de colocar outra estrelinha de ouro na camisa do Flamengo. Deixo isso para o Rodolfo Landim -, disse.


Como cuidar do seu dinheiro e ajudar o Flamengo ao mesmo tempo? Isso é fácil, com o Banco BS2!


Supersticioso, Márcio Braga já deixou claro: em time que está ganhando não se mexe. O ex-mandatário revelou que irá, sim, repetir as estratégias realizadas antes da decisão da Libertadores da América.

Fui ao Ninho antes da despedida para Lima e agora pretendo ir novamente. O time atual está excelente, tão bom quanto aquele dos anos de 80. Só falta o Zico ali no meio para ficar perfeito. Tem muita chance de ganhar o Mundial -, analisou Márcio.

Márcio Braga é o presidente que mais vezes comandou o Flamengo, foram seis ao total. Foi, também, quem mais celebrou conquistas com o Manto – o hexacampeonato foi seu último grande feito pelo clube. À época, o ex-mandatário retornou aos trabalhos em agosto (2009), após precisar ser afastado no início do ano por problemas de saúde.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Chama o Bandeira Landin. Se vc que faz parte da Diretoria e nós torcedores estamos colhendo esses frutos (títulos), devemo isso a gestão do Bandeira, chega de politicagem.

  • O problema e o bandeira de melo ir como chefe da delegação e o Flamengo perder, aí a história do cheirinho volta, acho que ele não deveria ir. É um excelente administrador mais traz uma bandagem de bananas que é difícil esquecer, obrigado por tudo Eduardo bandeira.

  • Eu sou um grande fã do EBM, porém se o flamengo perder irão falar que ele é pé frio rsrs ele não merece isso, talvez uma grande homenagem seria mais bacana !!!

  • Ótima lembrança dos companheiros daqui, de sugerirem Bandeira de Mello como chefe da delegação. Foi com ele que tudo começou, e merece ser mais valorizado por essa diretoria atual. Talvez ainda existam algumas rusgas do passado, que gerou a dissidência do grupo de Landim, e tb memórias ruins da campanha para a presidência no ano passado, mas o que tem que prevalecer é a uniáo de todos pelo Flamengo. Seria uma justíssima homenagem.

  • Acho q nois torcedores temos q pedir pra que o bandeira de mello seja lembrado poxa o cara teve um papel fundamental em tdo no flamengo era ele q assinava o cheque se ele nao quizece fazer o flamengo ser o que é ele nao fazia. Nois torcedores temos q fazer a politica do clube ser mais unida só assim pra que o clube nao caia em maos errado no futuro. Bandeira de mello pra acompanha a delegaçao

  • Concordo com os parceiros flamenguistas quando sugerem o nome do Bandeira de Melo, porque foi ele um dos grandes responsáveis pelo sucesso atual do nosso maravilhoso Mengão, eleições foram disputas do passado porque agora nosso coração pulsa sangue rubro negra.
    Bandeira de Melo merece!

  • Chama o Eduardo Bandeira de Melo, Landim deixa de ser orgulhoso. Digamos que 20% do sucesso só Flamengo foi graças a ele.

  • Verdade. Ninguém liga

  • agora é hora do presidente lamdim
    se redimir e chamar quem realmente merese,Eduardo BANDERA de Mello