Rafinha minimiza foco com possível final do Mundial: “Se não ganhar a semi, não adianta sonhar com nada”

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

O Flamengo foi o grande campeão da Copa Libertadores de 2019. Em um emocionante duelo contra o River Plate, o Rubro-Negro viu os argentinos dominarem o placar até os momentos finais e, o que parecia estar perdido, se transformou em uma virada histórica: dois gols em três minutos deram ao Mais Querido o título de bicampeão da América. Com o triunfo, o Mengão garantiu vaga na semifinal do Mundial, mas já estão pensando em uma possível final contra o Liverpool. Rafinha minimizou o foco e destacou pés no chão.

– Para chegar na final, temos que passar da semifinal. A gente sabe que qualquer um dos adversários vai ser um jogo muito difícil, mas o Al-Hilal a gente já conhece (…) A imprensa, muita gente fala do Liverpool, de final, mas a gente tem que pensar na semifinal. O jogo mais difícil pra gente é a semifinal. Se não ganhar a semifinal, não adianta sonhar com nada. Vamos com esse pensamento. Pezinho no chão, um passo de cada vez, que a gente tem grandes chances de buscar esse título -, comentou o lateral-direito, em entrevista ao Esporte Interativo. 

Venha fazer o seu FlaCard, o cartão rubro-negro, que você pode usar para jogos, ingressos de shows e muito mais, além de TORNAR O MENGÃO MAIS FORTE!

Rafinha e todo o elenco de 2019 já marcaram seus nomes e escreveram um capítulo mais do especial na história do Flamengo. A equipe levantou três taças e colocou o Mengão no topo do Rio de Janeiro, do Brasil e da América. Agora, ao comando de Jorge Jesus, os jogadores querem mais e vão em busca do bi Mundial. O Mais Querido estreia na competição no próximo dia 17, contra o vencedor da partida entre Al-Hilal e Espérance.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *