CEO do Flamengo evidencia desejo do clube em resolver indenização das famílias ‘o mais rápido possível’

FOTO: REPRODUÇÃO

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) realizou nesta sexta-feira (07) uma CPI que apura incêndios no Rio e convocou os dirigentes das gestões passada e atual do Flamengo para prestar esclarecimentos sobre a tragédia no Ninho. Apenas o ex-predidente Eduardo Bandeira de Mello e o CEO atual do clube, Reinaldo Belotti, compareceram.

Durante a sessão, Belotti destacou que o desejo do Fla é resolver rapidamente a indenização às famílias dos dez jovens vitimados no incêndio e atualizou a situação do processo.

O Flamengo pretendia e pretende até hoje resolver isso o mais rápido possível, mas esse é um tema extremamente delicado, porque o dinheiro não vai pagar a vida… Nem o dinheiro que o Flamengo está oferencendo, nem o que o Ministério Público sugeriu e nem o que os familiares estão pedindo -, disse o dirigente, explicando posteriormente a situação das indenizações:

Estamos entendendo que existe uma possibilidade de fazer um acordo para que as famílias fiquem razoalmente assistidas e nós conseguimos fazer isso com três famílias e, com uma família composta por pai e mãe separados, nós acertamos com um deles (pai do Rykelmo). As demais, infelizmente, não conseguimos. Mas insisto: o Flamengo está disposto a fazer isso o mais rápido possível -, completou.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


O Flamengo entra em campo neste sábado (08), dia em que a tragédia no Ninho do Urubu completará um ano, e irá prestar homenagens às vítimas do incêndio. O duelo será contra o Madureira, no Maracanã, pela última rodada da fase de classificação da Taça Guanabara.

  • Não dá pra concordar com a postura da diretoria na condução do caso. O Flamengo já assumiu sua responsabilidade no caso. Nada impede que o Flamengo pague o que entende devido para as famílias. O Flamengo não precisa esperar acordo ou condenação judicial para fazer esse pagamento. Caso haja uma sentença condenatória acima do valor que o Flamengo entende justo, esse valor seria deduzido.
    O Flamengo DEVE procurar os familiares e tentar se retratar todos os dias. Nenhum $ indeniza a vida de um filho. Espero do fundo do coração que o Flamengo reveja sua postura.

  • Sou Rubro-Negro de coração. Mas tenho que admitir que um assunto como esse tem que ser tratado com mais seriedade e celeridade. Se o Flamengo quer realmente resolver essa ação indenizatória que apresente os entraves e cite os nomes; se tiver advogados querendo um valo surreal, que seja apresentado. O que não pode é parecer que está sendo protelado sem motivo justo. Se o Flamengo gastar 20 milhões com todas as indenizações que restam, terá sido bem pago. Teremos várias premiações, só a Copa do Brasil restituirá com sobra essas indenizações. Mais importante que o dinheiro é o sossego pelo dever cumprido. A Rede Globo não dará descanso enquanto o Flamengo continuar a oferecer munição a Ela. Depois que resolver essa indenização, o próximo passo é criar uma estratégia para se livrar da Globo.

Comentários não são permitidos.