Por conta do coronavírus, Conmebol deve adiar retorno da Libertadores da América

FOTO: REPRODUÇÃO

A pandemia do novo coronavírus foi responsável pela suspensão, adiamento ou cancelamento de competições e eventos por lugares do mundo inteiro. No esporte, por exemplo, a Conmebol suspendeu a Libertadores da América. A princípio, a paralisação seria até o dia 5 de maio. No entanto, por conta do agravamento do surto do COVID-19, a entidade começou a avaliar a possibilidade de porrogar este prazo para além do dia previsto inicialmente.

Para a Conmebol, é improvável que o futebol seja retomado até o dia estabelecido em todos os países da América do Sul: Brasil, Argentina, Uruguai, Chile, Paraguai, Peru, Bolívia, Colômbia, Equador e Venezuela. Ainda no começo do mês de março, no dia 12, a entidade comunicou a suspensão dos jogos por uma semana. Logo depois, o prazo aumentou para o dia 5 de maio. Agora, existe a possibilidade de aumentar ainda mais o retorno. Tudo vai depender de como a pandemia do coronavírus vai estar – se estará controlada ou não.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Por ser uma doença altamente contagiosa, o COVID-19 está causando uma mobilização mundial pela prevenção, na tentativa de evitar novas pessoas infectadas. Já são mais de 786 mil casos confirmados em todo o Mundo, e 38 mil mortes. No Brasil, até a última segunda-feira (30), o Ministério da Saúde confirmou mais de 159 óbitos e 4.579 infectados.

A solução mais eficaz para evitar a infecção pelo coronavírus, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), é se manter em casa. Como ainda não vacinas ou medicamentos exclusivamente eficazes na cura do vírus, O isolamento social é a saída para evitar que o contágio seja ainda maior. Por tanto, vale seguir as recomendações das autoridades de saúde e permanecer em casa o máximo possível.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *