Presidente do Flamengo defende atual formato do Brasileiro e se diz contra adequação ao calendário europeu

FOTO: DIVULGAÇÃO

A pandemia do novo coronavírus causou a paralisação de todos os campeonatos e atividades relacionadas ao futebol. A realidade não é diferente no Brasil, onde já foram registrados 299 mortes e 7.910 casos confirmados da doença. Em entrevista concedida na “Fla TV”, no YouTube, o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, defendeu a manutenção do formato do Brasileirão, mesmo considerando o período sem jogos devido à Covid-19.

O Flamengo defende que o calendário seja mantido como está. Os pontos corridos já estão há muitos anos, foi assim que os clubes venderam os direitos de imagem. É uma receita importante. Queremos pontos corridos e sem afetar o número dos jogos -, afirmou o mandatário.

Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!

Logo em seguida, Landim falou sobre uma possível adequação do calendário do futebol brasileiro ao europeu e se mostrou contra. O presidente ressaltou que a mudança teria um impacto direto nas receitas de bilheteria e de televisão, que seriam empurradas para o ano seguinte.

Sobre a adequação do calendário, isso causaria um efeito brutal econômico nos clubes. Significa que a gente estenderia o processo de auferimento de receita… ou seja, as receitas de bilheteria e televisão seriam empurradas para o próximo ano. Isso tem um efeito enorme. Temos que honrar com nossas folhas de pagamento. Seria desastroso para todos os clubes do Brasil.

ASSISTA À ENTREVISTA NA ÍNTEGRA:

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • As garotas mais quentes esperando por você no — Hotcoss.Com