Darío Conca se manifesta sobre passagem apagada pelo Flamengo: “Fiquei chateado”

FOTO: GILVAN DE SOUZA

Darío Conca chegou como reforço de peso ao Flamengo em 2017, mas saiu sem deixar saudades à torcida. Usando a estrutura do clube para se recuperar de uma grave lesão, o argentino atuou por apenas 27 minutos e frustrou rubro-negros e diretoria. Em entrevista concedida ao canal “De Sola”, no YouTube, Conca afirmou que não se arrependeu de ter acertado com o Rubro-Negro, mas disse que ficou chateado.

Não me arrependo de ter ido para o Flamengo. Quando me machuquei, o Flamengo foi o único clube que abriu as portas para me recuperar. Na China, não tinha estrutura, porque o clube era novo, não tinha nada. Tive que conseguir um doutor para a cirurgia, um fisioterapeuta, tudo. Veio o Flamengo e me ofereceu isso -, disse o ex-jogador, completando:

Eu me recuperei, estava me sentindo melhor, mas sempre falavam que precisava de mais alguma coisa fisicamente, mas fiquei bem e não fui aproveitado. Jogava sete minutos em um jogo, em outro apenas dez minutos. Eu falava: ‘Me dá 30 minutos, se eu for mal…’ […] Eu me sentia bem melhor nos treinos, mas a gente precisa jogar. Fiquei chateado, porque eu queria jogar uma vez, não dez jogos seguidos.


Quem será o próximo a perder para o Mengão? Saiba como lucrar com previsões esportivas!


Darío Conca chegou ao Flamengo por empréstimo junto ao Shanghai SIPG, da China. A ideia era se recuperar de uma lesão sofrida no joelho esquerdo e posteriormente voltar aos gramados. O meia, porém, pouco atuou e não deixou saudades. Foram apenas três jogos, com 27 minutos em campo. Em abril de 2019, Conca anunciou a sua aposentadoria, aos 35 anos de idade.

VEJA TAMBÉM:

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • O cara estava correndo igual ao Forrest Gump, difícil ter chances, né?!