Mauro Cezar relembra saída de Abel Braga do Flamengo e destaca: “O fim do Clube do Vinho é para ser muito festejado”

FOTO: REPRODUÇÃO

Na última sexta-feira (29), completou-se um ano da saída de Abel Braga do comando do Flamengo. Para o jornalista Mauro Cezar, o pedido de demissão do treinador, que se sentia pressionado pela torcida e ‘sem apoio’ da diretoria rubro-negra, foi um momento marcante para a história do futebol brasileiro e deve ser comemorado.

A chegada do Jesus, somada ao trabalho que já estava em andamento por Jorge Sampaoli, no Santos, mudou a expectativa geral de todos com relação ao futebol praticado no Brasil. Não só com relação aos jornalistas, mas aos torcedores, que hoje esperam mais e cobram mais dos técnicos. Um ano sem Abel Braga no Flamengo, foi o momento em que abriram-se as portas da esperança para que o Flamengo pudesse alcançar os títulos que alcançou no ano passado com a chegada do português Jorge Jesus. Uma data para ser lembrada. E o fim do Clube do Vinho é para ser muito festejado. O Clube do Vinho não acrescentava nada na imprensa esportiva, na minha opinião, e muito menos ao futebol brasileiro -, disse o jornalista, em seu canal do Youtube.

A saída de Abel abriu os caminhos para a chegada de Jorge Jesus, que mudou completamente o patamar do Mais Querido. Ao comando do Mister, o Flamengo protagonizou uma trajetória avassaladora nas competições que disputou, encerrando a temporada passada, batizada de ‘ano mágico’, como heptacampeão Brasileiro e bicampeão da Copa Libertadores da América.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Em oito meses de trabalho, Jorge Jesus fez história e escreveu seu nome nas glórias do Maior do Mundo, sendo considerado um dos melhores técnicos que já comandaram o Rubro-Negro. Além das grandes conquistas de 2019, o Mister começou o ano de 2020 com o pé direito e decidido a ganhar tudo. Apenas em fevereiro, antes da paralisação das atividades, o Flamengo disputou três finais e venceu todas, erguendo os troféus da Taça Guanabara, Supercopa do Brasil e Recopa Sul-Americana.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *