Ex-Flamengo, Mancuso recorda do ‘ataque dos sonhos’ e brinca: “Defesa dos pesadelos”

FOTO: DIVULGAÇÃO

O Flamengo é marcado por ter grandes times ao longo da sua história, como o da era do Zico, o de Júnior Capacete e também o “ataque dos sonhos“, que era formado por Romário, Edmundo e Sávio. Porém, este trio não conseguiu ganhar nenhum título de expressão na Gávea. Muito por conta da defesa, que era um dos fatores negativos daquela equipe, como lembra o argentino Alejandro Mancuso.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Mancuso atuava como volante e participou daquele time que tinha o “ataque dos sonhos“. O ex-jogador brincou com o fato de a defesa ser “dos pesadelos“. Porém, o argentino lembrou da conquista invicta do Campeonato Carioca de 1996, quando Edmundo já não fazia mais parte do elenco – o ex-atacante havia sido vendido para o Corinthians.

Era ataque dos sonhos, defesa do pesadelo. A gente fazia gol toda hora e tomava gol toda hora. Então todo mundo falava ‘ataque dos sonhos, mas defesa do pesadelo’ -, disse o ex-jogador, em entrevista ao programa Resenha, da ESPN, antes de completar:

Mas a gente foi campeão invicto, foram seis meses incríveis. Vocês sabem muito bem o que é o Flamengo, jogar no Maracanã. E ser campeão em cima do Vasco, no Maracanã, isso aí fica na história, na sua vida até o último dia que você morre. Você jogou no Maracanã e foi campeão lá dentro -, encerrou.

Alejandro Mancuso se aposentou em 2000, no Bella Vista, do Uruguai. Antes, o ex-jogador passou por Vélez Sarsfield, Boca Juniors e Independiente, todos da Argentina. Pelo Flamengo, Mancuso atuou nos anos de 1996 e 1997, entrando em campo 23 vezes e marcando dois gols.

Veja também