Fisiologista do Flamengo explica método de testagem para a Covid-19

FOTO: DIVULGAÇÃO/FLAMENGO

O Flamengo desenvolveu um protocolo de segurança, dentro das normas de prevenção à Covid-19, para conseguir reabrir o Ninho do Urubu e retornar com os treinamentos. Nesta segunda-feira (01), todos os atletas, membros da comissão técnica e funcionários, foram submetidos à uma nova testagem para o coronavírus e o fisiologista do clube, Lucas Albuquerque, explicou como funciona o método de testagem rápida.

Toda segunda-feira, eles se apresentam cerca de meia hora antes no CT, e realizam o teste de sorologia, que consiste em: eles chegam, eu furo o dedo deles, retiro um pouco de sangue, coloco em uma paleta e insiro na máquina. Isso leva cerca de dez minutos para sair o resultado. Além disso, eles respondem um questionário epidemiológico, onde podemos saber se estão com algum sintoma da doença nos últimos dias. Fazemos a aferência de temperatura corporal e usamos um oxímetro para medir a oxigenação do sangue dos atletas, e isso nos dá embasamento para seguir com as atividades ao longo da semana -, explicou.


Ganhe dinheiro com capinhas e acessórios do Mengão!


Nesta segunda, após uma nova testagem em massa, o Flamengo informou que todos os exames deram negativo para o novo coronavírus, e seguiu normalmente com as atividades no Centro de Treinamento. O protocolo desenvolvido pelo Dr. Márcio Tannure, chefe do departamento médico do clube, está servindo de inspiração para outros clubes, federações e modalidades.

 

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *