“Tem que acabar essa paranoia”: Argel Fucks rasga o verbo e defende técnicos estrangeiros no futebol nacional

FOTO: AÍLTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS

O Flamengo anunciou, na última semana, a renovação de contrato com o treinador Jorge Jesus, que é apontado, por muitos, como o maior da história rubro-negra. Porém, o português foi bastante criticado ao longo de 2019, mesmo sem sequer ter chegado ao Brasil. Após as conquistas do Campeonato Brasileiro e da Libertadores da América, as coisas mudaram.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Apesar de ainda receber algumas críticas, Jorge Jesus tem sido enaltecido com frequência por parte da imprensa e também dos treinadores brasileiros. Dessa vez, Argel Fucks, que está sem clube, saiu em defesa de técnicos estrangeiros no Brasil. Para Argel, o intercâmbio entre os profissionais é importante para o crescimento de todos.

É importante esse intercâmbio de treinadores estrangeiros aqui no Brasil. Nós sempre tivemos treinadores brasileiros trabalhando no futebol português, inclusive na seleção portuguesa, a exemplo do Felipão. A gente tem que acabar com essa paranoia de que só podem trabalhar aqui treinadores brasileiros. É uma troca de experiências, uma escola diferente, um jeito diferente de ver futebol -, analisou, antes de prosseguir:

Eu acho que é preciso tratamento igual. Para mim, tem espaço para todo mundo aqui. Estrangeiro ou brasileiro; tanto jogador como treinador. Agora que venha aqui e jogue, ganhe títulos –, finalizou.

Veja também