Encontro com Domènec Torrent pode ser adiado por causa de burocracia; entenda

FOTO: NYCFC

Na busca pelo novo treinador, Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Flamengo, já desembarcou na Europa. O cartola pousou em terras portuguesas na última quinta (23) e aguarda o seu parceiro nas negociações, Bruno Spindel, o diretor de futebol. Os dois vão conversar com o espanhol Doménec Torrent e os portugueses Carlos Carvalhal e Leonardo Jardim.

O encontro com Torrent está marcado para este sábado (25), mas pode ser adiado. O primeiro impedimento para a reunião é o horário de chegada de Bruno Spindel. Ele deve desembarcar em Portugal somente no meio da tarde. O segundo impedimento é que a reunião com o espanhol será em Madrid. O terceiro são as questões burocráticas de liberação na alfândega do país lusitano. Sem passaporte europeu como Braz e em tempos de pandemia, o procedimento pode demorar mais do que o esperado. Há a possibilidade da primeira conversa ocorrer somente no domingo (26). A informação é do jornal “O Globo”.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


 

O planejamento inicial era que o diretor de futebol embarcasse na quinta-feira, mas houve atraso com documentação. Spindel precisou de uma autorização do consulado para viajar. Vale lembrar que no domingo, estava previso o encontro com Carlos Carvalhal, já que o treinador tem uma jogo importante neste sábado, à frente do Rio Ave, contra o Boavista, que pode garantir uma vaga na Liga Europa. 

Ainda segundo a publicação, a proposta será nos padrões que recebia Jorge Jesus. Algo em torno de 4 milhões de euros por um ano de contrato. O fator financeiro será levado em conta na conversa com os treinadores.

SITUAÇÃO DOS CANDIDATOS:

Leonardo Jardim: Tratado como prioridade no início, indicou que quer permanecer na Europa, mas topou conversar com a dupla rubro-negra. Está sem clube desde 2019.

Carlos Carvalhal: Não vai permanecer no Rio Ave após o fim da temporada e também aceitou conversar com o Flamengo. Na atual equipe, atingiu sua maior pontuação na história da Primeira Liga e procura se classificar para a Liga Europa.

Domènec Torrent: Está sem clube desde 2019, quando treinou o New York City, única equipe que esteve à frente na carreira. Antes, trabalhou como auxiliar de Guardiola. Em entrevista, já sinalizou a vontade de comandar o Mais Querido.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *