Thiago Maia diz que Jorge Jesus garantia que permaneceria no Fla: “Falava que viramos uma família”

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

Jorge Jesus marcou época no Flamengo. O treinador ficou pouco mais de um ano, perdeu apenas quatro jogos e conquistou cinco títulos: Campeonato Carioca, Supercopa do Brasil, Campeonato Brasileiro, Libertadores da América e Recopa Sul-Americana. O Mister, no entanto, aceitou a proposta do Benfica, no dia 17 de julho, e se despediu do Rubro-Negro. Thiago Maia afirmou que o técnico garantia aos jogadores que permaneceria no Mais Querido.

— O Mister em nenhum momento demonstrou que estava em dúvida. Sempre falava que ia ficar, que nunca tinha trabalhado com uma equipe como a nossa, porque deixou de ser um time e virou uma família –, afirmou o volante, antes de prosseguir:


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Toda vez que ele reunia a gente e falava algumas coisas sempre se emocionava, porque realmente dava para ver que ele gostava muito da gente e do Flamengo –, acrescentou o jogador, em entrevista à FOX Sports.

Os dirigentes do Flamengo foram bastante criticados, pela torcida e por parte da imprensa, por conta da saída de Jorge Jesus. Thiago Maia também falou sobre o assunto. O meio-campista revelou que a diretoria não chegou a conversar com os atletas antes do ocorrido, apenas após ter se concretizado a ida do Mister para o Benfica.

Também não teve conversa com a diretoria antes. Só teve depois da saída, dizendo o que aconteceu, que ele tinha tomado a decisão. Mas nós não soubemos de nada antes e nem percebemos nada. O que eu sei é que o Mister gostava muito do Flamengo –, completou.

Há 14 dias sem treinador, o Flamengo se reúne nesta sexta-feira (31) com Domènec Torrent, na Espanha, para alinhar os últimos detalhes do contrato e assinar o vinculo com duração de 17 meses, ou seja, até dezembro de 2021. Na próxima semana, o catalão deve comandar os primeiros treinamentos no Ninho do Urubu.

Coluna do Fla: